quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Médico de Campos Belos (GO) é acusado por 8 mulheres. Nova delegacia de Goiás vai investigar este e outros casos de estupros


Acompanhados da delegada geral adjunta da Polícia Civil de Goiás, Letícia Franco, o vice-governador do Estado, Lincoln Tejota, e o Secretário da Segurança Pública, Rodney Miranda inauguraram, nesta terça-feira (9), em Goiânia, o Grupo Estadual de Repressão a Estupros (Gere). 

Localizado no Setor Jaó, o grupo, que é pioneiro no Brasil, terá a atribuição de dar apoio às demais delegacias principalmente na investigação dos casos de estupros sequenciais.

A nova unidade, que apesar de ser chamada de grupo terá capacidade e autonomia para atuar em todo o estado, será comandada pela delegada Karla Guimarães, que já passou por várias delegacias especializadas de Goiânia, e também já foi titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Aparecida de Goiânia. 

Durante a inauguração, a delegada falou sobre o desafio de estar à frente de uma unidade pioneira no Brasil.

“Todo e qualquer caso de estupro continuará sendo registrado nas delegacias das localidades onde ocorreram, mas nós estaremos aqui dando suporte, junto com a Superintendência de Polícia Técnico Científica (SPTC), e com a Superintendência de Polícia Judiciária (SPJ), sempre que algum colega necessitar de qualquer tipo de apoio, e agiremos, principalmente, nos casos mais complexos, ocorridos em uma mesma região, ou onde hajam indícios de que o autor de vários crimes seja um só”, destacou.

Mesmo antes da inauguração da sede, instalada na Rua J-38, o Gere, ainda de acordo com Karla Guimarães, já atuou prestando apoio a outras delegacias em duas oportunidades no ano passado, uma delas no caso de um autor de mais de 30 estupros que estava agindo em Aparecida de Goiânia, e outro em Campos Belos, onde um médico foi indiciado após ser denunciado por oito vítimas.

Durante a solenidade, o secretário Rodney Miranda disse que os estupros em Goiás tiveram uma redução de 25% em 2020, em comparação com o ano interior, mas confidenciou que o sonho dele, e do governador Ronaldo Caiado, é que um dia nenhuma ocorrência dessa natureza seja mais registrada em Goiás.

Com informações do Mais Goiás 

2 comentários:

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.