terça-feira, 30 de junho de 2020

Via crucis da testagem para Covid: governo, médicos, planos e laboratórios são os primeiros a atrapalhar


O governo (federal, estadual e municipal), em todo país, planos de saúde, médicos e entidades ligadas à medicina, além dos laboratórios, têm atrapalhado os brasileiros a realizarem a testagem para a detecção da Covid-19.

A doença não tem cura, não tem vacina, é agressiva e letal. 

Hoje, o meio mais eficaz é evitando sua disseminação pelo isolamento social e também pela testagem massiva das pessoas.

Só testando todo mundo e muitas vezes é que poderá se descobrir quem está contaminado e daí partir para outras políticas, como de isolamento social e quarentena. 

Então, em cada esquina deveria ter exames gratuitos em massa pagos pelo governo, sem qualquer burocracia.  Certo? No Japão e na Korea do Sul chamaram esse tipo de teste de drive-thru. Pode se fazer dentro do próprio carro. 

Aqui no Brasil não se faz e nunca se fez. Só promessa, desde março. 

Os exames são caros e o governo deveria investir nessa estratégia. Mas dá de ombros, assim como as demais entidades. 

O governo faz é pior. Não testa ninguém e ainda dificulta que as pessoas façam exames por conta própria.

Dois testes são os mais populares: o PCR, por secreção do nariz, que identifica quem está doente.  

E o teste rápido, por sangue, que descobre que já tem anticorpos ou não e se a pessoa teve algum contato com o vírus.

Pois bem, inventa você de fazer algum destes testes!

Nas unidades públicas, só é autorizado a fazer se você tiver sintomas ou teve contato com pessoas contaminadas. Querem economizar nas testagens, para a próxima pandemia.  

Então é o jeito você se virar por conta própria. Aí começam os problemas. 

Só um médico pode fazer o pedido. Nenhum laboratório faz o teste sem o pedido médico.

Vai vendo!

Para ter acesso ao médico, o paciente tem que marcar uma consulta. Se for público, já viu. Só na outra encarnação. 

Se particular, você tem que pagar pela consulta ou marca pelo plano de saúde, se tiver agenda.  

Após grande luta com a marcação, no cara a cara com o médico, a primeira pergunta dele é se você tem sintomas. Se não tiver, esquece, ele não vai lhe passar o pedido. 

Digamos que você convença o médico de que precisa fazer o exame (é um direito seu). 

Com o pedido à mão, você vai ao laboratório mais perto. Lá descobre que apenas algumas unidades estão aptas a fazer o exame para Covid. 

Após achar a unidade específica, que parece um "espaço para leprosos", você descobre que tem centenas de pessoas na sua frete, e lado a lado, grande parte contaminada, dividindo o mesmo espaço. 

Como você é um cara obstinado, consegue, ao cabo de 3 horas, chegar ao balcão de atendimento. 

A atendente, já acostumada com a muvuca diária dos contaminados, nem álcool em gel usa mais. 

Ela solicita seu pedido médico e descobre que você quer fazer os dois exames (PCR e o rápido).  

De bate pronto ela diz que os planos de saúde não cobrem o teste rápido. Só no dinheiro. Valor: R$ 300,00. 

Vai vendo!

Então você decide fazer apenas o PCR. 

Lá se vai mais um longo tempo dentro de uma sala com ar condicionado e cheia de pessoas, talvez com Covid, tossindo à beça, até o plano autorizar a se fazer o teste. Apenas o PCR.

Após a realização do exame, eis a dúvida. Será que você foi contaminado dentro do laboratório?

Bem, sua dúvida irá com você para casa ou para o túmulo, porque tem que fazer todo o trâmite novamente para se conseguir o teste rápido. Consulta do médico, autorização...

E depois do prazo de oito dias, que é o tempo do vírus ser detectado. 

Na boa, é melhor tá em casa à espera da própria sorte. 

Blog fará entrevistas, em forma de "lives", com pré-candidatos a prefeito de Campos Belos (GO). A estreia é nesta quarta-feira (1), como Pablo Geovanni




Este Blog vai promover uma série de entrevistas, na forma de lives, com os pré-candidatos a prefeito de Campos Belos (GO), a partir desta semana.

A série começa nesta quarta-feira (1), com o delegado Pablo Geovanni. 

O evento está previsto para iniciar às 19h, com duração de 30 minutos. 

Diversos temas serão debatidos, como os projetos e planos de governo dos futuros candidatos; pandemia, saúde, educação, emprego, meio ambiente, serviços públicos.

Na semana que vem será a vez do assessor parlamentar Leandro Fox, que já confirmou presença. 

O ex-prefeito Ninha, o atual prefeito, Eduardo Terra,  e o empresário Wesley Oliveira ainda não confirmaram suas datas.

Agende aí!

Já Publicamos:

Ninha, Eduardo Terra, Pablo Geovanni, Wesley Oliveira e Leandro Fox confirmam pré-candidatura a prefeito de Campos Belos (GO)

Em live, prefeito de São Domingos (GO) vai falar dos desafios políticos e da Covid; cidade ainda não registra casos da doença


Não foi falta de aviso: Prefeitura diz que evento pode ter espalhado Covid no Distrito de Vazante, em Divinópolis de Goiás; há 14 casos e 12 suspeitos


Um evento realizado no Distrito de Vazante, no município de Divinópolis de Goiás pode ter sido o responsável por ter espalhado o novo coronavírus na comunidade.

O evento, realizado na semana passada, reuniu diversas pessoas, e contou com a participação de uma pessoa, viajante de Goiânia (GO), que já estava infectada com o vírus e não sabia.

Segundo a prefeitura da cidade, que tem quase que pedido pelo "Amor de Deus" para o povo quietar em casa, afirmou que a situação é delicada, porque o vírus se propagou sem controle.

Até o momento, 14 pessoas testaram positivo, outras 12 são suspeitas e 70 estão em monitoramento.

Antes da festa, havia apenas três casos confirmados:
 um funcionário de um mercado que foi até Brasília; um homem que não sabia que estava infectado com o novo coronavírus e acabou transmitindo a doença para seus pais.

E um terceiro também foi registrado no Assentamento Riacho Seco. O paciente também pode ter sido infectado pelo caso registrado no Distrito Vazante.

A Secretaria de Saúde diz que está focada no combate a disseminação do vírus no município. Todos os casos confirmados, suspeitos e monitorados estão sendo acompanhado de perto.

Informou também que as famílias e os casos suspeitos continuam em isolamento domiciliar, assim como todos os notificados, sendo acompanhado pela equipe de saúde.

Professor Rodrigão faz "live" para concursos; Preparação gratuita



O professor Rodrigão, que é de Monte Alegre de Goiás e servidor do Poder Judiciário em Brasília, convida interessados em concursos públicos para participar de "lives" preparatórias.

Há muito tempo o professor faz cursinhos preparatórios para concurso, gratuitamente, endereçados àquelas pessoas sem condições financeiras de pagar altas quantias durante os estudos. 

A equipe de professores é muita boa. Veja as "lives da semana:

- Quinta-feira, às 20 horas, Conheça a carreira de Policial Legislativo Federal e tire suas dúvidas sobre a carreira e concurso, com o professor e também policial legislativo Adilson Paz;

- Sextas-feira, às 21 horas, teremos a primeira Live de Língua Portuguesa para concursos, com o Professor e Agente Federal de Execução Penal Guitto Burlamaqui;

Sábado, às 20 horas, teremos Mais um encontro de Direito Penal(Extorsão, Extorsão mediante sequestro e estelionato), com o Professor e Servidor Público Federal Francisco Wélio.

