domingo, 31 de março de 2013

Ação Civil de Improbidade Administrativa é proposta contra ex-prefeito de Lavandeira


O prefeito de Lavandeira-TO, Durval Francisco de Castro, e o Fundo Municipal de Saúde, propuseram uma Ação Civil Pública contra o ex-prefeito da cidade e outros ex-servidores.
A ação é por suposta prática de atos de improbidade administrativa, cumulada com pedido de ressarcimento ao erário em desfavor do antigo prefeito, João Messias Coelho e também contra o ex-chefe do Controle Interno,  Romeu Ramos Sobrinho, e o ex-Secretario de Finanças Gervásio Lopes Siqueira.
Messias Coelho foi candidato nas últimas eleições e foi derrotado pelo atual prefeito de Lavandeira, Durval Francisco de Castro. 
Ao receber a prefeitura municipal, Francisco de Castro foi surpreendido com várias dívidas, inclusive com os funcionários públicos. 
Segundo a administração atual, o prejuízo causado pelo ex-gestor pode chegar a R$ 180 mil. 
Com a ação, o município pretende obter, na justiça, o ressarcimento dos valores aos cofres público municipais. 
Com informações do Conexão Tocantins 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.