segunda-feira, 22 de junho de 2020

Hospital diz que era só virose: grávida e bebê morrem em Formosa (GO) após agravamento da saúde por Covid-19


A família de uma grávida está revoltada com os médicos e toda a administração do hospital de Formosa, após a morte dela e do bebê.

A moça procurou o hospital duas vezes em busca de atendimento, mas foi orientada a procurar o "postinho", mesmo com 8 meses de gravidez, por apresentar sintomas "apenas" de uma virose. 

O caso se agravou rapidamente e só depois disso a paciente conseguiu atendimento. 

A IMED (Instituto de Medicina Estudo e Desenvolvimento), responsável pela administração do agora Hospital Regional de Formosa, emitiu nota oficial a respeito da morte da moça, que tinha apenas 23 anos, ocorrido na madrugada desta segunda-feira (22/06). 

A Nota, no entanto, não diz nada sobre a falta de atendimento nas duas vezes que ela procurou a unidade em busca de socorro.

Segundo informações repassadas pela IMED, a jovem chegou transportada pelo SAMU em estado grave na sexta-feira (20/06).

Após realização do teste rápido, foi identificado a presença do novo coronavírus ainda na triagem.

A jovem ficou internada na área destinado ao isolamento assistida pelos médicos de emergências. 

Segundo a Nota, houve piora na condição de saúde, sendo identificado a necessidade de suporte de oxigênio. 

Ela foi entubada no domingo (21/06), às 23h20, e aguardava vaga em hospital de referência, mas acabou não resistindo às 3h50 da manhã de hoje (22/06), sofrendo uma parada cardiorrespiratória, o bebê também não resistiu. 

Em nenhum momento na nota oficial também esclarece qual era a condição de saúde do bebê.

Ainda segundo o IMED, a jovem procurou o HRF no quarta-feira (17/06), após ter sido atendida na emergência, acabou sendo encaminhada pelo médico para exames no Pronto Socorro de Covid-19 em um ala específica do HRF. 

A paciente não fez os exames solicitados e retornou para unidade hospitalar em estado grave na sexta-feira (20/06).

Confira a nota oficial

O Hospital Regional de Formosa (HRF) lamenta o falecimento de uma paciente de 23 anos, grávida de 31 semanas, na madrugada dessa segunda-feira (22/06). 

 A jovem que chegou transportada pelo SAMU, em estado grave na sexta-feira (dia 20), testou positivo para Covid-19 já na triagem. 

Internada, na área destinada a isolamento, ela foi assistida pelos médicos da emergência. Houve piora na condição de saúde e foi identificada a necessidade de suporte de oxigênio.

Ela foi entubada ontem, dia 21, às 23h20, e aguardava vaga em hospital de referência. Infelizmente às 3h50, teve parada cardiorrespiratória e faleceu.

Na madrugada do dia 17 a jovem procurou o HRF e, após ser atendida na emergência, foi encaminhada pelo médico para exames no Pronto Socorro de Covid-19, que fica em uma porta separada. A paciente não fez os exames solicitados e voltou três dias depois em estado grave.


Com informações do Foca Lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.