terça-feira, 6 de outubro de 2020

Em Cabeceiras de Goiás, homem é preso furtando gado do avô. O idoso está numa UTI



Militares do Batalhão Rural de Goiás prenderam um homem, nesta segunda-feira (5), acusado de estar furtando gado do avô. 

O idoso, para agravar a situação, está internado numa UTI. 

Equipes do Batalhão  foram informadas que um rapaz de 25 anos, residente em Patos de Minas (MG) e detentor de uma extensa ficha criminal, tendo inclusive passagem por homicídio, foi até a fazenda do avô, no município de Cabeceiras de Goiás, no nordeste do estado.

Aproveitando-se do fato de que o idoso está internado, em estado grave em um hospital do Distrito Federal, ele passou pegar e a vender o gado da propriedade  rural, sem autorização do idoso e nem da família. 

A partir da informação, os militares da PM realizaram incessantes diligências e conseguiram localizar o rapaz e um "receptor".

O homem de 37 anos, que sem saber da intenção criminosa do vendedor, tinha acabado de adquirir três cabeças de gado pelo preço de mercado. Ele também foi detido pelas autoridades. 

Diante da situação, o neto larápio recebeu voz de prisão pelo crime de furto e foi autuado em flagrante. 

Já o comprador foi ouvido na condição de testemunha e liberado em seguida.

Com informações da PMGO e do Foca Lá 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.