quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Campos Belos (GO): morre seu Chicô, pai de "Dedê" da "Líder Auto Peças"





Por Jefferson Victor,

Morreu nesta quarta-feira (27), em Goiânia, Francisco Dimas da Silva, conhecido como seu Chicô, aos 82 anos.

Seu Chicô esteve internado na Casa de Saúde de Campos Belos (GO) após sofrer um AVC. Indicado a internação em UTI, ficou por longos três dias a procura de uma vaga em Goiânia, já que na cidade não possui este tipo de leito. 

Isto fez com que muita gente se empenhasse na busca de uma vaga na capital. 

Através de uma matéria neste Blog, que foi amplamente divulgada, o deputado Eduardo Prado mobilizou toda sua assessoria e, finalmente, seu Chicô foi transferido para o Hospital Gastro Salustiano, onde permaneceu entubado e sedado, devido ao seu estado crítico.

Os médicos chegaram a tirar a sedação, mas ele não respondeu aos estímulos e infelizmente na manhã de hoje, por volta de 11h30 veio a óbito.

Ele teve uma linda história de vida. 

Em 1959, casou-se com dona Raimunda Generosa da Silva, com quem teve onze filhos. Nove deles ainda vivos, que são: Gláucia, Lúcia, Célia, Dedê da Lider , Luiz Eletricista de automóveis, Zezinho, Igor, Neide e Fernanda.

Ele deixa também, dezenove netos, cinco bisnetos e três tataranetos.

Seu Chicô era de Picos no Piaui 
e devido à seca que castigava o Nordeste, mudou-se com sua família para Goiás em 1970.

Passou por Combinado, Arraias, Cavalcante e finalmente em 1981 fixou residência definitiva em Campos Belos, onde permaneceu até seus últimos dias.

Glaúcia, sua filha, emocionada narrou o último encontro com seu pai. Eles se reuniram na Chácara de propriedade da família no setor Aeroporto II e falava da satisfação de seu Chicô.

Parecia estar se despedindo, estava alegre, bem comunicativo e esbanjava alegria naquele encontro.

Segundo ela, o seu Chicô era uma pessoa alegre e apesar de ter trabalhado pesado em fazendas, se dizia um homem realizado, que criou seus filhos com dedicação e que todos viraram cidadãos de bem, nunca ninguém lhe deu qualquer tipo de contrariedade, todos honestos e trabalhadores.

Os encontros na chácara eram frequentes. Combinava-se que todos estariam lá a cada domingo.  Na chácara, as crianças jogavam bola, faziam churrasco e todos se divertiam alegremente, só faltava alguém se estivesse viajando.

Eu, particularmente, tenho um grande vínculo com essa família, em especial o meu neto Iago Brunno, com quem convivo desde o seu nascimento, e hoje, coincidentemente trabalhamos juntos.

Quero aqui externar os meus sentimentos a toda família, pedindo a Deus que console a cada um neste momento de muita dor.

A chegada do corpo está prevista para as 4h da manhã dessa quinta-feira (28), onde será velado na Sala Velatória da Pax Vida no setor Aeroporto, e o sepultamento em horário ainda não definido, mas tudo indica que será as 10 hs.

3 comentários:

  1. Nossos sentimentos a toda família, que Deus os conforte nessa hora tão difícil.
    Família Mabráz.

    ResponderExcluir
  2. Nossos sentimentos a toda família, que Deus os conforte nessa hora tão difícil.
    Família Mabráz.

    ResponderExcluir
  3. Nossos sentimentos a toda família, que Deus os conforte nessa hora tão difícil.
    Família Mabráz.

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.