Acompanhe as aulas pelo Instagram : @professor_rodrigao e demais professores.

O professor Rodrigão diz que reúne o melhor time de professores para proporcionar a melhor preparação, interação e para motivar os interessados na caminhada.


Prefeitura de Campos Belos (GO) divulga concurso público com 31 vagas


A Prefeitura de Campos Belos, no nordeste goiano, abriu Concurso Público com foco em selecionar profissionais para preenchimento de vagas de cargos efetivos do município.

Ao todo são 31 oportunidades, além de formação de cadastro reserva, em funções de níveis fundamental incompleto, médio e superior.

As oportunidades de nível fundamental incompleto são nas funções de Agente de Serviços Gerais (5), Agente de Serviços de Higiene e Alimentação (7), Auxiliar de Pedreiro e Motorista (2). 

Já as vagas de nível médio são para Agente Administrativo (3), Técnico em Enfermagem (5) e Técnico em Laboratório.

Por fim, as oportunidades de nível superior são para as funções de Biomédico (1), Enfermeiro (1), Fisioterapeuta (1), Fonoaudiólogo (1), Nutricionista (1), Odontólogo (1), Professor de Artes, Professor de Ciências, Professor de Geografia, Professor de História e Professor Pedagogo.

Dentre as vagas citadas acima, há aquelas que se enquadram nos itens especificados no edital.

Vale ressaltar que os aprovados atuarão em jornada de trabalho de 20 a 40 horas semanais, com remuneração de R$ 1.045,00 a R$ 3.026,66, conforme o cargo pretendido.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente via internet, por meio do site da organizadora do Concurso Público, Itame, a partir das 10h do dia 3 de agosto até às 23h59 do dia 23 do mesmo mês (horário de Brasília/DF), com taxa de R$ 50,00 para cargos de nível fundamental, R$ 60,00 para nível médio e R$ 90,00 para nível superior.

Ao candidato que não possuir acesso à internet, um espaço será disponibilizado na Prefeitura para a formalização das inscrições.

Já a seleção dos candidatos será feita por meio de prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, com questões conforme o cargo pretendido, podendo conter temas das áreas de língua portuguesa; matemática; conhecimentos específicos, de legislação e gerais; e noções de informática, além de prova de redação para o cargo de professor.

As provas objetivas estão previstas para serem realizadas no dia 4 de outubro. Caso seja necessário, em razão da quantidade de candidatos participantes, as provas serão aplicadas também no dia 3 de outubro.

O prazo de validade deste Concurso Público será de dois anos, contados da data da homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogado por uma única vez e por igual período.

Fonte: PCI Concursos

Polícia Civil vai fazer testagem para Covid-19 de servidores das regionais de Formosa, Campos Belos e Posse (GO)


A Polícia Civil de Goiás, por meio da Divisão de Proteção à Saúde do Servidor (DPSS), apresentou o cronograma de testagem do novo coronavírus (Covid-19), para os servidores.

O cronograma prevê ações entre 30 de junho e 11 de julho.

A ação visa a testagem para a doença Covid-19, que será feito por regionais; Itumbiara; Jataí e Mineiros; Iporá e Aragarças; Goiás; Jussara; Porangatu; Uruaçu; Ceres e Goianésia; Formosa, Posse e Campos Belos.

Já foram feitas testagens, em parceria com a SPTC, até o momento, nas regionais de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade, Anápolis, Luziânia, Rio Verde, Catalão, Jataí, Águas Lindas e toda Administração e Delegacias Especializadas.

Covid em Dianópolis (TO) dá um salto e chega a 17 casos



Os casos confirmados de Covid-19 em Dianópolis (TO) deu um salto em duas semanas, quando registrava apenas dois contaminados. 

Agora, a Secretaria de Saúde diz que há 17 positivos e ainda 45 casos suspeitos, em isolamento domiciliar, aguardando resultado de exame.

Um paciente masculino, de 75 anos, continua hospitalizado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de hospital particular em Palmas, com quadro de saúde estável.

O município registra uma morte pela doença. 

Urgente: adolescente desaparecida em Campos Belos (GO)



Notícia boa: a adolescente foi encontrada nesta terça-feira (30), bem e com saúde. 

Lascou: novo vírus da gripe com 'potencial pandêmico' é encontrado na China




Uma nova cepa do vírus da gripe com potencial de causar uma pandemia foi identificada na China, segundo um novo estudo.

Essa linhagem surgiu recentemente e tem os porcos como hospedeiros, mas pode infectar seres humanos, dizem os autores da pesquisa.

Os cientistas estão preocupados com o fato de que ela poderia sofrer uma mutação ainda maior e se espalhar facilmente de pessoa para pessoa e desencadear assim um surto global.

Eles dizem que a cepa tem "todas as características" de ser altamente adaptável para infectar seres humanos e precisa ser monitorada de perto.


Como se trata de uma nova linhagem do vírus influenza, que causa a gripe, as pessoas podem ter pouca ou nenhuma imunidade a ela.

Ameaça pandêmica

Uma nova cepa do influenza está entre as principais ameaças que os especialistas estão monitorando, mesmo enquanto o mundo ainda tenta acabar com a atual pandemia do novo coronavírus.

A última gripe pandêmica que o mundo enfrentou, o surto de gripe suína de 2009 que começou no México, foi menos mortal do que se temia inicialmente, principalmente porque muitas pessoas mais velhas tinham alguma imunidade a ela, provavelmente por causa de sua semelhança com outros vírus da gripe que circulavam anos antes.

O vírus da gripe suína, chamado A/H1N1pdm09, agora é combatido pela vacina contra a gripe que é aplicada anualmente para garantir que as pessoas estejam protegidas.

A nova cepa de gripe identificada na China é semelhante à da gripe suína de 2009, mas com algumas mudanças.

Até o momento, não representou uma grande ameaça, mas o professor Kin-Chow Chang e colegas que o estudam dizem que devemos ficar de olho nele.

Qual é o perigo?

O vírus, que os pesquisadores chamam de G4 EA H1N1, pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.

Eles descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam em matadouros e na indústria suína na China.

As vacinas contra a gripe atuais não parecem proteger contra isso, embora possam ser adaptadas para isso, se necessário.

Kin-Chow Chang, que trabalha na Universidade de Nottingham, no Reino Unido, disse à BBC: "No momento estamos distraídos com o coronavírus e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos".

Embora esse novo vírus não seja um problema imediato, ele diz: "Não devemos ignorá-lo".

Os cientistas escrevem na revista "Proceedings", da Academia Nacional de Ciências britânica, que medidas para controlar o vírus em porcos e monitorar de perto as populações trabalhadoras devem ser rapidamente implementadas.

O professor James Wood, chefe do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Cambridge, disse que o trabalho "vem como um lembrete salutar" de que estamos constantemente sob o risco do surgimento de patógenos e que animais de criação, com os quais os seres humanos têm maior contato do que com a vida selvagem, podem ser uma fonte de vírus pandêmicos.

