terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Campos Belos (GO) registra mais uma morte por Covid; casos ativos vão a 30

 

Aumenta o número de moradores de Campos Belos (GO), nordeste do estado, mortos por Covid-19. 

Hoje (26) o boletim epidemiológico, emitido pela Secretaria de Saúde, informou que os casos de óbitos no município subiram para 12.

O nome, sexo e a idade da vítima fatal não foram divulgados. 

Mas é mais um conterrâneo que perdeu a batalha para essa agressiva e terrível moléstia; é mais uma família, filhos e irmãos que choram por mais uma pessoa querida que parte. 

Uma morte, como repetimos, que bem poderia ter sido evitada se a comunidade se ajudasse, se conscientizasse de que o município, o estado, o país e o planeta passam por um momento gravíssimo e extremamente delicado. 

Tudo indica que a cepa desse vírus que está atacando os moradores de Campos Belos e da região ainda não é aquela extremamente mais mortal e agressiva e que tem dizimado a população de Manaus (AM). 

Mas o perigo ronda. 

O boletim da Prefeitura, desta terça-feira (26), informa ainda que subiu para 30 o número de contaminados ativos na cidade. 

Os suspeitos também cresceram; agora são 36 pessoas em isolamento e a espera dos resultados de exames.

Não adianta atacar governantes, prefeitos, Bolsonaro, o ministro Eduardo Pazuello. 

Não lhes retirando as responsabilidades pela lastimável mortes de 220 mil brasileiros, mas essa conta também tem que ser dividida com cada cidadão; com cada indivíduo; adulto, jovem, mulher ou homem, rico ou pobre, que está decididamente não colaborando com as medidas de segurança e com ações individualistas, apequenadas, infantis e sem qualquer tipo de empatia.

Essa conta é também e tem que ser debitada na "popuanpa" desses brasileiros anônimos, que todos os dias fazem questão de colaborar com o espalhamento do mortal novo coronavírus.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.