sábado, 6 de junho de 2020

Ambientalistas fazem protesto em frente a Ministério e pede saída de Ricardo Salles



Nesta sexta-feira (5) um grupo de ambientalista promoveram um ato contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Realizado na Semana do Meio Ambiente, o ato reivindica a saída do ministros e  expôs, segundo o grupo, sua política de destruição ambiental que "tem sido sustentada desde o início de seu mandato, que resultou em recordes de desmatamento, corte de recursos e omissão em relação aos crimes ambientais".

De acordo com a organização, a ação em vídeo foi em resposta à polêmica reunião ministerial em que o ministro do meio ambiente afirmou que deveria “ir passando a boiada” e aproveitar o momento que a imprensa está cobrindo o COVID-19 para mudar as regras e simplificar normas. 

"O recado do ativista é claro: a população está de olho nas ações de Salles e não deixará a boiada passar", afirmam.

Ainda de acordo com os ambientalistas, em pouco mais de um ano, o atual ministro do meio ambiente discursou a favor dos madeireiros, atacou o Fundo Amazônia, responsabilizou ONGs por crimes ambientais que ele não combateu, intimidou e demitiu funcionários, perseguiu órgãos ambientais e quase não investiu recursos para o combate ao desmatamento e crimes associados. 

"Durante esse tempo, apenas uma questão foi clara: 

"Salles é inimigo do meio ambiente e promove o desmonte da governança socioambiental. Pelas florestas, pelos povos tradicionais e pelo futuro do planeta, ele deve deixar o cargo". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.