Fonte: Agência Globo

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Arte crítica


Ministério Público pede informações sobre enfrentamento à Covid-19 em Arraias e Conceição do Tocantins


O Ministério Público do Tocantins (MPTO) solicitou informações sobre o atendimento de suspeitos e pacientes contaminados com a Covid-19 em Arraias e Conceição do Tocantins com prazos máximos de cinco dias. 

Os pedidos encaminhados por meio de ofícios são as gestões municipais e também a Secretaria Estadual da Saúde (SES).

Conforme o órgão, as administrações públicas o requerimento pede dados sobre a quantidade de insumos e kits disponíveis para exames e testagens de paciente suspeitos. 

Também é solicitado informações dos laboratórios responsáveis pelos exames de sorologia e o tempo previsto para a entrega dos resultados. 

O prazo é de três dias.

Em cinco dias, os gestores municipais devem também enviar relatórios de fiscalização dos órgãos de Vigilância Sanitária. 

Nestes documentos deve estar atestado se os empresários estão cumprindo as disposições contidas nos Decretos Municipais sobre a o à obrigatoriedade de higienização dos estabelecimentos e as medidas adotadas com o intuito de impedir aglomeração nestes locais.

Além disso, o MPTO quer obter informações sobre a estrutura dos órgãos de Vigilância Sanitária de cada município. 

Já a SES, em um prazo de três dias, o gestor da saúde, Edgar Tollini, deve informar sobre a quantidade de insumos e kits de testagem de pacientes suspeitos no âmbito dos serviços de saúde prestados pelo Hospital Regional de Arraias.

No início de junho, o Ministério ainda havia expedido uma recomendação as Prefeituras de Arraias e Conceição com a orientação pela adoção de novas medidas voltadas ao enfrentamento da pandemia da Covid-19. 

Entre as ações recomendadas estão à conscientização dos moradores, a fiscalização de estabelecimentos comerciais e pontos estratégicos. 

A Prefeitura de Arraias, posteriormente, inclusive, proibiu leilões e feiras livres na cidade.

Fonte: MPTO 

Prefeitura de Formosa (GO) adotará lockdown intermitente, seguindo orientação de Caiado



Formosa adotará o lockdown intermitente, divulgado nesta manhã (29) pelo governador Ronaldo Caiado (DEM).

Um novo decreto estadual deverá ser publicado pelo governador. 

Em seu pronunciamento, Caiado adiantou que a partir de amanhã (30), adotará o lockdown intermitente de 14 dias, seguindo à recomendação da UFG (Universidade Federal de Goiás), que apontou uma projeção catastrófica de 18 mil óbitos no estado de Goiás em setembro, se o isolamento social não for restabelecido. 

Com adoção do lockdown intermitente, a projeção caí para 4 mil óbitos.

O lockdown intermitente, determina que o comércio em geral fique fechado por 14 dias, após este período acontecerá uma nova flexibilização por 14 dias. 

O lockdown intermitente está previsto até setembro de 2020.

No entanto, Caiado abriu a possibilidade para que cada prefeito determinasse o que seria melhor para o seu município, desde que cada um deles, assuma a sua responsabilidade no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Texto e fonte: Foca lá 

Coronel Ricardo Rocha, ex-comandante do 16º BPM está internado em UTI com Covid-19


O ex-comandante do 16º BPM de Formosa, Coronel Ricardo Rocha, está internado em uma UTI, na cidade de Rio Verde-GO com o novo Covid-19. 

Rio Verde é o município goiano com o maior número de casos de Covid-19 no estado.

Segundo informações repassadas por familiares do Coronel, apesar de estar em uma UTI, o estado do Coronel é estável. 

O oficial precisou ser internado, após o 12º dia de isolamento, quando sofreu uma piora em seu estado clínico, no entanto, ele não precisou ser entubado. Os prognósticos para sua recuperação são bons.

O Coronel Ricardo Rocha, hoje comandante do do 8º CRPM de Rio Verde, esteve a frente do 16º BPM entre os anos de 2007 a 2010, quando foi afastado, após operação 6º Mandamento da Polícia Federal em setembro de 2010. 

Após longo período de afastamento, a Justiça Federal não acatou nenhuma denúncia contra ele, por total falta de provas, o Coronel voltou a ativa em janeiro de 2020 na cidade de Rio Verde-GO.

O Coronel chegou a ser acusado de participar de um grupo de extermínio, que teria executado cerca de 100 pessoas. 

Segundo consta em matéria disponibilizada pelo site do senado, Rocha nunca teria negado a maiorias das mortes, mas sempre se defendeu, afirmando ter tirado a vida apenas de criminosos e em serviço.

Atuação em Formosa

Em Formosa, Rocha sempre dividiu a opinião, é bem verdade que sempre foi mais idolatrado do que odiado. 

Sob seu comando os números de violência diminuíram sensivelmente, a sensação de segurança por parte da população era bem maior, o município chegou a ter um helicóptero a disposição do 16º BPM.

Neste período, o 16º BPM duplicou sua frota de veículos e recebeu um helicóptero, durante a gestão de Ernesto Roller a frente da secretaria de segurança pública do estado. Na época, mesmo quando o Major, foi alvo de apurações do Ministério Público, Roller deu a patente de Coronel a Ricardo Rocha. 

"Existe uma lei que disciplina as promoções. Uma lista de oficiais com o perfil é elaborada pelo comando, passa por mim e depois é submetida ao governador" - explicou Roller.

Ao ser questionado sobre a atuação de Rocha, Roller na época afirmou: "Estatisticamente, houve redução da violência no município. Acontece que, no confronto entre policiais e bandidos, podemos dizer que o interesse da sociedade deve prevalecer."

Com texto do Foca lá 

Assine nosso canal no Youtube



Inscreva- se em nosso Canal YouTube. Precisamos de mais 70 inscritos para completar 1 mil e liberar outras funções. 

Além disso, você vai ser notificado no mesmo instante quando subir cada vídeo novo.

Covid-19: vacina cria anticorpos em 100% dos voluntários




Neste domingo (28), o Grupo Nacional Biotec da China (CNBG), um dos candidatos chineses que estão desenvolvendo uma vacina contra o novo coronavírus, informou que os primeiros resultados de testagem em humanos apontou para imunização total nos voluntários.

"Com referência a produtos similares no passado, combinados com dados humanos existentes, sugere-se inicialmente que a nova vacina desenvolvida seja segura e eficaz", afirmou o grupo, em nota oficial.

De acordo com o grupo, as doses, ainda em período experimental, induziram a criação de anticorpos de "alto nível" em todos os 1.100 voluntários.

Nesse cenário, o governo de São Paulo anunciou uma parceria com o laboratório Sinovac Biotech para testar outra vacina chinesa. 

Já o governo federal falou sobre o acordo com a Universidade de Oxford, do Reino Unido, para a fabricação de vacinas contra a Covid-19.

Para isso, o Ministério da Saúde anunciou a produção de 30,4 milhões de doses da vacina contra o coronavírus em parceria com a universidade britânica. 

O investimento será de 127 milhões de dólares (R$ 696 milhões) e a tecnologia de produção da vacina será compartilhada com a Fiocruz. 

Com informações da Minha Capital.

Caiado joga responsabilidade de lockdown para prefeitos


No início da pandemia da Covid-19, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, agiu rápido, decretou quarentena e Goiás estagnou no número da doença por um longo tempo. 

