sexta-feira, 29 de maio de 2020

Prefeitura de Arraias (TO) suspende provas por causa de Covid-19


A Prefeitura de Arraias, no Estado de Tocantins, decidiu suspender o concurso Arraias-TO, devido a pandemia causada pelo Covid-19, o novo Coronavírus. 

As provas objetivas estavam agendadas para o dia 7 de junho.

A decisão foi publicada no site da banca Lex Consultoria, no dia 8 de abril. 

O documento, assinado pela comissão do concurso, levou em consideração o Decreto Estadual nº.6.072, de 21 de março de 2020, que dispõe sobre medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública.

Também leva em conta o Decreto Municipal nº 032/2020, que veda eventos, reuniões e excursões de qualquer natureza com aglomeração de pessoas, sobretudo em ambientes onde não seja possível garantir a ventilação adequada.

Novas datas serão definidas assim que a situação for normalizada. 

Os candidatos devem acompanhar o site da organizadora para conhecer a data de remarcação das provas objetivas e das provas práticas.

Enquanto isso, os concorrentes ganham mais alguns dias para prepararem-se para as avaliações, que terão 40 questões de múltipla escolha, cada uma valendo 1 ponto. A

As disciplinas variam conforme o cargo concorrido, podendo abranger:

Língua Portuguesa
Matemática
Atualidades e Conhecimentos Gerais
Conhecimentos Específicos
Raciocínio Lógico
Informática Básica

Os graduados aprovados ainda serão submetidos a análise de títulos, valendo 20 pontos. 

Também haverá prova prática para os candidatos aos cargos de operadores de máquinas, motoristas e oficial de diligência, também valendo 20 pontos.

Seleção oferta vagas para todos os níveis. Salários chegam a R$7 mil

O concurso Arraias-TO, município localizado a cerca de 342 km de Palmas, oferta 172 vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade. As remunerações chegam até R$7 mil.

A maioria das oportunidades é para candidatos de nível fundamental, somando 79 chances distribuídas entre as funções de agente de vigilância, auxiliar de serviços gerais, merendeira, gari, mecânico, auxiliar administrativo, encanador, porteiro e outros. 

Os vencimentos vão de R$1.039 a R$1.297,32.

Para quem cursou o nível médio, são 48 vagas para as carreiras de agente comunitário de saúde, assistente administrativo, auxiliar de farmácia, digitador, eletricista, monitor de alunos, motorista, oficial de diligência e outros. Nesses casos, os ganhos chegam a R$1.226,29.

Sete vagas são para quem possui o nível técnico, cinco delas para técnico de enfermagem, uma para técnico de inspeção sanitária e uma para técnico laboratorista de endemias. 

A remuneração será de R$1.114,79 para o primeiro e de R$1.039 para os demais.

As 38 vagas restantes são para os graduados, para cargos como assistente social, bibliotecário, cirurgião dentista, enfermeiro, fisioterapeuta, professor, auditor fiscal, médico veterinário, entre outros. Os iniciais chegam a R$7.552.

Fonte: Folha Dirigida

Profissional de saúde contaminada com Covid em Campos Belos (GO) precisou ser encaminhada para UTI, em Goiânia


Este Blog tomou conhecimento, através de uma fonte, que uma das profissionais de saúde da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) contaminadas pela Covid-19 não estava bem e precisou ser internada numa UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de um hospital de Goiânia (GO).

A técnica de enfermagem foi uma das profissionais contaminadas após o atendimento ao idoso de 70 anos, o paciente "01".


Como ela não teve contato com o idoso, a hipótese é que ela tenha contraído o vírus no descanso, por intermédio de colegas portadores da Covid. 

Segundo a fonte, devido ao quadro crítico da mulher, os médicos de Campos Belos resolveram sair com a paciente da cidade rumo a Goiânia, no dia 12 de maio.

Na capital, esteve internada na UTI e teve alta sete dias depois. No dia 22 de maio voltou para Campos Belos, recuperada e curada.

Mas ela teve que lutar bravamente contra a doença na UTI. 

