segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Polícia faz buscas por policial penal que desapareceu enquanto se deslocava para trabalhar em cadeia



A Polícia Civil do Tocantins informou que está investigando o desaparecimento do policial penal Rogério Rodrigues Porto, de 29 anos. 

O profissional trabalha na Cadeia Pública de Miracema e foi visto pela última vez no domingo (6) quando saiu de casa, em Lajeado, para começar o turno na unidade prisional.

Segundo a polícia, o agente saiu de casa às 18h e deveria começar a trabalhar às 19h, mas não apareceu na cadeia e nem deu notícias para a família. 

Rogério saiu de Lajeado dirigindo o carro cinza com placas MXF-4669, de Palmas - TO. O agente penal usava roupas operacionais.

Após tentar contato com o homem e não conseguir falar com Rogério, um amigo foi à delegacia de Miracema e registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento. 

Ainda conforme o relato do amigo, a última visualização do agente no aplicativo de troca de mensagens foi às 20h35 de domingo. "Desde então, o aparelho encontra-se desligado”, disse o delegado responsável pelo caso.

A Polícia Civil informou que as buscas pelo servidor público começaram assim que a ocorrência foi registrada. As investigações são realizadas pela 10ª Central de Atendimento de Miracema do Tocantins.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) pede que qualquer informação que possa levar ao paradeiro do policial penal seja repassada à Polícia Civil. 

Os contatos são: (63) 3366-1786 - 10ª Central de Atendimento da PC de Miracema, ou (63) 3367-1263 - 69ª Delegacia de Polícia Civil de Tocantínia. 

Informações também podem ser repassadas na delegacia mais próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.