Agiu certo à época. Como médico, seguiu as orientações técnicas e deu resultado.

Porém, não suportou a pressão política, principalmente do empresariado e de produtores do agronegócio do estado, que o chamou até de traidor.

Aí abriu-se tudo. 

Agora a doença avançou muito, tem matado muita gente e o interior, antes imune, sofre que milhares de casos. 

Tava na cara. Era questão de lógica. Agora que não fizeram o dever de casa, vão perder duas vezes. Naquela oportunidade  e a agora, porque se não fechar tudo, vai ser um Deus nos acuda, conforme projeção da Universidade de Goiás, que orientou o governador.

A ideia de Caiado era decretar um lockdown em todo o estado. 

Como não teve culhão para isso, hoje jogou a responsabilidade nas costas dos prefeitos.

Ninguém quer perde voto... nem ele. 

Acompanhe a agonia do governo frente à Covid-19 no áudio acima.

Nova quarentena em Goiás: Apenas atividades essenciais serão mantidas, diz Caiado


A partir desta terça-feira (30), várias atividades econômicas voltam a fechar no estado de Goiás, devido ao severo avanço da Covid-19. 

Decreto será publicado para restringir funcionamento do comércio e administração estadual temporariamente; apenas atividades essenciais serão mantidas. 

Haverá uma espécie de lockdown intermitente: estabelecimentos deverão fechar por 14 dias, mas poderão reabrir nos 14 seguintes. 

O governador pediu compreensão da população durante o período de fechamento. Municípios vão definir se irão ou não aderir.

“A partir de amanhã (30) implantaremos a quarentena no estado de Goiás. Peço a compreensão de todos, serão 14 dias. 

Peço a todos os goianos que atendam nossas solicitações. Não há espaço para oportunismo ou atitudes egoístas. Respeitem as regras”, afirmou.

Ronaldo Caiado argumentou que crises acompanham a virose, mas que ao salvar vidas haverá maior facilidade para recuperar a economia do estado de Goiás. 

“Nós teremos a quarentena por 14 dias e que funcionou muito bem no decreto de 12 de março. O que queremos neste momento é chegar a um patamar de isolamento de 55% e conseguiremos dar um achatamento na curva”, declarou.

Municípios

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que estados e municípios têm autonomia para deliberar sobre restrições ou flexibilização de atividades durante a Covid-19. 

O governador reconhece as limitações impostas pelo STF e que não vai extrapolar a competência do estado.

O governador citou que em relação a Goiânia, o prefeito Iris Rezende durante a reunião demonstrou concordância com o que foi proposto. Ele espera contar com o apoio de outros gestores municipais.
Retomada

Ronaldo Caiado argumentou que nenhum governante ao longo do mandato vai apenas colher bons frutos e que foi preciso tomar medidas de coragem, mas baseadas no conhecimento científico. 

Ele ressaltou que logo no início da pandemia, com os primeiros decretos, foi atacado, mas o tempo foi necessário para ampliar a rede de saúde no estado.

Na reunião dele com prefeitos, a superintendente de vigilância em Saúde, Flúvia Amorim sugeriu a elaboração de um plano estadual de flexibilização das medidas de distanciamento social em médio prazo, com regionalização de acordo com critérios epidemiológicos.

Para isso, recomendou articulação entre os Poderes, transparência e participação dos setores produtivos e sociedade. A ideia é que seja uma flexibilização pautada em critérios epidemiológicos padronizados internacionalmente.

Questionado pelo Mais Goiás sobre o assunto, o governador disse que a prioridade é quanto ao enfrentamento da crise, mas que não pode deixar de planejar as ações da área econômica, já neste momento. 

Ele reforçou que há perspectiva de contratação regionalizada para gerar empregos e viabilizar obras realizadas pelo estado. O plano é que empresas captem trabalhadores locais como forma de diminuir o impacto de desemprego.

Saúde


Caiado lembrou que cirurgias eletivas foram novamente suspensas em unidades estaduais desde a última sexta-feira (26). “A luta é com mais preocupação, o processo de disseminação se tornou muito mais rápido, fazendo com que um maior número de pessoas fossem internadas”, disse.

O governador explicou que a taxa de ocupação de leitos de UTI está na ordem de 83% em hospitais geridos pelo estado. 

Ronaldo Caiado disse que o governo procura ampliar a rede, como é o caso de novos leitos em Itumbiara. Ele ainda reforçou necessidade de se aumentar a testagem nos municípios para gestores tenham maior controle sobre a pandemia.
Campanha

Durante a entrevista coletiva, o governador lamentou que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) não tenha dado de forma excepcional uma autorização para que se faça uma campanha explicativa, de orientação e conscientização à população quanto aos riscos da Covid-19. Caiado espera contar com esta autorização para mostrar a realidade de cada região.

“Eu sinto muita falta, ainda não consegui sensibilizar o Tribunal de Contas de Goiás para ter uma campanha de conscientização, explicativa à população de Goiás, o que falta é poder explicar melhor a situação, mostrar a realidade. Não apenas repassar números de óbitos ou de novos contaminados”, disse o governador.

Com Mais Goiás 

domingo, 28 de junho de 2020

Pandemia; ansiedade; nutrição: palavras que podem mudar a sua vida



Neste domingo (28) trago aos caros leitores palavras que podem dar sentido à vida e tem o poder de mudar o hábito e até a vida de determinadas pessoas.

Quem sabe não seja a sua. 

Vários profissionais, entre psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, personal organizer, arquitetos... 

Todos eles tem uma orientação que pode ajudar a você a enfrentar questões que estão impactando nossas vidas nesta época tão difícil.

O Webnário de Saúde Integral ocorreu na última sexta-feira (26) e teve a nossa mediação.  

É um conteúdo gratuito, com conhecimento e orientações de vários profissionais, que pode fazer uma grande diferença para você. 

Separe um pouco de seu tempo. Tenho certeza que você não será a mesma pessoa depois do vídeo. 

sábado, 27 de junho de 2020

TV Globo no Tocantins dá destaque à infestação de gafanhotos; leitores atacam Blog em virtude da notícia


A TV globo no Tocantins também deu destaque à infestação de gafanhotos que tem assustado moradores de diversas cidades da região central do Tocantins, inclusive Natividade (TO).

Há dois dias este Blog publicou um vídeo de um agricultor mostrando o imenso prejuízo trazido pela nuvem de milhares de insetos.

Como virou costume, não apenas com conteúdo deste Blog mas como da imprensa em geral, diversos leitores duvidaram do conteúdo da publicação e atacaram este Blog em redes sociais. 

Duvidam da pandemia, duvidam das mortes pela Covid, duvidam da infestação de gafonhotos...

Amigos, a culpa das notícias ruins não é dos jornalistas. Somos apenas os mensageiros.

Assista à matéria da TV Globo

Sobre as notícias ruins, você, que poder ser dos leitores negacionistas, pode ter duas reações.  

A primeira é não ler mais noticiários e fazer como a avestruz: enfiar a cabeça na areia para não saber o que se passa ao seu arredor e pronto. 

A segunda opção é agir e ser você mesmo o protagonista das mudanças. 

Não reclame das notícias ou dos jornalistas; somos apenas os portadores das notícias ruins. A ação, no entanto, pertence a todos os indivíduos. 




