quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Após denúncias do Sindsaúde, Justiça do Trabalho manda fiscalizar unidades de saúde de Campos Belos (GO)


A Justiça do Trabalho solicitou que a Superintendência de Vigilância em Saúde (SES/GO) realizasse uma ação fiscal nas unidades de saúde de Campos Belos (GO). 

A inspeção está prevista para ocorrer no período de 01 a 04 de setembro de 2020.

Ação é resultado de denúncias levadas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) pelo Sindsaúde-GO sobre falta de equipamentos de proteção individual para os profissionais da saúde o que tem levado a uma escalada de trabalhadores contaminados. 

O Sindicato foi convocado para acompanhar a fiscalização.

Preocupado com a situação e sem respostas concretas por parte da gestão municipal, o Sindsaúde recorreu ao Ministério Público do Trabalho. O MPT instaurou a Ação Civil Pública que ainda está em andamento.

O Ministério Público do Trabalho solicitou ao Município a relação de insumos básicos e EPIs existentes nas unidade de saúde; relação de materiais de maior necessidade, com cotação de preço unitário e indicação do fornecedor; laudos de exames dos trabalhadores da UPA; e comprovação documental das medidas adotadas pela Secretaria de Saúde de Campos Belos para o enfrentamento da crise causada pelo novo coronavírus.

O MPT ainda solicitou expedição de Ordem Judicial para que o CEREST inspecione os hospitais e as unidades de saúde vinculados à secretaria de Saúde e emita Relatório sobre as condições de trabalho dos profissionais de saúde e terceirizados das unidades. 

Para cada solicitação descumprida, o Ministério Público pediu multa de R$ 10 mil devendo arcar com a penalidade o secretário de Saúde e o prefeito.

2 comentários:

  1. HOJE O VEREADOR DE ESTIMAÇÃO DO PREFEITO QUE DEVERIA ESTÁ
    USANDO TORNOZELEIRA E NÃO A COLEIRA DO PREFEITO, ARMOU O MAIOR REBU EM REDE SOCIAL ACUSANDO UMA VEREADORA DE TENTAR FECHAR O HOSPITAL,SE ELA FEZ A DENUNCIA, FEZ MUITO BEM É FUNÇÃO DA VEREADORA ZELAR PELA COISA PÚBLICA PRINCIPALMENTE A SAÚDE PÚBLICA. SE O HOSPITAL ESTA PONDO EM RISCO A SAÚDE DOS PROFISSIONAIS E DA POPULAÇÃO TEM SIM QUE SER FISCALIZADO PELO MINISTÉRIO PUBLICO DO TRABALHO, APLICAR PENALIDADES LEGAIS SEJA MULTA OU ATÉ MESMO INTERDIÇÃO
    A VIDA NÃO É PARA SER POLITIZADA É UM DIRETO DIVINO
    QUEM DENUNCIOU TEM MEU RESPEITO E ADMIRAÇÃO.

    ATT EDIJALDO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Edjaldo!
      Ela, neste ato, cumpre a função pela qual foi eleita.
      Ao contrario de seu opositor.

      Excluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.