sábado, 29 de agosto de 2020

Muito grave: Mais da metade dos detentos do presídio de Arraias testa positivo para Covid



Uma situação muito grave foi registrada na cidade de Arraias (TO), sudeste do estado, neste fim de semana. 

Em exames de massa, mais da metade dos detentos do presídio local testou positivo para a doença advinda do novo coronavírus.

Dos 70 presos, 41 deles estão com Covid, segundo a prefeitura de Arraias.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde de Arraias, foi identificada a necessidade de testagem em massa de todos os detentos e dos profissionais que atuam no local, após suspeitas de contaminação na massa carcerária. 

As coletas foram feitas no último dia 25 de agosto e o resultado saiu nesta sexta-feira (28). 

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, todos receberam um Kit Covid para iniciar o "tratamento" contra a doença.

Com a testagem em massa, os números de casos positivados em Arraias, subiu de 41 para 94,  em apenas um dia.

De acordo com familiares dos presos, que há seis meses não podem visitar seus entes, a possível contaminação dos presos pode ter ocorrido em contaminação de sacolas plásticas utilizadas para o envio de alimentos para dentro do presídio. 

Ainda se acordo com a mulher de um deles,  nenhum preso precisou ser internado ou teve sintomas graves da doença. 

Ela reclama, no entanto, da falta de informação da Administração para com os devidos familiares. "Isso nos deixa muito apreensivas e preocupadas. É uma situação muito ruim", diz. 

Em Arraias, há ainda 13 pacientes sob suspeita, no aguardo do resultado de exames. Um óbito foi registrado no município. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.