Este Blog Publicou 

De mal a pior: praga de gafanhotos destrói plantações no Tocantins



Em Campos Belos (GO), rapaz leva primo para embosca. Vítima foi assaltada e teve R$ 1500,00 levados por encapuzados


Um assalto inusitado em Campos Belos (GO), nordeste do estado, na Chapada dos Veadeiros, fez a Polícia Militar descobrir um plano traiçoeiro. 

Um jovem simplesmente levou um primo para uma emboscada, onde foram assaltados em lugar ermo, escuro e sem asfalto. 

Era por volta das 19h do último dia 24 (quarta-feira), quando um senhor e um rapaz chegaram à base da Polícia Militar da cidade. 

Ambos alegavam ter acabado de serem vítimas de um assalto a mão armada. 

O rapaz, de siglas LLB, supostamente vítima do assalto junto com seu primo, identificado como DBR, contou aos PMs que foi procurado por este último há três dias, manifestando interesse em possuir uma motocicleta.

Ele estava com R$ 1.500 para comprar o veículo e estaria negociando naquele dia com um rapaz. 

Mas quando ambos estavam indo ver a motocicleta, foram assaltados nas proximidades de um motel, no Setor Dom Alano, em Campos Belos. 

O jovem contou à Polícia Militar que o fato ocorreu numa rua sem pavimentação e sem iluminação, e que os dois ladrões apareceram armados e procurando pelos R$ 1.500.

Ainda de acordo com a suposta vítima, os dois assaltantes estavam encapuzados.

Mas o rapaz demonstrava nervosismo desproporcional aos fatos e as narrativas controversas despertaram desconfiança dos militares com a história contada pelo rapaz.

Em nova indagação sobre os pontos obscuros da narrativa, o jovem demonstrou ainda estar mais nervoso e diante do "aperto", LLB resolveu revelar a verdade dos fatos.

O jovem, que passou de vítima a cúmplice do assaltou, disse que estava passando por dificuldades financeiras, quando seu primo o procurou com a intenção de comprar uma moto.

"Vi ali uma oportunidade de ganhar um dinheiro rápido. Então chamei dois irmãos da minha namorada para simular um assalto. Então combinamos o local e como seria realizado", confessou. 

A ideia dele era levar o primo DBR no seu próprio carro (carro do jovem LLB) até o local da emboscada, onde seus dois cunhados estavam armados e na emboscada. Disse também que DBR não conseguiu reconhecer os assaltantes, visto que ambos estavam com o rosto coberto e de arma em punho. 

Com a narrativa, os militares foram ao local indicado por LLB onde os dois autores estariam. Os dois cunhados assaltantes, ao avistarem as equipes policiais, fugiram pulando o muro e deixando para traz parte do dinheiro, somado no valor de R$ 450,00.

Os militares buscaram então pelo restante dos valores, que não foram encontrados. Um motor de uma motocicleta, com numeração raspada, foi apreendido.

E ainda, o veículo foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil,  juntamente com os demais objetos usado na prática do crime.

Uma camisa verde, encontrada na casa onde os dois fujões se encontravam após o roubo, foi reconhecida pela vítima real do assalto.

No local também foi encontrado um simulacro de arma de fogo, ao lado da camisa. 

O pior de tudo é que os autores já estão cumprindo pena criminal, no regime semiaberto, e foram liberados de dormi na prisão em razão de estarem supostamente correndo risco de pegar a Covid-19. 

Junto com os objetos, à Delegacia foi apresentado o mentor e participe da empreitada criminosa, LLB.

O carro dele utilizado na prática criminosa também foi apreendido e apresentava numeração dos chassis suprimida e divergentes nos vidros. 

Até o final da edição deste texto, os dois fujões ainda não tinham sido presos pelas autoridades policiais de Campos Belos (GO). 

Com 700 mil processos parados, Detran retoma provas no interior do estado, inclusive Campos Belos


Anápolis, Aparecida de Goiânia, Trindade e outros 10 municípios goianos voltam a ter provas teóricas e práticas para formação de novos motoristas nesta quinta-feira (25). A medida é tomada para dar andamento a 700 mil processos parados, mas acontece no momento em que a pandemia de covid-19 se interioriza pelo estado.

A projeção do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran) é de que até agosto os processos acumulados devido às medidas de distanciamento social para combate ao coronavírus sejam zerados. 

Para isso, outros 100 municípios podem ser liberados até a segunda semana de julho para a retomada das provas.

A retomada começou com Goiânia, no dia 4 de junho, e avança, a partir desta quinta, para Campos Belos, Anápolis, São Simão, Barro Alto, Aparecida de Goiânia, Alto Paraíso, Caçu, Jaraguá, Caiapônia, Trindade, Pirenópolis, Quirinópolis e Sanclerlândia.
Casos

De acordo com levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, apenas seis municípios goianos não possuem casos suspeitos de covid-19. 

Outros 38 tem casos em investigação, enquanto 202 com confirmações da presença do coronavírus entre os moradores. O que demonstra que há interiorização da doença em Goiás.

Em Anápolis, por exemplo, município que terá as provas a partir desta quinta, tem 662 casos confirmados, dos quais 18 em internação e 142 em isolamento domiciliar. 

São 11 mortes no município. Em Aparecida, são 2020 confirmações, com 33 óbitos e 39 em internação.
Procura

Segundo o presidente do Detran, Marcos Roberto da Silva, para que os processos andem serão adotadas medidas rígidas de controle da pandemia. 

Ele afirma que, embora, a retoma se dê em momento crítico da pandemia, a adoção dos protocolos de contenção podem evitar contaminações com o coronavírus.

O presidente do Detran salienta que, por exemplo, a procura por mudança de categoria aumentou, assim como a inserção para motoristas profissionais, sobretudo para inserção de motoristas em aplicativos de carona.

“No início [da retomada] notamos uma certa resistência. No entanto, vendo a gravidade da situação e que o distanciamento é correto, os candidatos vieram com mais cuidado. 

Voltaram a buscar as autoescolas e dar entrada na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com mais cuidados. 

No entanto, caso os protocolos não sejam seguidos de forma rígida o projeto está fadado ao fracasso e podemos ter que fechar novamente”, alerta Marcos Roberto.
Medidas

Na tentativa de evitar contaminações, o Detran passou a seguir alguns protocolos, como uso de equipamentos individuais de proteção, aferição de temperatura, além de limitação do número de candidatos por dia. 

Antes da pandemia, eram agendados até 300 candidatos por banca no interior. Atualmente, o número está limitado a 98 candidatos nas categorias de veículos com quatro rodas e 70 candidatos para motocicletas.

O atendimento é feito com hora marcada. Cada examinador atenderá um candidato a cada meia hora, com o máximo de 14 candidatos por hora, por banca de veículos de quatro rodas. 

Somente o aluno em prova poderá permanecer no local, não sendo permitida a presença de acompanhantes.

Os veículos de quatro rodas deverão ser higienizados com água e sabão ou desinfetado com álcool 70% no intervalo entre as provas. Todos os envolvidos no processo deverão usar máscara e luvas. 

Os examinadores também atuarão com protetor facial.

Com texto e fonte: Mais Goiás

Coronavírus: Alto Paraíso (GO) prorroga fechamento do comércio até 15/07



A Prefeitura de Alto Paraíso (GO) decidiu manter o comércio fechado até 15 de julho diante da pandemia do novo coronavírus. 

