quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Covid mata Genival Lacerda



O cantor Genival Lacerda, um ícone da música nordestina e brasileira, morreu nesta quinta-feira (7), após complicações causadas pela covid-19.

É mais uma vítima fatal da pandemia, que muitas pessoas tentam minimizar. 

Aos 89 anos, o cantor deu entrada no Hospital Unimed I, no Recife, no começo de dezembro de 2020, precisando de oxigênio. 

No dia 4 de janeiro, Genival Lacerda apresentou uma piora no quadro de saúde. Na última quarta-feira (6), a família começou uma campanha de doação de sangue para o cantor. 

Em 2019, o paraibano já havia sido internado no Hospital de Ávila, na Zona Norte do Recife, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC).

A "gripezinha de Bolsonaro" parece quem é bem mais forte.

Quase 200 mil brasileiros perderam a vida para doença, entre ricos e pobres, famosos e anônimos.

Uma tragédia que não se pode medir por números.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.