quinta-feira, 23 de julho de 2020

Prefeitura de Dianópolis (TO) emite Nota sobre testes de Covid no município


Nota Oficial

A Secretaria Municipal de Saúde, informa que sobre a realização dos testes para resultado de exame da Covid19, o município tem adotado o “teste rápido”, uma vez que a Secretaria Estadual de Saúde (SES), está em falta do produto reagente do teste RT-PCR (Swab).

Informamos que os testes adquiridos pelo município são aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sob o REGISTRO ANVISA: 80451960214 NCM: 3002.15.90 e que a mesma, em seus protocolos, destaca que o teste rápido (identifica se a pessoa já teve ou não contato com o vírus), sendo um teste de triagem.

Nos protocolos adotados pelo município, direcionados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, o teste rápido é realizado a partir do sétimo dia de sintomas de uma pessoa com Covid-19, quando é possível detectar anticorpos nesta modalidade de exame, sendo que em grande parte dos produtos registrados na Anvisa os resultados mais robustos foram obtidos a partir do décimo dia.

Esse tempo é necessário para que o organismo tenha produzido quantidade suficiente de anticorpos que possa ser detectada no teste. Se o resultado for positivo, indica que a pessoa já teve contato com o vírus e tem anticorpos (defesa do organismo).

Já para o exame molecular (RT-PCR), a coleta é feita com um swab, que é parecido com um cotonete. 

A amostra é retirada do nariz e boca e enviada para análise em um laboratório (esse material, quando enviado para o estado, tem levado até 15 dias para disponibilização do resultado. 

Isso ocorre para todos os municípios, devido a situação de demanda e falta de reagente). 

O RT-PCR é indicado para diagnóstico porque consegue detectar o vírus na amostra coletada já nos primeiros dias de infecção.

Como já informado, devido a procura pelo RT-PCR, o Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen), está com falta do reagente, utilizado na realização do diagnóstico.

Para tanto, esclarecemos que tantos os exames realizados em laboratórios particulares ou na rede pública, são passíveis a margem de erro, portanto, não existem culpados quanto a resultado negativo ou positivo de testes e que mesmo assim, a secretaria de saúde, suspendeu o lote de exames que estava sendo utilizado e está em contato com o fabricante e ANVISA para que possam ser sanadas todas as dúvidas e qualquer irregularidade.

Informamos também que é FALSA a informação de que o município receba verba por cada caso confirmado de Covid19, como tem sido propagado em grupos de redes sociais e mensagens. Nosso objetivo é cuidar da população da melhor forma e com a maior segurança.

Esclarecemos que o município tem realizado teste em todos os profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente, devido o contato diário com os casos positivos da Covid19. 

Informamos ainda que todos os protocolos informados pelo Ministério da Saúde, OMS e Anvisa, foram adotados pelo município.

Dianópolis/TO – 23 de Julho de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.