A cidade é um dos principais pontos turísticos da Chapada dos Veadeiros.

O prefeito de Alto Paraíso, Martinho Mendes, sancionou, nessa quinta-feira (25/06), o decreto que prorroga o fechamento das atividades.

De acordo com o boletim informativo da Covid-19 divulgado pela prefeitura, Alto Paraíso tinha seis casos confirmados de coronavírus e dois aguardando resultado dos exames até essa quinta-feira.

O Comitê de Emergência para Ação ganhou quase três semanas a mais de trabalho a fim de para preparar um documento sobre a reabertura segura e entregá-lo ao prefeito e ao Ministério Público.

O grupo, que se reuniu pela primeira vez no dia 15 de junho, é formado por equipe das secretarias de Saúde, Turismo, Educação e Proteção Social. 

Ainda integram o colegiado convidados da sociedade civil, que incluem consultores técnicos e representantes da comunidade de Alto Paraíso e São Jorge.

“No comitê, são levantados assuntos como matriz de risco e vulnerabilidade. Este comitê tem o objetivo de auxiliar a Administração Pública nos protocolos para uma reabertura segura para todos, garantindo ao máximo a tranquilidade quando o assunto for atendimento de possíveis infectados pelo Covid-19”, disse a prefeitura, em nota.

“Todas as medidas tomadas têm como maior foco a segurança dos nossos munícipes”, afirmou.

Fonte: Metrópoles

Detran-GO reabre autoescolas com liberação de prova prática; conheça as regras


Durante a pandemia do novo coronavírus, diversas inciativas foram criadas para tentar não realizar a propagação do vírus. Entre elas, o fechamento das agências do Departamento Estadual de Trânsito, o Detran. 

Em Goias, o Detran-GO está retomando nesta semana a realização das provas práticas em municípios do interior a fim de ajudar os condutores que estão ainda no processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Serviços autorizados a retornar no Detran GO

A partir desta quinta-feira (25) diversas novas cidades entram para o fluxo de realização do atendimento. São elas, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Barro Alto, Caçu, Caiapônia, Campos Belos, Jaraguá, São Simão, Sanclerlândia, Trindade, Pirenópolis e Quirinópolis.

Com as mudanças, as ações serão realizadas sempre respeitando os critérios definidos pelas autoridades. Já com os seguintes implementações, como o equipamentos individuais de proteção, aferição de temperatura, horários agendados e limite do número de candidatos por dia.

De acordo com o órgão, estudos técnicos estão sendo realizados para que mais municípios sejam atendidos em breve. É importante lembrar que as agências estão fechadas desde março deste ano.

Agora, com as provas práticas estabelecidas, afim de evitar a disseminação do coronavírus, os veículos nos quais serão utilizados devem ser higienizados com água e sabão ou desinfetados com álcool 70%.

Ainda seguindo o processo de estabelecimento das ações, todos os envolvidos no processo deverão usar máscara e luvas. 

Já no caso, candidatos terão de usar capacete próprio. Estes veículos também serão higienizados antes de cada prova. 

Acompanhantes não serão permitidos.Para realizar a ação, será necessário agendas as precisam agendar as provas pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs) no site do Detran

Nele também é possível realizar diversos procedimentos, entre as ações estão:

Licenciamento digital;
Renovação Simplificada da CNH digitalmente;
Segunda Via da CNH digitalmente;
Primeiro Registro Veicular;
Transferência de veículos usados;
Serviços online.
Serviços suspensos

Já o que permanece suspenso no Detran GO por tempo ainda indeterminado é o atendimento presencial nas agências, as vistorias realizadas e emissão de documentos físicos.
Contato

Os interessados em entrar em contato com o Detran de Goiás, deverão acessar o site para obter os contatos referentes a cada unidade. O telefone para retirar dúvidas é o (62) 3269-8800

Sargento é condenado pela Justiça Militar por ferir soldado com estilete em Caçapava


O STM (Superior Tribunal Militar) condenou o ex-sargento do 6º BIL (Batalhão de Infantaria Leve), a nove meses de prisão após marcar um soldado com um estilete. 

O militar é acusado de ofensa e lesão leve. A defesa do militar recorreu em todas as instâncias, alegando que o ocorrido “não passou de uma brincadeira entre as partes”, mas não foi isso o que a Justiça Militar entendeu.

O crime aconteceu em 2018, no batalhão de Caçapava, quando três soldados se atrasaram para uma formatura, o sargento questionou a demora e um dos três disse que eles estavam se arrumando. 

O militar superior mandou o trio fazer 10 flexões e depois escreveu o número 1000 – em alusão ao horário da formatura, 10h - com um estilete no braço de um dos soldados, a justificativa foi de que assim ele não esqueceria mais o horário.

O caso não foi denunciado por nenhum dos três, mas dias depois outro militar viu a marca no braço do soldado e o questionou sobre o que teria acontecido. Depois disso, o caso foi denunciado e um inquérito foi aberto.

O sargento foi julgado pelo CPJ (Conselho Permanente de Justiça) e condenado a nove meses de detenção, sendo concedido o benefício da suspensão condicional da pena pelo prazo de dois anos e o direito de recorrer em liberdade.

A defesa do sargento não aceitou a decisão e recorreu com o argumento de que “tudo não passou de uma brincadeira entre as partes”. 

A decisão foi mantida na instância julgadora superior, onde o magistrado Lúcio Mário de Barros Góes entendeu que “Os regulamentos militares preconizam o tratamento humano e respeitoso que o superior deve dispensar ao subordinado. 

Se respeitar a dignidade da pessoa humana é preceito de ética militar a ofensa aviltante a inferior é de todo inaceitável”. 

O ministro relator ainda ressaltou que o sargento tinha consciência da lesão que estava causando ao soldado.


As máscaras ajudam ou atrapalham na hora do exercício físico?



A propagação da COVID-19 ao redor do mundo trouxe inúmeras mudanças no cotidiano, desde um simples aperto de mão, agora incomum e pouco recomendável, até mudanças político-econômicas complexas. 

Hábitos de higiene pessoal, como lavagem frequente das mãos, uso de álcool gel e evitar tocar o rosto sem a devida higienização, foram as primeiras medidas adotadas e possivelmente perdurarão até o término da crise sanitária, ou quem sabe, farão parte da rotina no futuro. 

Além disso, a adoção do distanciamento social e a utilização de máscaras pela população, soam como um mantra nos noticiários, não é mesmo?

Pois bem, com a adoção do distanciamento social/físico a prática de atividade física foi reduzida, afinal, ambientes ao ar livre, quadras esportivas e academias, se tornaram temporariamente indisponíveis, embora seja recomendado continuar se exercitando dentro de casa, inclusive para fortalecer o sistema imunológico e reduzir o risco de contágio.

Com o passar dos meses, as medidas são revistas e os países vão retomando progressivamente as suas atividades e, mesmo com certa flexibilização, os especialistas advertem que deveremos nos acostumar com um “novo normal”, ou seja, ainda manteremos hábitos adotados durante a pandemia mesmo que haja a retomada dos serviços.

Desse modo, por mais que os espaços próprios para a prática de exercícios físicos reabram, será necessário o uso das máscaras como medida de proteção.

Sabendo disso, começamos a nos questionar:

A realização de exercícios físicos aumenta a nossa demanda de oxigênio e consequentemente respiramos mais vezes, certo? 

