domingo, 14 de fevereiro de 2021

Aurora: A "Calda Novas" do Tocantins fica bem ali





Com Cris Marques, do Raízes do Mundo 

Aurora do Tocantins é uma das cidades que fazem parte do circuito das Serras Gerais, no estado do Tocantins, localizada a 483 km de Palmas e 470 km de Brasília.

Tem como vizinha a cidade de Lavandeira, onde encontra-se grande parte dos atrativos naturais que estão espalhados por uma região conhecida por Mosquito.⠀

A região das Serras Gerais é a maior cadeia de serras do Brasil, abrangendo muitos municípios e cidades de Goiás, Bahia e Tocantins.

Aurora do Tocantins fica na parte sul das Serras Gerais e ainda é um local pouquíssimo explorado pelos turistas do país e tem amplo potencial de crescimento.⠀

No território, ao longo das Serras Gerais, boa parte ainda intocada, são mais de 200 cavernas catalogadas.

É lá que os rios Sobrado e Palma são percorridos em boia por quem gosta de corredeiras.

Dos atrativos mais conhecidos de Aurora do Tocantins, na verdade, estão localizados em Lavandeira. 

No entanto, pela proximidade e o acesso ser obrigatoriamente por Aurora, muitos locais são citados como sendo dali.

Para facilitar o entendimento, visto que Lavandeira é muito pequena e não oferece nenhuma estrutura turística, considera-se Aurora do Tocantins como referência, mas é muito importante que você saiba que são dois lugares diferentes.

Dessa forma, valorizamos as belezas naturais do município vizinho e ajudamos fomentar um turismo justo para todos; para que um dia, quem sabe, Lavandeira desenvolva e comece receber seus próprios visitantes.

Aurora do Tocantins e Lavandeiras estão localizadas na parte sul das Serras Gerais e pela proximidade com Chapada dos Veadeiros é super possível fazer um roteiro emendado.

A cidade mais próxima e com boa estrutura de hotéis e serviço é Campos Belos, em Goiás, que serve como um ponte entre a Chapada dos Veadeiros, Serra Gerais, Terra Ronca e o caminho para o Jalapão.

Campos Belos dista de Aurora cerca de 80 km, com pista boa e asfaltada.

Sendo assim, é muito melhor conhecer essa região a partir dos Veadeiros do que sair do Jalapão, por exemplo.





Guias

Há serviço de guia disponível, já que alguns dos passeios são dentro de propriedades particulares. 

Bares e restaurantes oferecem frango caipira com pequi, baião de dois, carne de sol e costela com mandioca - pratos que estão ligados à gastronomia do Tocantins.⠀

O sinal de telefone pode ficar fraco ou sumir em alguns passeios. Não existem bancos na cidade e poucos estabelecimentos aceitam cartão. Então, é preciso se programar para levar dinheiro em espécie.⠀

Atrações de Aurora do Tocantins⠀

Entre as atrações locais há montanhas, cânions, mirantes, grutas e cavernas. 

No entanto, um dos locais mais procurados e um dos pontos turísticos mais frequentados do Tocantins é o rio Azuis, o menor do Brasil e da América Latina e o terceiro menor do mundo.⠀

Além dos 147 metros, o Azuis derrama 0,5 metros cúbicos de água por segundo. 

Com águas transparentes e pedras em seu leito de cor azul-esverdeado, ele está situado às margens da TO-110. E assim como Caldas Novas, em Goiás, Aurora vive literalmente da água que brota do chão e encanta os visitantes.⠀

Avião

Os aeroportos mais próximos da região estão nas cidades de Brasília ou Palmas, sendo necessário seguir via terrestre com carro próprio/alugado ou ônibus. 

A estrada dentro do estado do Tocantins é bem precária, com muitos buracos e apesar da pequena diferença de distância é melhor chegar por Brasília. 

Tem também a opção do aeroporto de Barreiras/BA, que inclusive é mais perto que os outros, mas apenas a Passaredo opera esse trecho, 1 vez por semana.

Ônibus

A única forma de chegar no destino final, Aurora do Tocantins, é via terrestre. 

Para quem não pode ir de carro, uma opção é chegar de ônibus, tanto por Palmas, quanto por Brasília. 

Real Expresso – O ônibus faz baldeação em Campos Belos, Goiás. Não tem a opção de comprar pelo site. A passagem deve ser comprada no guichê da rodoviária ou por telefone.

Brasília > Aurora do Tocantins

Real Expresso – saídas diárias às 10h e 21h. A viagem dura em média de 10 a 7 horas, respectivamente. A diferença de tempo é porque o ônibus da manhã tem mais desembarques nas rodoviárias de pequenas cidades pelo caminho.

Real Maia – saídas diárias 22h30. A vantagem do Real Maia é que tem a opção de leito, que deixa a viagem bem mais confortável.



QUAIS SÃO AS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM?

A região ainda está desenvolvendo para o turismo e não ainda existe uma demanda de visitantes para o destino oferecer várias opções de hospedagem. 

