terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Triste demais: idosa faz apelo aos jovens antes de morrer de Covid



Este é um grito aos jovens e também aos adultos, que insistem em esnobar a Covid e pôr seus entes (que deveriam ser queridos) em grande risco de morte. 

Euterpy Pereira Marquez, de 60 anos, morreu em decorrência da Covid-19, na madrugada desta terça-feira (2), após aproximadamente 30 dias de luta. 

Moradora de Acreúna (GO), ela estava internada na UTI de Jataí. 

Antes de partir, porém, a advogada gravou um vídeo emocionado advertindo sobre os males da doença e declarando seu amor pela vida.

“Me desculpa, minha família, pelas vezes que peço para pôr máscara, ficar longe…Eu não tenho medo da morte. Não isso. Mas quero dizer, quero ser franca, amo a vida. Ver os meus netos. É maravilhoso trabalhar”, disse em trecho do vídeo.

Segundo ela, os jovens não estão importando e nem acreditando que pode acontecer perto deles. “E a próxima vítima pode ser eu”, previu, sem conter as lágrimas. 

“O coronavírus está matando. Todo dia escutamos isso. Jovem, cuida do seu idoso. Para um pouco em casa, vai assistir a um filme, ajudar sua mãe a fazer comida, limpar a casa”, faz o apelo.

Euterpy era prima da titular da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA) de Goiânia, Ana Elisa Gomes Martins. 

Segundo a delegada, ninguém soube quando e como a advogada contraiu a doença. 

“Mas partiu essa madruga e deixou esse alerta, dizendo o quanto gostava de viver”, declarou.

De acordo com ela, o vídeo foi gravado há cerca de quatro meses. “Estava com medo”, revelou. Sobre a família, a delgada diz que todos estão consternados. 

“Ela era professora, me deu aula em Acreúna. Então, tem uma legião de pessoas que a admirava”, revela.

Vale citar, Euterpy teve poliomielite na infância e era deficiente. “Duas vezes acometida por doenças por falta de vacina”, lamenta Ana Elisa.

Com informações do Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.