Será que o uso da máscara pode prejudicar a respiração?

Será que faço exercício com máscara ou sem?
Ainda, o exercício físico aumenta o calor corporal, e consequentemente a taxa de suor. 

Mas se aumenta o suor, não deixará a máscara molhada e perderá a sua eficiência na proteção contra o vírus?

Pois é, estas são algumas das perguntas que nos fazemos para entender como praticar exercício físico enquanto houver a necessidade do uso das máscaras.

Ainda é precoce afirmar algo a respeito, o que se sabe é que devemos seguir as diretrizes regionais, e utilizar a máscara se essa for a determinação governamental, embora isso possa prejudicar em algum nível a performance física.

Como sabemos que as nossas rotinas não serão as mesmas, ao menos de curto a médio prazo, e como a vida deverá continuar com o “novo normal”, é essencial que achemos uma solução para nos mantermos ativos fisicamente, sem colocar a própria saúde e a dos demais em risco.

Uma possibilidade é a utilização das máscaras desenvolvidas exclusivamente para o exercício físico, que já começaram a ser distribuídas e saberemos mais sobre a sua eficiência e conforto, em breve.

A companhia de artigos esportivos Under Armour lançou recentemente a primeira máscara específica para o exercício físico, apontada pela empresa como mais adaptável ao rosto e ao encaixe nas orelhas, desenvolvida com um tecido especial que favorece a ventilação, e uma camada intermediária projetada para absorver o suor sem que transpasse para a camada mais externa, com a promessa de uma máscara mais amigável e que desempenhe o seu principal papel, o de proteger contra o vírus.

Por enquanto, devemos continuar nos exercitando em casa, sempre que possível e caso esteja liberada a prática nos demais ambientes, seguir as recomendações e determinações das autoridades locais.

Autor: Rafael Luciano de Mello é professor dos cursos de Licenciatura e de Bacharelado em Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter.

Mais uma suspeita de morte por Covid em Posse (GO). Casos sobem para 19


A Secretaria de Saúde de Posse, no nordeste goiano, divulgou o boletim epidemiológico nesta sexta-feira (26), confirmando mais dois casos do novo coronavírus, chegando no total de 19 casos positivos.

Há ainda um óbito sob investigação pelo Comitê Especial de Óbito Covid-19 do Estado de Goiás, onde é preciso aguardar a decisão final emitida pelo Comitê, do que, de fato, causou a morte do paciente.

Segundo a Secretaria de Saúde, por precaução, os pacientes em monitoramento seguem em isolamento domiciliar, sem exigência de notificação para coleta de exames, por tanto, não são classificados como casos suspeitos para realização do teste.

São contabilizados casos em monitoramento para área endêmica, pacientes que foram removidos para área com casos positivos, e os casos em monitoramento por alto risco de contágio, pessoas que tiveram contato direto ou indireto com paciente testado positivo para Covid-19.

Posse tem 19 casos confirmados, 07 recuperados, 19 descartados, 116 monitorados, 02 suspeitos, 1 óbito confirmado e 1 óbito em investigação.

A Secretaria lembra que o distanciamento social ainda é uma medida necessária para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Homem se emociona ao ter seu veículo recuperado pela PRF, em Alvorada do Norte (GO)



Um cidadão ficou muito grato à Polícia Rodoviária Federal (PRF) quando soube que teve o seu veículo recuperado. Para demonstrar a gratidão, encaminhou um vídeo emocionado, falando do caso e agradecendo aos policiais rodoviários federais.

No último domingo (21/06), a esposa de Gregório de Souza passou mal de madrugada. 

No caminho do hospital, o veículo em que o casal estava apresentou falha mecânica, ficando imobilizado. Ele estacionou o carro no acostamento da BR-020, em Alvorada do Norte, no nordeste goiano, e seguiu de carona para o hospital.

Na volta, não encontrou o veículo no local. De imediato, ele procurou uma unidade da PRF e informou o fato. Os policiais o orientaram a efetuar o registro numa Delegacia da Polícia Civil, mas já iniciaram buscas pelo veículo.

Na noite desta terça-feira (23), ao efetuarem patrulhamento, uma equipe da PRF encontrou o referido veículo numa mata próxima à rodovia e um dos policiais ligou para o proprietário do carro, a fim de dar a notícia.

O dono do veículo, Sr. Gregório, ficou bastante emocionado, chegou a chorar. No dia seguinte, como forma de agradecimento, fez um vídeo para os policiais envolvidos na ocorrência.

“Restituir um bem para uma família é muito gratificante. Sem sombras de dúvidas, é um dos melhores serviços que oferecemos à sociedade”, falou o PRF Sérgio Lopes, que ligou para o cidadão.



Ótima notícia: TCM-GO diz que Divinópolis de Goiás é o município mais transparente do estado de Goiás



Uma ótima notícia para o nordeste de Goiás e um exemplo a ser seguido.

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM-GO) divulgou o relatório de verificação do cumprimento da Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/2011) pelos poderes executivos e legislativos.

pelos resultado, Divinópolis de Goiás ficou em 1º Lugar no Ranking do Tribunal de Contas dos Municípios, referente a setembro de 2019 a fevereiro de 2020.

Foram analisadas as determinações da lei nas 246 prefeituras do estado, especialmente quanto à transparência da gestão fiscal, por exemplo, dados sobre licitações e contratos, remuneração de servidores, execução orçamentária, serviço de informação ao cidadão e divulgação da estrutura e contato das prefeituras.

Divinópolis aparece no relatório na primeira posição, a gestão mais transparente entre todos os 246 municípios goianos. 

Alcançou 100 pontos numa pontuação máxima possível de 100 pontos.

O município que ocupava a 137ª posição em 2018, deu um salto gigantesco e agora passou a ocupar a 1ª posição em 2020.

A evolução se deu nos últimos dois anos da atual Administração do prefeito Charley Tolentino.

Além do mérito do reconhecimento, do cumprimento da legislação, Divinópolis de Goiás ganha também a vantagem de ser considerada habilitada para o recebimento de recursos, já que a prefeitura que não disponibilizar as informações ficará impedida de receber transferências voluntárias. 

Além disso, os titulares do Poder Executivo estarão sujeitos a responder por crime de responsabilidade.

Clique aqui e veja o Ranking

Com informações de Antônio Carlos

Divinópolis detecta 9 casos de Covid em um só dia



O censo do IBGE afirma que o município de Divinópolis de Goiás, no nordeste do estado, tem cerca de 4.800 habitantes, apenas.

Por isso, assusta muito a quantidade de casos de Covid-19 registrado no município. 

Ontem (sexta, 26), a Secretaria de Saúde de Divinópolis de Goiás divulgou que foi detectado por exame de testes rápidos mais 9 casos do novo coronavírus no município.

O município já tinha 3 casos confirmados de exame laboratorial de PCR no Lacen. Os pacientes de ontem fizeram exames de contraprova que foram enviados para o laboratório e aguarda os resultados.

Com isso, são 12 pessoas contaminadas em pouco menos de um mês, após o primeiro caso.

A Secretaria de Saúde informou ainda que um dos casos confirmados que se encontrava no isolamento do Hospital Municipal Mãe Roberta foi transferido para o HUANA.

