quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Só faltava essa: morador do Tocantins registra denúncia contra Einstein; Polícia chama caso de "absurdo"



Um eletrotécnico morador de Guaraí, no interior do Tocantins, acionou a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência contra Albert Einstein. 

É isso mesmo, você não leu errado. 

O homem acusa o físico alemão, morto em 1955, de "delito de perturbação mundial" por "incontáveis erros e transtornos na evolução e desenvolvimento científico do planeta" na Teoria da Relatividade, criada há mais de 100 anos.

O caso foi divulgado pelo UOL. Em nota ao portal, a polícia classifica a denúncia como “absurda". 

O caso, no entanto, foi registrado no último dia 9, na Delegacia Regional de Guaraí.

"O BO será arquivado por falta de justa causa e que, em razão da acusação absurda, não há previsão de denunciar o autor da ocorrência por falsa comunicação de crime", diz a corporação.

Josênio dos Anjos, de 48 anos, autor da denúncia diz que a ideia de “denunciar” o físico é para chamar a atenção sobre eventuais equívocos do célebre cientista.

"Foi um ato simbólico para chamar atenção do meio acadêmico ao que venho trabalhando. Existe uma dificuldade para entrar nele porque parece um 'Clube do Bolinha'. 

Por isso achei essa alternativa de chamar atenção dos cientistas", explicou o dono da ideia inusitada.

Para ele, supostos equívocos de Einstein causaram "incontáveis transtornos a todos os habitantes da terra". Josênio pede que um defensor do físico peça desculpas publicamente pela Teoria da Relatividade, corrente que revolucionou a ciência no século XX.

"A teoria dele está errada, tenho certeza, e acredito que ele sabia disso até o fim da sua vida. No fundo, o Einstein sabia e deve estar contente em saber que descobri", alega o homem.

Em tempos de negacionismo e anti-ciência espalhados pelo mundo, Josênio segue essa linha e diz que não pretende estudar física por falta de “necessidade".

"Não pretendo estudar física porque não tem necessidade. A física é endeusada, sendo a salvação do universo, mas para entendê-lo não precisa de fórmulas e cálculos. (...) Essa física baseada na relatividade é totalmente inútil. 

Me dá ânsia de vômito. É vazia, sem um mínimo de conteúdo e ele [Einstein] se considera um cacique, mas também respeito porque o cara é inteligente. Só que todo mundo endeusou", finalizou o eletrotécnico.

Com informações do UOL e Yahoo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.