segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Homem é preso em Campos Belos (GO) por depredar a agência da Caixa Econômica. O vandalismo destruiu toda a vidraça do prédio

Um homem foi preso em Campos Belos (GO), no último dia 5, acusado de ter depredado a vidraça da agência da Caixa Econômica Federal da cidade.

Testemunhas disseram que o homem, conhecido na comunidade por vender doces de amendoim, teve um ataque de fúria, sabe-se lá porque, e começou a arremessar pedras contra os vidros do local, que ficou completamente estilhaçados.

Após o vandalismo, o autor do crime fugiu do local em desabalada carreira, mas foi localizado e preso em flagrante.

O delegado da cidade estipulou uma fiança de mais de R$ 3 mil reais.

Na audiência de custódia, no entanto, o juiz resolveu conceder a liberdade ao agente para ele responder ao crime em liberdade, em razão de não ter qualquer condição de pagar a fiança. 

"Portanto, resta evidente que o flagrado não tem quaisquer condições econômicas de arcar com a fiança de RS 3.135,00, ou mesmo de valor mais baixo. 

Esse o quadro, incide ao caso a norma prevista no art. 325, SIO, inciso I, do CPP, que prevê a dispensa da fiança se assim recomendar atuação econômica do preso.
Foi fixado uma fiança ao flagrado no valor de RS 3.135,00, valendo-se de fundamentação detalhada e proporcional ao fato praticado.

O flagrado aparenta não ter condições econômicas de pagar a fiança. 

Nesse aspecto, consta no auto de prisão em flagrante que o conduzido é andarilho/morador de rua; vive de vendas de paçocas e recebe beneficio assistencial do Governo Federal", destacou o magistrado em sua decisão. 

O processo prossegue na Vara da Justiça Criminal de Goiás.

Um comentário:

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.