Apesar de não ter sido entubada, o médico que a atendeu afirmou, na oportunidade, que ela chegou a ter mais de 50% dos pulmões comprometidos pela ação do vírus. 

Em razão disso, a enfermeira apresentou muito cansaço antes de ser lavada a Goiânia.

Felizmente, a profissional de saúde está agora salva, bem e no leito de seus entes queridos.

Mas não podemos deixar de registrar este caso e ser transparente em todos os registros de Covid-19 - óbvio, preservando a identidade das vítimas.

Porque qualquer tipo de informação é crucial neste momento de pandemia, principalmente para mostrar que o novo coronavírus é agressivo, letal e tem alto poder de contaminação.

E não leva à morte apenas idosos e aquelas pessoas do grupo de risco. 

Qualquer humano pode morrer após após a contaminação, a depender de como o corpo vai reagir contra a infecção causada.

Como não há remédios e vacinas, a única medida ainda é o isolamento social e os cuidados com a higiene pessoal.

Testes rápidos dão negativo para trabalhador rural de São Domingos (GO)



A prefeitura de São Domingos (GO) divulgou Nota em que afirma terem dado negativos os resultados dos testes rápidos feito por um trabalhador rural.

O rapaz teve diagnóstico positivo em teste de admissão numa fazenda do Oeste Baiano. 

Ainda segundo a Nota, substancias dele também foram colhidas para o teste PCR - um exame muito específico e criterioso - e enviadas para um laboratório de Goiânia (GO), que deve divulgar o resultado amanhã (30). 

Até lá, o rapaz vai continuar isolado, assim como a família dele e as pessoas com quem ele teve contato, por precaução e por atendimento a protocolos internacionais. 

Entenda o caso 

Ontem este Blog informou que município de São Domingos (GO) tinha registrado o seu primeiro caso de Covid-19, ao menos no primeiro teste realizado. 

Um homem da cidade, trabalhador rural, foi ao Oeste da Bahia fazer os procedimentos de admissão a um novo emprego numa grande firma de agronegócio da região.

Entre os procedimentos de admissão, estava o exame de saúde. 


E para surpresa do rapaz, a empresa afirmou a ele que seus exames tinham detectado a Covid-19 em seu organismo, já em fase final da doença.

Absolutamente atônito, pois não sentia absolutamente nada, ele voltou para casa, na cidade de São Domingos, e se isolou voluntariamente.

Antes, passou em um posto de saúde e avisou sobre o ocorrido. 


O prefeito de São Domingos, Clayton Martins, que explicou que sua Administração tomou todos os procedimento protocolares e que agora espera o resultado do PCR. 

Fazenda de 14 alqueires está à venda em Divinópolis de Goiás

Imagem ilustrativa 
Uma fazenda de 14 alqueires está à venda em Divinópolis de Goiás, nordeste do estado. Ótima para a criação de gado.

Segundo a proprietária, a terra é boa, tem rio e água para irrigação, além de estar apenas a 16 km da cidade. 

Para negociar, o preço do alqueire está sendo oferecido a R$ 25.000. 

Contato: ( 62 ) 996040513 ou 996690607

Campos Belos (GO) agora tem 20 casos confirmados de Covid-19; notificações passam de 100 pacientes




O município de Campos Belos (GO), nordeste do estado, registrou mais um caso de Covid-19, de ontem (28) para hoje (29), e a quantidade de contaminados com a doença chega a 20 pessoas na cidade.

A informação foi divulgada pela Secretaria de Saúde do Município na tarde de hoje,  que afirmou também que a quantidade de notificações de pessoas suspeitas de estarem supostamente acometidas com o novo coronavírus chegou a 104 pacientes.

Ainda de acordo com a Secretaria, dessas notificações, 76 casos foram descartados e oito ainda continuam à espera de resultados laboratoriais.

Dos 20 contaminados, 16 estão recuperados, um morreu e três ainda estão em isolamento. Uma enfermeira contaminada chegou a ir para a UTI, em Goiânia. 

Nenhum deles, com exceção da vítima fatal e paciente 01, precisou ser internado por complicações da doença. 

