quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Em plena pandemia e crise fiscal, Câmara de Vereadores de São Domingos (GO) aumenta de salários do prefeito, vice, secretários e vereadores


Este país que não tem jeito. Só destruindo e fazendo outro.

Na maior cara de pau, em plena pandemia e crise fiscal sem precedentes na história do país, a Câmara de Vereadores de São Domingos (GO), no nordeste do estado, região de Terra Ronca, aprovou um aumento de salários para o prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores. 

A votação foi em primeiro turno, por cinco votos a dois.

O projeto já traz o aumento para janeiro de 2021.

Pelo texto aprovado nesta quarta-feira (23), o salário do prefeito passa para R$ 15 mil. 

Do vice-prefeito para R$ 7,5 mil; dos vereadores para 6,5 mil e dos secretários para R$ 5 mil.

A segunda votação está programada para acontecer hoje, na sessão desta quinta-feira (24).

O projeto está gerando polêmica nas redes sociais. 

Os moradores, claro, pagadores de impostos e que vão custear essa mais nova carga de despesas, se manifestaram sobre o tema e lamentaram a aprovação.

Anote aí como se posicionou e votou cada vereador e já marque, de preferência com tinta vermelha, em forma de "x", o nome de cada um deles. 

A favor do aumento, todos da base do prefeito Clayton Martins: Alziro Vieira, Nilza Vieira, Ismael Silva, Marti Ferreira e Luziano Montalvão.

Votaram contra a bagaça: Odair José e Josemir Pereira.

O vereador Jailson estava ausente e o presidente Wagner Gonçalves só vota em caso de empate.

Acho que já passa da hora de o promotor Douglas Chegury, que faz hoje na região uma operação contra malandragens com o dinheiro público - seu, meu, nosso - dar uma passadinha em terras dominicanas. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.