sexta-feira, 26 de março de 2021

Posse (GO) e Campos Belos (GO) estão na faixa laranja da Covid. A penúltima, antes da vermelha


A nova edição do mapa do calor da pandemia em Goiás divulgada sexta-feira (26) mostra que 17 das 18 regiões do Estado seguem em calamidade. 

As variações nos indicadores foram pequenas, com melhora em alguns índices que não representaram uma mudança de faixa de cada medidor, com 95% dos campos avaliados permanecendo em vermelho.

O mapa de calor é dividido em três níveis: alerta (amarelo), crítico (laranja), calamidade (vermelho). 

Na sétima edição do mapa, apenas a região Nordeste II está na faixa laranja. 

A região, que tem Posse como cidade polo, está na mesma situação desde o dia 27 de fevereiro e só dividiu o patamar menos grave na semana do dia 12 deste mês, quando a região Nordeste I, que tem Campos Belos como cidade polo, apareceu com a mesma cor.

O medidor que mais registrou redução entre os municípios foi o de incidência de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), que avalia os números dos últimos 15 dias. 

Das 18 regiões, 14 tiveram uma redução da nota – que, quanto mais alta, pior. Mesmo assim, 16 seguem na faixa vermelha e outras duas na faixa laranja. 

Quando avaliado o nível de ocupação das UTIs do Estado, todas as regiões aparecem com ocupação acima de 90%, fazendo a classificação ficar em vermelho em todo o mapa.

A taxa de contágio (Re) aparece com números menores nesta semana, mas 16 das 18 permanecem com o índice acima de 1, considerado fora de controle. 

Já a taxa de mortalidade aumentou na metade das regiões e piorou no restante. O Oeste II, região de São Luiz de Montes Belos, viu o medidor cair dois pontos, indo de 4.75 para 2.67, a queda mais significativa registrada, ainda assim permanecendo em vermelho.

A região Central, que tem Goiânia como cidade polo, oscilou pouco nos números, melhorando apenas em dois dos seis indicadores, piorando em outros quatro e permanece com cinco deles na pior faixa. 

O Centro Sul, representado por Aparecida de Goiânia, equilibrou os índices com duas pioras, duas melhoras e dois medidores estáveis e, assim como a área da capital, tem cinco dos seis medidores em vermelho. 

Fonte: O Popular


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.