Um desses contaminados chegou a dar muito trabalho, pois não obedeceu às ordens de ficar em casa para não espalhar o vírus pela comunidade e precisou que o Poder Judiciário expedisse uma determinação de recolhimento, cumprida pelas forças de segurança. 

Mesmo sabendo que estava doente, o rapaz andava perambulando como nada tivesse acontecido, em localidades de Campos Belos e Monte Alegre de Goiás. 

Campos Belos foi o primeiro município do nordeste de Goiás - a região mais pobre do estado e com baixíssimo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), a registrar casos da doença, logo no início de maio. 

Depois, Teresina de Goiás e São João da Aliança também registraram ocorrências da Covid. 

Uma das pessoas acometidas em São João não resistiu às complicações e morreu. A outra precisou de internação em Brasília.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Vírus traiçoeiro: em primeiro teste, São Domingos (GO) registra primeiro caso de Covid-19



O município de São Domingos (GO), nordeste do estado, registrou o seu primeiro caso de Covid-19. Ao menos no primeiro teste realizado. 

Um homem da cidade, trabalhador rural, foi ao Oeste da Bahia fazer os procedimentos de admissão a um novo emprego numa grande firma de agronegócio da região.

Entre os procedimentos de admissão, estava o exame de saúde. 


E para surpresa do rapaz, a empresa afirmou a ele que seus exames tinham detectado a Covid-19 em seu organismo, já em fase final da doença.

Absolutamente atônito, pois não sentia absolutamente nada, ele voltou para casa, na cidade de São Domingos, e se isolou voluntariamente.

Antes, passou em um posto de saúde e avisou sobre o ocorrido. 


Nesta quinta-feira (28), conversarmos com o prefeito de São Domingos, Clayton Martins, que explicou que sua Administração tomou todos os procedimento protocolares.

E também mandou fazer um segundo exame, para realmente confirmar que o trabalhador está mesmo contaminado com a doença trazida pelo novo coronavírus. Pessoas ligadas ao trabalhador também está em isolamento e sendo monitoradas.

Ouça o áudio do prefeito sobre o caso acima.

Venho dizendo isso desde janeiro: Risco de morrer por Covid-19 é maior em cidades pobres


A chance de morrer por Covid-19 em um município com baixo ou médio Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), indicador de longevidade, educação e renda dos brasileiros, é quase o dobro do que em uma cidade com o IDH alto, como é o nordeste de Goiás e o sudeste do Tocantins.  

Esta é uma das conclusões de uma nota técnica divulgada nesta quarta-feira (27) pelo Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde (NOIS), que envolve pesquisadores da PUC-Rio, Laboratório de Medicina Intensiva da Fiocruz e Instituto D'or de Pesquisa e Ensino.

Cá para nós, nem precisa de pesquisa.

Nos municípios de IDH baixo, 61,69% dos registros de Covid-19 foram de óbito. 

Nos de nível médio, 51,49%. Já nos municípios mais ricos, os óbitos por esta doença representam 32,9% do total do universo da pesquisa."A taxa de letalidade do Brasil é muito elevada, influenciada pelas desigualdades no acesso ao tratamento", aponta a pesquisa.

Dados do painel do Ministério da Saúde atualizados nesta quarta-feira apontam que a mortalidade por 100 mil habitantes do coronavírus é mais alta nas regiões norte (27,3) do país, com destaque para o estado do Pará (29,6), um dos que têm o menor IDH no Brasil.

A análise considerou 157.268 notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) de 2020, dos quais 43.906 são casos confirmados de Covid-19. 

Destes, foram considerados somente os casos encerrados, ou seja, que já tiveram desfecho: 

óbito ou recuperação (alta), resultando em uma amostra de 29.933 casos. 

O documento também aponta que a porcentagem de pretos e pardos que morreram por Covid-19 (54,78%) foi maior do que de brancos (37,93%). Segundo os pesquisadores, essa divisão por raça se mantém mesmo quando analisas as diferentes faixas etárias. 

Somente na faixa dos 90 anos é que os valores se aproximam.