Não têm muitas opções. As poucas hospedagens limitam-se em um hotel bem simples e a pousada que recomendo abaixo.

A hospedagem mais estruturada da cidade é a Pousada Aurora Esplendor. Ela foi construída para ser uma casa de férias e depois virou pousada. 

A pousada é bem espaçosa, tem aérea externa com piscina e a diária inclui café da manhã. Uma das vantagens de ficar hospedado nela é que dispõe de uma cozinha para uso coletivo. O que é ótimo, já que a cidade não têm poucos restaurantes que fecham cedo.

É OBRIGATÓRIO CONTRATAR GUIA?

Os únicos atrativos da região de Aurora do Tocantins que não precisam contratar guia é o Rio Azuis e o Balneário Municipal. 

Para os demais é obrigatório o acompanhamento de guia local, pois grande parte dos atrativos não tem sinalização e estão em propriedade particular.

A empresa que atua na região é a Desbrava EcoTour. O Paulo é o proprietário, guia, motorista, cozinheiro, o faz tudo! Por isso, é muito importante valorizar o serviço dessa galera que tem se esforçando muito (praticamente sozinhos) para fomentar o turismo na região das Serras Gerais.

CONTATO: (62) 99121-0347

INSTAGRAM: Desbrava EcoTour





ATRATIVOS NATURAIS DA REGIÃO

Aurora do Tocantins e Lavandeira têm muitos lugares de tirar o fôlego, de tão lindos! Gosta de natureza? Então prepare-se para uma imersão! 

Têm rios de água cristalina, rio de cor azul, formações rochosas gigantes, veredas e diversas cachoeiras! Mas lembre-se: é um tipo de turismo mais rústico, de contanto com a natureza, vivenciando a cultura local…

RIO AZUIS

Com apenas 147 metros de extensão, desde sua nascente até o foz, o Rio Azuis é considerado o menor rio do Brasil e o terceiro menor do mundo. O nome é devido suas águas cristalinas azuis, com mesclas de verde esmeralda.

O ingresso custa R$15 por pessoa. Recomendo ir em dias de semana, pois nos finais de semana e feriados fica lotado. 

No entorno da nascente tem uma estrutura com restaurante, daqueles com som alto, mesas de plásticos e na borda do rio uma escada de concreto. Essa é a realidade por baixo das copas dessas árvores, mas que também faz parte de uma cultura da região do Tocantins.

Embora não seja o lugar mais preservado e isolado que vai encontrar nessa viagem, o rio é incrivelmente azul, com um temperatura de água convidativa. E sim, merece ser visitado.

ESCORREGA DO BETIM

Betim é o nome do senhor que recebe alegremente os visitantes em sua propriedade. 

O passeio tem como percurso uma pequena trilha aquática, passando por piscinas naturais até o atrativo principal que é uma escorrega natural, em uma pedra de lajeado bem lisa. Diversão garantida! Depois de passar o dia na água, Dona Luci servirá o almoço feito no fogão de lenha e de sobremesa o melhor doce de leite da região.

√ É obrigatório ir com guia

BALNEÁRIO MUNICIPAL DOURADAS (A PONTE)

O Rio Palma, um dos principais afluentes da região, desce pelo balneário formando uma prainha de água doce com um poção de tons esverdeados. 

Mas o que na realidade quero recomendar, é a ponte que fica a poucos quilômetros da entrada. A ponte de madeira, passa por cima do rio de água cristalina e chama atenção pelo contraste de cores fortes. Sabe aquela história que o caminho é tão importante quanto o destino final? Pois é o caso dessa ponte, que passamos por ela várias vezes e é impossível não parar.

× Não é obrigatório ir com guia

A partir daqui os atrativos estão Lavandeira, que pela proximidade se misturam com os de Aurora do Tocantins. É comum oferecerem essa região como parte do pacote de Aurora:

CACHOEIRA DO SOMBRA

Para chegar até a cachoeira são 1.000 metros de trilha, com nível de dificuldade médio. A Cachoeira do Sombra tem uma queda de 5 metros e oferece uma massagem natural. 

É impressionante a transparência da água, pois o poço é de cercado por uma prainha de areia. É bem comum ver praia de rio, mas de cachoeira foi a primeira vez.

√ É obrigatório ir com guia

PRAIA DO PEQUIZEIRO

Mais uma praia de água doce que já está virando um dos cartões postais das Serras Gerais. A trilha até o poço é de 1.5 km, com nível de dificuldade fácil a moderado. O trajeto passa por algumas aéreas de pasto, já que a Praia do Pequizeiro está em uma propriedade particular.

O que é bem comum nessa região, fazendeiros terem terras com cachoeiras, poços e rios lindos, mas que são para uso “exclusivo” do gado. Nem eles mesmo desfrutam desses paraísos. 

Contudo, aos poucos, essa cultura vem mudando e em parceria com as agências os proprietários estão liberando o acesso (cobrando uma taxa para visitação). 

