quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Jornalista campos-belense, Isanulfo Cordeiro, rebate crítica de leitor


Prezado Dinomar Miranda,

Com os meus cumprimentos cordiais, quero aqui fazer algumas observações sobre o conteúdo de uma carta anônima que seu notável blog publicou com críticas a meus falecidos pais e a mim.


Agradeço, sensibilizado, ao colega jornalista, pela informação correta que seu blog destacou, anunciando-me como o novo secretário-chefe do Gabinete de Assuntos Internacionais da Governadoria e destacando, no título da matéria, o fato de que sou nascido em Campos Belos, algo de que me orgulho muito.


Mas, vamos lá, tenho alguns reparos a fazer a respeito do comentário que alguém postou no anonimato – e anônimo ficou – em seu blog, logo abaixo dessa notícia.

O prefeito Ranulfo Batista de Abreu Cordeiro, principal responsável pela emancipação do então distrito de Campos Belos, fez, sim, obras de grande importância para a implantação da cidade que surgia e que ele escolheu para viver e para ter sua família. 


Sua esposa, a primeira professora normalista de Campos Belos, nasceu lá assim como todos os seus seis filhos. 

Na administração do município, Ranulfo Batista de Abreu Cordeiro, farmacêutico de curso superior e fundador da pioneira Farmácia Goiaz, instalou o primeiro chafariz e o serviço inicial de abastecimento de água para residências, colocou nas ruas luz elétrica, com a energia que um locomóvel a vapor gerava, ergueu pontes no município e na cidade, desenhou, ele próprio, e mandou construir o Centro Administrativo, com sede para os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, obra arrojada para a época, incentivou e instituiu a Feira do Barreirão, abriu estradas e organizou a documentação da Prefeitura, transmitida ao sucessor com as contas em dia. 

Quanto a mim e a meu trabalho no Gabinete de Imprensa da Governadoria, tive a honra de ali servir por mais de três anos, com lealdade e muito trabalho, a um governador de larga visão administrativa, honesto e dotado de todas as virtudes que nossa democracia e nosso regime republicano preceituam. 


Lembro também que toda essa história da Operação Monte Carlo, que Marconi Perillo desmontou em um depoimento de 9 horas de duração na CPMI formada no Congresso, mostrou-se uma grande farsa montada com o objetivo, fracassado, de desmoralizá-lo, conforme deixa claro, inclusive, o livro de Tuma Júnior Assassinato de Reputações.

Sou campos-belense sim, com muito orgulho. Se, por força dos estudos e do trabalho optei por morar em Goiânia, por outro lado tive o prazer de dividir a casa de meus pais com dezenas de conterrâneos que vinham para a capital em busca de tratamento médico, escolaridade ou para nos visitar, e que se hospedavam conosco às vezes por meses seguidos. 


Assim cresci – ouvindo nosso sotaque de bela sonoridade, histórias de nossa gente, os problemas de desenvolvimento do Norte Goiano. 

Minha mãe, que sabia de cor nome e filiação das centenas de queridos afilhados que teve, cuidava em casa de todos – filhos e hóspedes - , lecionava no Grupo Escolar Modelo e, ainda mais, sugeria ao marido prefeito providências, principalmente para os mais carentes de nosso povo do Norte. 


Já idoso e adoentado, Ranulfo Batista de Abreu Cordeiro, homem público de vocação, ainda serviu ao Norte Goiano. 

Nomeado Superintendente Regional de Educação, percorria órgãos públicos e escolas de nossa região, promovendo reuniões com diretores e professores dessas unidades em busca de um melhor ensino para todos.

Tais fatos, que frequentam a honesta e saudosa narrativa dos mais velhos, evidenciam a grandeza deste homem que um anônimo qualquer agora tenta atacar, em um ansioso esforço de mal intencionado revisionismo histórico.


Cuide bem de seu blog, prezado Dinomar. 

Não admita acusações desferidas no anonimato. 

Como jornalista experiente, deixe-me lembrá-lo de nossa obrigação, comunicadores que somos, de buscar a verdade, ouvir todas as partes etc. 

E como campos-belense lhe peço: não permita que neste seu precioso espaço penetrem tantas mentiras sobre a minha cidade.


Saudações,

Isanulfo A. Cordeiro
Jardins Atenas – Goiânia


Já publicamos:


Campos-belense: Isanulfo Cordeiro assume Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.