Ainda segundo a Secretaria, os casos estão sendo conduzidos de acordo com o protocolo do ministério da saúde e que as famílias e os casos suspeitos continuam em isolamento domiciliar, assim como todos os notificados, sendo acompanhado pela equipe de saúde.

Em resumo, Divinópolis tem 3 casos confirmados por exame de PCR, 9 casos confirmados por exame de teste rápido, 10 casos suspeitos, 17 descartados e 74 notificados.

Obras em rodovias no norte e nordeste goiano são intensificadas


Várias frentes de serviço nas rodovias estaduais das regiões norte e nordeste goiano começaram ou iniciarão em breve a intensificar as obras. 

Segundo a Agência Goiana de Infraestrutura (Goinfra), obras de recuperação e estruturação são realizadas.Na região norte, há frentes de serviços na pavimentação da GO-439, entre Pilar de Goiás e Guarinos. 

Na segunda semana de julho, conforme a Goinfra, já serão retomadas as obras da GO-132, que vai de Colinas do Sul até Minaçu.

A agência informou que já cadastrou também a GO-142, que liga Trombas a Montividiu do Norte, junto ao Ministério de Desenvolvimento Regional do Governo Federal para fazer a completa restauração da rodovia a partir do próximo ano.

Na GO-151, entre Porangatu e Mutunópolis, foi feita a conservação, e o patrolamento e cascalhamento da GO-353, que liga Porangatu ao distrito de Cruzeiro. Em fevereiro, a Goinfra também reabriu o Aeroporto de Porangatu.

Nordeste

No nordeste goiano, a Goinfra informou que executa serviços de terraplenagem e cascalhamento na GO-236, entre Alvorada do Norte e Flores de Goiás, que também recebe uma nova ponte sobre o Rio Santa Maria.

A agência trabalha, por fim, na recuperação da GO-452, entre Campos Belos e Pouso Alto, que está sendo totalmente recuperada com trabalhos de terraplenagem e revestimento com cascalho. 

A GO-458, entre Formosa e Santa Rosa, também recebeu serviços de conservação rotineira, além de correção em pontos críticos.

Pacientes percorrem em média 202 km no Tocantins para tratamentos de alta complexidade

Hospital Geral de Palmas
Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Regiões de Influência das Cidades (Regic) 2018, mostra que no Tocantins as pessoas precisam percorrer, em média, 94 km para atendimento de baixa e média complexidade, como consultas médicas e odontológicas, exames clínicos, serviços ortopédicos e radiológicos, fisioterapia e pequenas cirurgias, dentre outros. 

Já a busca por tratamentos especializados de alto custo exige do paciente mais que o dobro do deslocamento. 

Em média, 202 km para internações, cirurgias, exames complexos e tratamentos de câncer.

Divulgada nesta quinta-feira, 25, a Regic é realizada a cada dez anos. Ela define a hierarquia dos centros urbanos brasileiros e delimita as regiões de influência a eles associados. 

A pesquisa saiu a campo no segundo semestre de 2018 e investigou, entre outros aspectos, o deslocamento dos usuários da rede pública e privada de saúde, que saem de seus municípios com destino a outros para acesso a esses serviços e a curso de nível superior; atividades culturais; atividades esportivas; a busca por aeroportos e de produtos.

No cenário regional, Tocantins é o Estado do Norte com a menor média de deslocamento, para atendimento de baixa e média complexidade. Considerando todo o País, Manaus (AM) é a cidade que recebe pacientes que tiveram que percorrer as maiores distâncias, em média, 418 km. 

Já Goiânia (GO) é o município que atende pacientes do maior número de cidades, 115 no total. Santa Catarina é o único estado onde ocorrem deslocamentos médios inferiores a 40 km, os menores do Brasil.

Em relação ao deslocamento para tratamento de saúde de alta complexidade, Tocantins tem a segunda menor média da região Norte. 

Considerando todos os estados, Roraima e Amazonas apresentaram as maiores médias, 471 km e 462 km, respectivamente, seguidos pelo Mato Grosso com 370 km. A menor distância percorrida ocorreu no Rio de Janeiro, com 67 km.

Para o gerente de Redes e Fluxos Geográficos do IBGE, Bruno Hidalgo, esses dados da Regic, quando cruzados com outros dos órgãos de saúde, fornecerão informações importantes para o enfrentamento da pandemia. 

“É possível identificar, por exemplo, municípios onde podem ocorrer superlotação das unidades de saúde. Os órgãos poderão correlacionar com a quantidade de respiradores e verificar pontos no território menos assistidos, julgando necessária a instalação de pontos de atendimento. São inúmeras as possibilidades de uso dos dados”, comentou ele.

Dados gerais

Segundo a pesquisa, o Tocantins apresenta, em geral, média de deslocamentos elevada (129 km para todos os temas pesquisados pelo questionário), mas inferior à média dos demais estados da região Norte. 

Considerando que essa distância média é dada em linha reta entre a cidade de origem e a de destino, a distância real pode ser consideravelmente maior.

A média das distâncias em cada temática pesquisada no Tocantins responde, em geral, ao seguinte comportamento: nos temas em que as centralidades do interior são capazes de atender, pelo menos em parte, à população residente nas cidades próximas, tais como compra de móveis e eletroeletrônicos e acesso a serviços de saúde de baixa complexidade, as distâncias médias são menores (93 km e 94 km, respectivamente). Para a aquisição de vestuário e calçados, a média foi ligeiramente superior (98 km) por conta da atração que Goiânia (GO) exerce nesta temática.

No tema da atração de moradores de outras cidades para ensino superior, Tocantins apresentou média de 108 km. 

Outra temática com maior distância, também reflexo da polarização de Palmas e Araguaína, é a busca por aeroportos, que corresponde a 183 km para as cidades tocantinenses, a segunda maior média no estado dentre os temas pesquisados.

Rede urbana

O Tocantins compõe o limite norte da região de influência da metrópole de Goiânia, que abrange quase todas as cidades do estado. 

Em geral, a ligação com a capital do Goiás se dá somente através de Palmas, exceto por cinco cidades no sul do Estado que não participam da rede urbana de Palmas por estabelecerem vínculos com Campos Belos (GO) e Talismã (TO), cujo destino principal é Porangatu (GO).

Ainda que esteja quase totalmente na região de influência da metrópole goiana, cidades tocantinenses próximas aos limites estaduais apresentam influência também das metrópoles vizinhas. 

A influência de Belém (PA) se restringe a Couto Magalhães atraída por Conceição do Araguaia (PA), enquanto que a de Salvador (BA) ocorre somente em Taguatinga, que apresenta dupla subordinação para Dianópolis e Luís Eduardo Magalhães (BA). 

Já a influência de Fortaleza (CE), sobretudo a partir de Imperatriz (MA), tem atuação em 18 cidades.

Em termos de hierarquias urbanas, a grande maioria das cidades tocantinenses manteve sua classificação em relação à Regic 2007: 93% das cidades não tiveram alteração, indicando estabilidade geral da rede urbana no estado. 

As mudanças no sentido de aumento de centralidade ocorreram em: Gurupi, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, o arranjo populacional de Tocantinópolis - Porto Franco (MA) e Augustinópolis. 

Também houve expansão da atração direta da capital no norte e no sul, bem como fora do estado, até Santana do Araguaia no Pará e, pela primeira vez, ao Mato Grosso, através de Confresa e Vila Rica.

Fonte: Conexão Tocantins