sábado, 22 de agosto de 2020

Chegou a hora do toque de recolher em Campos Belos (GO); tem que endurecer


Com o fechamento de um hospital por conta da pandemia da Covid-19; com os casos se multiplicando a cada dia; com a teimosia desenfreada de grande parte da população em obedecer às regras de convivência com a situação  de calamidade sanitária; com o resultado zero da Lei Seca e com a relutância do prefeito Eduardo Terra em ser duro, de verdade, em suas ações, parece que não há outra saída para o município, senão a decretação de um toque de recolher.

E cadeia, com ação criminal, àqueles que insistem em ser desobedientes à ação estatal. Passou da hora de as autoridades públicas endurecerem.

Tem que endurecer em virtude de um bem maior, que é a vida. 

Quem não está sabendo viver e conviver em sociedade, vai ter que aprender com a força do Estado. Simples assim. 

O que é o toque de recolher?

O termo "toque de recolher" se aplica à proibição, decretada por um governo ou autoridade, de que pessoas permaneçam nas ruas após uma determinada hora. 

No Brasil, durante a pandemia, tem-se adotado o horário das 18h até às 6h da manhã do dia seguinte.

Quem for pego na rua, sem explicação plausível, no horário do toque de recolher é preso, por desobediência, e ainda responderá outras ações penais.

O nome deriva essencialmente da prática europeia de, durante guerras, após determinada hora (geralmente o início da noite), soar uma sirene para que a população deixasse as ruas em caso de bombardeio. 

Atualmente, o toque pode ou não ser literal, às vezes bastando que carros de patrulha percorram as ruas ordenando que os cidadãos voltem para suas casas e alertando os possíveis infratores.

Acaso, há outra saída? há outra medida?

Um comentário:

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.