segunda-feira, 7 de setembro de 2020

"Bagaça do feriadão". Imagens mostram o nível de empatia, civilidade e individualidade da sociedade brasileira



Enquanto muita gente, mesmo desejando passear e curar os efeitos do isolamento da pandemia, se mantém firme no respeito social e evitam o máximo possível formar aglomerações, centenas de milhares de outras, no estado de Goiás e em outras partes do país, literalmente deram e estão dando de ombros.

"Eu me divirto e que se lasquem os demais". Esta é a mensagem passada.  

Em Alto Paraíso de Goiás, as ruas e pousadas do Distrito de São Jorge ficaram completamente lotadas neste fim de semana prolongado do feriado do 7 de setembro.

Cenas da muvuca em Pirenópolis (GO), como se a sociedade estivesse em completa normalidade, correram o Brasil e serviram de mal exemplo, assim como as aglomerações, absurdamente insanas, nas praias de Boa Viagem, em Recife, Leblon, Copacabana e Ipanema, no Rio de Janeiro, Pipa em Natal e funk em favelas de São Paulo. 

As reações contrárias nas redes sociais também foram expressivas. 

Agora é esperar o resultado da "bagaça" daqui a 15 dias. 

Pelo visto, o nível de empatia e civilidade estão lá embaixo, enquanto a individualidade perece bastante em alta, em todas as classes sociais da "empática" sociedade brasil.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.