segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Gravíssimo: mulher faz denúncia de agressão e tentativa de estupro em Formosa; veja o vídeo


O que era pra ser apenas um encontro entre dois "ficantes", acabou se transformando numa sequências de crimes, denunciados numa Delegacia da Polícia Civil, na última sexta-feira (31/07), em Formosa (GO), Entorno do Distrito Federal. 

Corajosa e sabedora de seus direitos, a jovem Katiely Pedro Alves denunciou seu agressor, que pode responder na Justiça por diversos crimes contra mulher. 

Em entrevista concedida ao repórter Júnior Popó, da TV Terra, ela relatou ter sido agredida por Wellington Galeno dos Santos, após ter-se recusado a manter relações sexuais com ele. 

Segundo a moça, ambos se encontraram numa praça da cidade, e lá mesmo começaram a discutir.

Após o desentendimento, Katiely Alves desceu do veículo e andava a pé pela via, quando Wellington Galeno a teria agarrado ela pelo braço e a obrigado a entrar no veículo.

Na entrevista, a vítima conta que o envolvimento entre os dois, apesar de nunca ter sido sério, existia há cerca de dois meses, após terem sido apresentados por um amigo em comum.

No entanto, de algumas semanas para cá,  o rapaz teria começado a demonstrar muita agressividade, com ela e também com suas amigas, o que teria motivado a ela não querer mais envolvimento com o acusado. 

Machista, ele não aceitou a negativa.

Ainda de acordo com a vítima, após lancharem dentro do veículo, o acusado conduziu o veículo no sentido de um motel, quando ela questionou para onde eles estariam indo. 

Após várias negativas de relação sexual, a moça fugiu, mas foi alcançada logo em seguida e agredida pelo rapaz, com tapas e socos. 

"Ele me segurou pela cabeça, dizendo que iria acabar com minha beleza, e deu  vários socos em meu rosto", contou.  

A moça foi salva das graves agressões, físicas e morais, por um casal que passava pelo local em outro veículo. 

O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Formosa. O rapaz, até a edição deste texto, ainda não tinha sido encontrado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.