O que é muito vantajoso pois teremos acesso à essas belezas naturais, mas também porque o pasto é um dos fatores de risco para as nascentes. Nesses casos, o crescimento do turismo incentiva a preservação desses locais.

√ É obrigatório ir com guia

PRAIA RECANTO DO PUÇÁ

O Rio Ribeirão, o mesmo que passa pela Praia do Pequizeiro é um dos locais de parada para descanso na rede à beira do rio e servido o almoço (que deve ser solicitado antecipadamente). O rio aqui é mais estreito, com águas calmas e rasas para nadar. Aqui também tem água cristalina com tons de azul-esmeralda.

√ É obrigatório ir com guia

MORRO DA RAINHA E POÇO AZUL

O objetivo principal dessa trilha originalmente chamada apenas de Poço Azul é chegar, obviamente, em uma curva de rio de coloração bem azul. 

A trilha até o poço tem 3.5 km de caminhada, considerada nível moderado. Porém, chegamos no Morro da Rainha* e nos apaixonamos tanto pelo cenário que ali mesmo ficamos. 

Pelas fotos o Poço Azul parece ser realmente lindo, mas não é só de água azul que se faz as belezas naturais dessa região. Olhe para cima, olhe ao seu redor e observe a grandiosidade da natureza esculpida nessas rochas milenares!

* O nome Morro da Rainha foi batizado por nós (eu, o fotógrafo Cícero Bezerra e o Paulo, da agência Desbrava Ecotour). 

Geralmente quem passa por ali vai direto para o poço e essa belezura tão imponente nem nome tinha… Aí demos esse nome pois parece uma coroa de rainha, por isso, Morro da Rainha.

√ É obrigatório ir com guia

BANHOS DO BACUPARI

Esse passeio passa por 3 cachoeiras: Cachoeira das Andorinhas, Cachoeira do Angico e Cachoeira do Regado em um percurso de 1,5 km. 

Terra da Dona Ernestina e Seu José Máximo que vivem ali (com seus animais) levam uma vida simples e muito pacata. Não deixe de almoçar por lá, é uma oportunidade única poder vivenciar e experienciar o tempo da vida rural.

√ É obrigatório ir com guia

CIDADE DOS TOTENS

Um dos locais conhecidos em Aurora do Tocantins é a Cidade dos Totens. São 11 km de trilha, nível moderado a difícil, caminhado sob o sol, sem passar por nenhum ponto de parada com água (rio, cachoeira, poço… nada!). Uma trilha para quem realmente gosta de trekking. 

Na Cidade dos Totens encontra-se um deserto de rochas de arenitos que desprenderam ao longo dos bilhões de anos e foram esculpidas pelo vento, formando cenários únicos!

√ É obrigatório ir com guia

CAVERNAS

Em Aurora do Tocantins e Lavandeiras existem mais de 225 cavernas identificadas, sendo 112 cadastradas na Sociedade Brasileira de Espeleologia (SBE). No entanto, as cavernas da região não são licenciadas e ainda não existe plano de manejo para receber visitantes.

QUAL É A MELHOR ÉPOCA?

A melhor época para visitar a região de Aurora de Tocantins é no período de seca, no final de março até meados de outubro. 

As chuvas chegam a partir de novembro e geralmente vão até março, mas mesmo assim são bem esparsas. Mesmo nos períodos mais chuvosos é bem difícil ter uma chuva que impeça de acontecer o passeio. 

A que acontece é que nessa época as águas ficam mais turvas. Sendo assim, qualquer época é boa para visitação.

QUANTO TEMPO FICAR EM AURORA DO TOCANTINS?

Para conhecer os principais atrativos e não ficar uma viagem super corrida, recomendo no mínimo 3 dias. Mas também é possível fazer um roteiro reduzido se fizer um combo com a Chapada dos Veadeiros.

ANTES DE IR VIAJAR:

A única operadora que funciona é a Claro e mesmo assim, só dentro da cidade. Não há bancos, apenas um correspondente do Bradesco e uma loteria.

Leve dinheiro em espécie, a maioria dos lugares não aceitam cartão. Tem um posto de combustível, mas sem opção para abastecimento de etanol.

Cada cidade das Serras Gerais tem sua própria agência ou receptivo local. Todas as empresas são familiares, pequenas, de pessoas que acreditam muito no desenvolvimento turístico da região.

A única agência que atua em todos os municípios é a Seriema Ecoturismo. 

Por exemplo, se quiser um roteiro que abranja várias cidades das Serras deverá entrar em contato com eles. Se quer conhecer apenas a região de Aurora do Tocantins, pode entrar diretamente em contato com o Paulo da Desbrava EcoTour.

Com Informações e texto: Raízes do Mundo, de Cris Marques

Um comentário:

  1. A cidade mais próxima com boa estrutura de hotéis e serviços é Taguatinga a 40 Km!

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.