Já em relação à escolaridade do paciente, pessoas com nível superior apresentaram menor proporção de óbitos por Covid-19 (22,55%) do que os sem escolaridade (71,3%). 

"Este efeito pode ser resultado de diferenças de renda, que geram disparidades no acesso aos serviços básicos sanitários e de saúde", apontam os pesquisadores.

Outro achado é que pretos e pardos sem escolaridade mostraram uma proporção 4 vezes maior de morte por Covid-19 do que brancos com nível superior (80,35% contra 19,65%). 

Os pesquisadores admitem que o estudo tem limitações, já que as notificações de SRAG confirmadas para Covid-19 não representam o total de casos confirmados do país. 

Também apontam que nem todos os registros da doença possuem informações sobre raça e escolaridade. 

"Estes resultados levantam uma série de indagações que podem vir a explicar essas diferenças, tais como diferenças de pirâmide etária, distribuição geográfica e desigualdades sociais, que afetam diretamente o acesso aos serviços de saúde e, consequentemente, os desfechos das internações."

Para não esquecer: 

Só hoje, quinta-feira (28), foram mais 347 mortos; 

25.975 mortos desde março; 

São mais 419 mil casos confirmados em todo o país, de forma oficial; 

A expectativa,porque o governo não consegue fazer exames, é que i Brasil tem 7 x mais o números de casos. Ou seja, mais de 2 milhões de contaminados seria o número exato.  

Sábado: Andrezim do Forró Rasgado faz live especial para Campos Belos (GO) e região




O cantor "Andrezinho", da banda "Forró Rasgado", vai fazer uma "live" especial no próximo sábado (30).

A apresentação, que será transmitida no canal Youtube, é especial porque se destina aos públicos de Campos Belos (GO) e de toda a região do nordeste de goiás e sudeste do Tocantins. 

Agende aí: sábado, 30, às 17h.  

Só não pode é inventar em fazer aglomeração de pessoas. Aí dá ruim.  Mas a banda é um pipoco. 

Tá difícil, Bolsonaro. Ex-assessor do deputado das malas de dinheiro ganha cargo no governo



Nesta quinta-feira (28), Marco Antonio Ferreira, ex-assessor de Geddel Vieira Lima, assumiu o cargo de chefe de gabinete do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Geddel chefiava a pasta durante o governo Michel Temer e, em 2016, foi acusado de pressionar o Iphan para liberar a construção de um edifício em área tombada em Salvador.

Ele foi posteriormente condenado por improbidade administrativa.

O ex-deputado também foi condenado por 14 anos de prisão por associação criminosa e lavagem de dinheiro. Ele cumpre pena atualmente em Salvador.

Servidores do Iphan estão indignados, pois vêm protestando há tempos contra o aparelhamento do órgão através de nomeações de dirigentes sem qualificação técnica.

O Ministério Público Federal pediu que a Justiça anule a nomeação da nova presidente da pasta, Larissa Peixoto, afirmando que ela não preenche os requisitos do decreto federal, que exige "perfil profissional ou formação acadêmica compatível com o cargo".

A assessoria do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ainda não se manifestou no sentido de explicar as razões da nomeação de Delgado.

O começo do preço a se pagar ao se abraçar ao Centrão da Câmara dos Deputados. 

Câmpus de Arraias (TO) distribui protetores faciais a órgãos públicos da cidade






Um total de 70 protetores faciais foram entregues pelo Câmpus de Arraias a órgãos dos governos municipal e estadual na cidade, que fica na região sudeste do Tocantins. 

A Direção do Câmpus da UFT em Arraias fez a entrega dos equipamentos de proteção individual (EPIs) na última segunda-feira (25). 

Os equipamentos foram distribuídos para as secretarias municipais da Saúde, de Assistência Social, Hospital Regional de Arraias e também para a 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Segundo o diretor Tony de Jesus, o Câmpus Prof. Dr. Sérgio Jacintho Leonor tem entre seus valores o respeito à vida e à diversidade, e ainda à valorização das relações institucionais. 

"Adicionados à responsabilidade social que a UFT tem com toda a sociedade tocantinense as ações do Câmpus têm sido permeadas pela busca do desenvolvimento social. 

