quinta-feira, 21 de maio de 2020

Diretor do Hospital de Arraias (TO) responde sobre falta de médico


Por Juliano Ribeiro, Diretor Geral do Hospital Regional de Arraias, 

Sobre o caso da falta de médico, infelizmente aconteceu no plantão de sábado para domingo, medico plantonista nos avisou que estava de atestado, neste dia tínhamos 02 médicos plantonistas, sendo que um pediu afastamento por esta grupo de risco outro atestado.

Justificamos que a população não ficou desassistida do profissional medico. Quando tomei ciência da falta, fez contato com alguns médicos para cobrir o plantão e não foi possível. 

Onde que conseguimos um médico para ficar de sobre aviso, sem custos para unidade, para atender qualquer caso de emergência. Graças a Deus foi um plantão tranquilo com 03 (três) atendimentos, nem um classificado como emergência. Não havendo necessidade de acionar o médico.

Estamos com muitas dificuldades nas escalas medicas, devido a pandemia, perdemos 05 médicos, sendo, 02 médicos férias compulsória por esta no grupo de risco e 01 médico de licença, 01 afastado por esta gestante e 01 que pediu demissão. 

Nosso Diretor Técnico esta sanando estas faltas na escala.

Momento algum nos da direção faltamos com responsabilidade e compromisso, estamos numa guerra contra este vírus e tenho certeza que vamos vencer, com apoio dos profissionais da saúde, que estão empenhados, muitos cansados e estressados, mas nunca abandonará seus pacientes. 

A vida é assim; esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é CORAGEM. "Guimarães  Rosa"

A Disposição, Diretor Geral HRARR.

3 comentários:

  1. (Justificamos que a população não ficou desassistida do profissional medico. Quando tomei ciência da falta, fez contato com alguns médicos para cobrir o plantão e não foi possível. Onde que conseguimos um médico para ficar de sobre aviso, sem custos para unidade, para atender qualquer caso de emergência. Graças a Deus foi um plantão tranquilo com 03 (três) atendimentos, nem um classificado como emergência. Não havendo necessidade de acionar o médico, PALAVRAS DO DIRETOR)
    SR DIRETOR, COMO QUE A POPULAÇÃO NÃO FICOU DESASISTIDA? O MEU PAI FAZ PARTE DESSA POPULAÇÃO QUE PROCUROU A EMERGENCIA DO HOSPITAL E QUE FOI ATENDIDO APENAS PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM, QUE POUCO FEZ POR ELE PELAS SUAS LIMITAÇÕES. ENTÃO HOUVE UMA OMISÃO DE SOCORRO POR NÃO ACIONAR O MEDICO QUE O SR DEIXOU DE SOBRE AVISO?O QUE É CONSIDERADO EMERGENCIA P O SR?POIS MEU PAI COM 82 ANOS E COM SERIOS PROBLEMAS DE SAUDE, PROCURA UM HOSPITAL QUASE 2 HORAS DA MANHA COM FORTES DORES E INFEÇAO E NÃO É UMA EMERGENCIA?GRAÇAS A DEUS QUE NÃO CHEGOU PACIENTE COM UMA PARADA CARDICA, SENÃO HOJE O SENHOR NÃO TERIA O QUE AGRADECE E SIM RESPONDER JUDICIALMNETE. AO CONTRARIO DO QUE VC DISSE,HOUVE SIM CASOS EMERGENCIAIS PARA SER ATENDIDO. MINHA PRIMA ESTÁ COM DENGUE E VOMITANDO E PROCUROU O HOSPITAL E TEVE QUE DESLOCAR PARA CAMPOS BELOS, COMO TAMBEM UM RAPAZ QUE VEIO DA ZONA RURAL DE CANABRAVA COM O PÉ E A CLAVÍCULA QUEBRADA QUE TB FOI PROCURAR SOCORRO MEDICO EM CAMPOS BELOS.PORTANTO EU REALMENTE NÃO SEI O QUE O SENHOR CONSIDERA UMA EMERGENCIA.A SUA RESPOSTA AO BLOG NAO NAO FOI VERDADEIRA E NEM PLAUSIVEL.
    ELIS REGINA BUENO

    ResponderExcluir
  2. Na realidade o que o enfermeiro que nos atendeu nós disse é que se precisace encaminharia o paciente pra Campos Belos, não mostrando esse recurso que o Sr. Diretor tá dizendo que tinha em caso de necessidade.

    ResponderExcluir
  3. É um absurdo isso, colocam diretores irresponsável que não tem empatia para lidar com gestão, da nisso

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.