segunda-feira, 12 de abril de 2021

Vídeo constrangendo criança de 8 anos empunhado dois revolveres foi um dos motivos da operação conjunta em Campos Belos (GO)


A Delegacia de Campos Belos (GO), nordeste do estado, em conjunto com as Delegacias de Posse (GO), Cavalcante (GO), Taguatinga (TO) e o GOTE (TO) deflagraram a operação "tempestade", ocorrida na manhã de hoje (12), no setor Bem Bom e outras áreas da comunidade. 

Em alusão ao ditado popular "quem planta vento, colhe tempestade", a ação policial vislumbrou sufocar uma associação criminosa que vem atuando no Nordeste Goiano e Sudeste do Tocantins.

Um vídeo chegou a circular em redes sociais, mostrando uma criança de apenas 8 aninhos, segurando dois revólveres a mando de um homicida.

Na cena, a criança é obrigada a falar a frase "brota no Bem-Bom, que vai ser só rajadão " (sic). 

Com forte trabalho de inteligência, os integrantes da força tarefa avançou sobre os locais onde o vídeo teria sido produzido, bem como na residência de um homicida.

O homem já era alvo de mandado judicial no Estado do Tocantins.

Na oportunidade, a Policia Civil do Estado do Tocantins, por trabalhar em conjunto no combate ao tráfico de entorpecentes e homicídio com a Delegacia de Campos Belos, manifestou interesse em apoiar a operação, que foi deflagrada nesta segunda-feira.

Somados os recursos operacionais que a Regional de Posse enviou, a segurança publica seguiu logo cedo para o Setor Bem Bom, local da realização do vídeo e deu cumprimento a 5 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão.

Nas buscas e apreensões realizadas, embora os mandantes do vídeo tenham fugido, foram autuadas 4 pessoas em flagrantes por tráfico de entorpecentes e posse de arma de fogo de uso permitido.

Segundo um dos delegados envolvidos na ação, com a operação, a Segurança Pública da região se impõe sobre a criminalidade do Setor Bem Bom de Campos Belos, e, "demonstra que toda vez que os Órgãos da Persecução Penal forem desafiados com frases utilizando criança na criminalidade, terão uma resposta estatal superior".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.