Neste momento delicado é importante que todas as instituições estejam unidas e alinhadas na preservação do bem mais valioso que temos, a vida. 

Por isso, essa primeira etapa de proteção direta àqueles que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus (SARS-CoV-2) foi a entrega de 70 (setenta) protetores faciais", contou o diretor. Da entrega também participou o vice-diretor do Câmpus, Janeisi Meira.

O prefeito de Arraias, Wagner Gentil, disse estar muito feliz com a doação dos EPIs. 

 “A entrega dos 50 (cinquenta) protetores faciais pela UFT para os nossos servidores da Secretaria da Saúde e da Assistência Social, tem um valor muito grande; reforça a parceria entre a Prefeitura de Arraias e o Câmpus da UFT de Arraias", enfatizou.

A secretária de Saúde, Cleidimar Abreu, agradeceu a doação. “Quero agradecer a parceria da UFT e doação dos protetores faciais para a secretaria e para a Prefeitura Municipal de Arraias. Os protetores serão utilizados pelos funcionários da saúde durante a pandemia”, complementou.

A diretora administrativa do Hospital Regional de Arraias, Lara Rocha destacou a segurança que os profissionais terão com a doação. “O uso do protetor facial é uma medida essencial para a proteção dos servidores do Hospital Regional de Arraias", disse.

O comandante da 1ª CIPM, major Philipe Lira de Carvalho, também agradeceu e ressaltou o ganho em segurança para os policiais militares. 

“Os protetores faciais serão de grande valia para o desenvolvimento de nossa função. São equipamentos que farão com que nossos policiais estejam protegidos, evitando o contato da mão no rosto, na boca e ainda impedir que a saliva seja arremessada ao falar, tossir ou espirrar evitando o contágio do vírus e também para proteger a pessoa que o policial tiver contato".

Os protetores faciais doados são do tipo face shield (modelo transparente, que cobre todo o rosto) e foram produzidos em impressoras 3D por meio do projeto Hígia, no Laboratório de Tecnologias 3D do curso de Ciência da Computação, no Câmpus de Palmas. O projeto é encabeçado pelo professor e pesquisador Warley Gramacho.
Outras ações

O diretor Tony de Jesus elencou ainda outras ações de combate à Covid-19 (novo coranavírus) que estão sendo realizadas de forma articulada no Câmpus de Arraias. 

“Os diversos setores do Câmpus, articulados com seus demais servidores da UFT, preocupados com a saúde psicológica da comunidade vem oferecendo uma série de ações neste período de pandemia no campo da extensão, do ensino e da pesquisa. 

Podemos destacar as palestras, lives com profissionais de diferentes áreas, debates, cursos, entrevistas e outras ações", disse.

Ele ainda frisou que cabe destaque para a arrecadação solidária que ocorre em todos os câmpus da UFT. 

"O Câmpus de Arraias, na primeira fase da arrecadação, conseguiu atender 15 (quinze) famílias vulneráveis, em um total de 79 pessoas, sendo que destas 43 são crianças. Esta ação continua em sua segunda fase já com doações para aquisição de gêneros alimentícios e de higiene”, complementou.

Com informações da UFT

Hoje tem live de João Bosco & Vinícius



João Bosco e Vinícius cantam clássicos da carreira e sucessos mais recentes no sertanejo universitário na live beneficente “Atendendo a Pedidos”. 


O segundo show da dupla durante a quarentena é hoje (28), a partir das 20h30, com transmissão nacional do canal de TV por assinatura Music Box Brazil e YouTube.

Desta vez, a meta solidária é superar arrecadações da primeira live realizada em abril “Acústico no Bar”, o equivalente a mais de 150 toneladas de alimentos. 


As doações serão destinadas ao Hospital do Amor, também conhecido por Hospital do Câncer de Barretos.

Prevista para ir além de 3h de duração, “Atendendo a Pedidos” será realizada direto de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, com apresentação do locutor de rodeios Cuiabano Lima. 

