quinta-feira, 11 de junho de 2020

Secretaria de Saúde de Arraias (TO) emite Nota sobre primeiro caso de Covid-19


Prezado Dinomar Miranda,

A Secretaria Municipal de Saúde vem a público esclarecer os Protocolos adotados no caso do primeiro paciente com teste positivo para Covid-19, no município de Arraias.

1) A Equipe Municipal de Saúde da Atenção Básica foi acionada pela paciente, via telefone, no último dia 08/06/2020, às 16:00 horas, para sintomas de Covid-19;

2) Neste mesmo dia e hora, a Equipe composta por médica e enfermeira foi encaminhada para a residência da paciente para o atendimento domiciliar;

3) Realizado o atendimento domiciliar e constatados os sintomas, a paciente foi orientada pela Equipe da Saúde sobre todas as medidas de isolamento domiciliar dela própria paciente, bem como dos outros contatos domiciliares que encontravam-se assintomáticos no momento da avaliação, inclusive com a assinatura do Termo de Consentimento;

4) No mesmo dia foi coletada a Amostra de Swab da suspeita e enviada exclusivamente na madrugada de 09/06/2020, ao Laboratório do Lacen de Palmas -TO, em carro próprio da Secretaria Municipal de Saúde deste Municipio;

5) A Vigilância Epidemiológica Municipal e a Equipe de Saúde monitorou diariamente a evolução clínica da paciente e manteve as orientações permanentes de isolamento domiciliar e de medicações paliativas para o tratamento dos sintomas;

6) No dia 10 de Junho de 2020, foi liberado o resultado pelo GAL, sendo Positivo para COVID-19;

7) Com o resultado disponível, a Enfermeira responsável fez contato com a Paciente para informar-lhe o resultado e prestou todo apoio psicológico e de tratamento;

8) Diante do resultado, a Paciente solicitou encaminhamento para a Rede Privada de Palmas, onde foi esclarecida pela médica que a acompanhava que, baseado nos sintomas, o caso era classificado como caso leve e não haveria necessidade de Referenciamento, ou seja, de encaminhamento para a capital, conforme os Protocolos do Ministério da Saúde;

9) Então, a mesma procurou através de outros meios, o Hospital Regional de Arraias, que por sua vez, realizou o Referenciamento para o Hospital de Porto Nacional, a pedido e de interesse pessoal;

10) Mesmo com o encaminhamento médico para Porto Nacional, a Paciente optou ir para a Capital Palmas, onde encontra-se realizando exames complementares;

11) A equipe de Saúde Municipal e a Vigilância Epidemiológica deste município continuam a busca e investigação para o rastreamento da origem da contaminação e de todas as pessoas em potencial que possam ter tido contato com essa mesma origem fazendo as orientações de isolamento domiciliar para o controle da transmissão;

12) O esclarecimento se faz necessário para prestar contas e tranquilizar a comunidade que a Secretaria Municipal de Saúde, através de seus Profissionais, encontram -se atentos e vigilantes quanto a realização de todos os Protocolos emitidos pelos Órgãos Superiores de Saúde para a Pandemia do Covid-19;

13) Reiteramos todo nosso apoio e rogamos a Deus para que o tratamento desta Paciente e de todos os outros que por ventura aparecer seja agraciado com a cura!

Att, Cleidimar Rodrigues Soares de Abreu

Secretária Municipal de Saúde

6 comentários:

  1. Senhor Dinomar Miranda, gostaria de lhe informar que V.S posta muitas notícias infundadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infundada é a sua opinião que não passou o que eu passei! Aguarda sua vez e vai consultar com esse medico,tá! Saúde!!!

      Excluir
  2. Mas sera que tem mas pessoas infectadas.

    ResponderExcluir
  3. Mas sera que tem mas pessoas infectadas.

    ResponderExcluir
  4. Saibam todos que a minha denúncia se refere ao Hospital regional de Arraias e não ao posto de saude (municipal) quem tiver dúvidas sobre o fato que aconteceu comigo, recomendo uma consulta com o senhor médico, só dói quando a dor é na gente. Sou professora e pago meus impostos, se reclamei é pq com certeza não tive o atendimento que necessitei e ainda quase contaminei a cidade toda que nem estrutura tem. Mas o prazer do condenado é condenar, já dizia o padre Fábio de Melo! Saúde para vocês e o meu sincero voto de não precisar nunca de uma consulta com esse senhor! Quanto ao município tive sim o apoio necessário, mas em caso de urgência é o hospital que atende, tá ok?!

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.