segunda-feira, 29 de junho de 2020

Caiado joga responsabilidade de lockdown para prefeitos


No início da pandemia da Covid-19, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, agiu rápido, decretou quarentena e Goiás estagnou no número da doença por um longo tempo. 

Agiu certo à época. Como médico, seguiu as orientações técnicas e deu resultado.

Porém, não suportou a pressão política, principalmente do empresariado e de produtores do agronegócio do estado, que o chamou até de traidor.

Aí abriu-se tudo. 

Agora a doença avançou muito, tem matado muita gente e o interior, antes imune, sofre que milhares de casos. 

Tava na cara. Era questão de lógica. Agora que não fizeram o dever de casa, vão perder duas vezes. Naquela oportunidade  e a agora, porque se não fechar tudo, vai ser um Deus nos acuda, conforme projeção da Universidade de Goiás, que orientou o governador.

A ideia de Caiado era decretar um lockdown em todo o estado. 

Como não teve culhão para isso, hoje jogou a responsabilidade nas costas dos prefeitos.

Ninguém quer perde voto... nem ele. 

Acompanhe a agonia do governo frente à Covid-19 no áudio acima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.