sábado, 18 de julho de 2020

Aulas remotas e muita criatividade: novas ferramentas usadas pela Cooperativa de Pais e Professores de Arraias (TO)




De repente, o mundo inteiro parou devido ao novo Coronavírus que passou a circular na China em dezembro de 2019, de modo a causar uma doença altamente contagiosa. 

Pelo seu alto teor de contágio, a doença se espalhou de forma agressiva pela China, Itália, Estados Unidos e outros diversos países do mundo, inclusive o Brasil.

Diante da situação atual da pandemia (Covid – 19), O Conselho Nacional de Educação autorizou ofertas de atividades não presenciais nas instituições de ensino como diretrizes para reorganização do calendário escolar.

Assim, a Cooperativa de Pais e Professores de Arraias (CEPAR), preocupada com a continuidade do ensino aprendizagem de seus alunos, resolveu com agilidade e eficiência adotar essa nova metodologia de ensino, uma vez que no momento atual não está permitindo aulas presenciais.

Consequentemente, nada mais seria como antes. 

Todos os setores precisariam se reinventar, e rápido, uma vez que a medida mais eficaz para a prevenção da Covid, sem dúvidas, é o isolamento social. 

Neste viés, é notório que o ato de se isolar gera diversos impactos econômicos, políticos e educacionais. Conquanto, essa é a única opção para enfrentar e combater a onda de contágio da doença.

Sob tal ótica, a se tratar de educação, o mundo inteiro está na busca de alternativas, inclusive o Brasil, a cidade de Arraias-TO e especialmente, a Cooperativa de Trabalho Educacional de Pais e Professores. 

Essa precisou se reinventar devido à paralisação das aulas em todo o Estado do Tocantins, obedecendo ao Decreto.

Nesse sentido, a CEPAR tem um novo desafio, que é ofertar uma educação de qualidade aos seus (120) alunos sendo (20) da educação infantil e (100) do ensino fundamental.

A CEPAR, que conta com (12) professoras, começa a conversar sobre como levar uma educação de qualidade aos seus alunos num cenário de Pandemia e isolamento social. 

Nesse contexto, após várias reuniões com o corpo docente foi em busca de amparo técnico e legal para o ofertamento de aulas virtuais aos seus alunos. Surgem então as chamadas “Aulas remotas", que consiste em (completar com trecho da carta enviada aos pais)

A cooperativa tem contado bastante com o apoio da OCB/SESCOOP e da UFT do Campus de Arraias, dos Conselhos administrativo e Pedagógicos para subsidiar esse trabalho por meio de conferências. Inicialmente, não foi fácil. 

Dias de muito estudo e renúncia foram necessários para chegar onde estamos hoje, num patamar de sucesso e reconhecimento social.

A CEPAR, que presa pela educação e pelo compromisso, foi a primeira escola de Arraias-TO a adotar o sistema de aulas remotas, que se dá por meio de conferências semanais com alunos contemplando os conteúdos da grade curricular. 

Nesse sentido, as professoras desta instituição, com o intuito de respeitar ao isolamento social, têm se dedicado às aulas ministradas em casa, mediante plataformas virtuais como Google Meet, entre outros.

Um fator relevante que merece destaque nessa ação é o interesse e aprendizado dos alunos em relação às temáticas das aulas. 

Tal aprendizado é evidenciado por meio da participação oral e desempenho significativo nas atividades propostas e desenvolvidas com êxito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.