João Bosco & Vinicius seguem os protocolos de segurança da OMS (Organização Mundial da Saúde) para o combate ao Covid-19 (Coronavírus), o que inclui equipe reduzida.

SERVIÇO

Live “Atendendo a Pedidos” de João Bosco & Vinícius
Quando: hoje (28), a partir das 20h30
Transmissão: canal de TV por assinatura Music Box Brazil

Artigo: achataram a Pirâmide de Maslow com a pandemia do Coronavírus


O que virá depois da quarentena?

Perdemos a capacidade de sonhar?

O Coronavírus não pode nos impedir de sonhar

O psicólogo americano Abraham Harold Maslow foi o criador da famosa Hierarquia das Necessidades Humanas, que utiliza uma pirâmide para demonstrar como o ser humano busca satisfazer suas necessidades (fisiológicas, segurança, afeto, estima e autorrealização). 

Para ele, primeiro precisamos realizar nossas necessidades fisiológicas (comida, moradia, saúde, emprego) para depois buscarmos a satisfação em autoconfiança, reconhecimento social, autocontrole, criatividade, entre outras coisas.

O que isto tem a ver com a pandemia de coronavírus?

Para Maslow, o ser humano cresce, se desenvolve, consome e busca a felicidade quando tem planos para a realização de seus sonhos. 

Em pesquisa recente realizada pelo time de Insights & Analytics Integrated Brasil do Google, os pesquisadores estão sugerindo que por conta da pandemia, os seres humanos e, portanto, consumidores, estão voltando ao mais básico, criando uma nova estrutura em termos de necessidades.

Necessidades Funcionais: que envolvem finanças, segurança, informação e necessidade de uma redução na burocracia das organizações, uma maior exigência de rapidez e eficiência na resposta do atendimento aos clientes.
Necessidades Emocionais: que envolvem saúde, nosso estado mental e emocional, nossa diversão, passado, pensamentos, relações e desejos.
Necessidades Aspiracionais: que envolvem nossas demandas mais sofisticadas, como ser humano, conquistas, sonhos, pertencimento, identidade.
Necessidades Sociais: que envolvem o consumidor enquanto indivíduo social, envolve a expansão de limites pessoais, incluindo, potencialmente, a experiência de ideias espirituais, como considerar-se parte integrante do universo

Além desta nova classificação, o estudo analisa o seu funcionamento durante a crise e a divide em duas etapas, chamadas de primeira e segunda onda. 

Na 1ª onda os indivíduos estão diretamente impactos pela crise pandêmica. 

Pessoas, empresas, organizações, governos, política e sociedade estão envolvidos e impactados, suas ações se baseiam em um cenário incerto e sem alternativas testadas. 

Já na 2ª Onda, vivemos os impactos de uma pandemia em andamento, mas com uma clara visão de que seu impacto será profundo, duradouro e muito além das expectativas de um curto período de tempo de reclusão e isolamento social.

A 1ª Onda gerou um cenário de insegurança e medo, onde a busca por informações sobre o que é o coronavírus, suas formas de contágio, os impactos nos empregos, na renda e nos negócios dominaram os sites de busca na internet. 

Necessidades emocionais, Aspiracionais e Sociais não figuravam como algo importante a ser analisado, ou algo para se preocupar.

Na 2ª onda, que aliás ainda não tem prazo para acabar, tomamos consciência do impacto da crise pandêmica, não sabemos quanto tempo irá durar, mas sabemos que além das necessidades funcionais, precisamos urgentemente de apoio emocional. 

O isolamento tem afetado claramente nossa capacidade de planejar o futuro, pensar em novas aspirações e sonhos para nossas vidas pessoais e profissionais.

Mesmo com o achatamento da pirâmide, nas duas ondas mencionadas no estudo, as necessidades sociais não aparecem no horizonte de futuros das pessoas, indicando que suas aspirações e emoções ainda estão abaladas, gerando preocupações para com o futuro.

Mas você deve estar se perguntando o que fazer em relação ao seu futuro, do seu negócio e clientes. 

Para o time de Insights & Analytics de Integrated Brasil do Google, existem caminhos a serem trilhados:

As empresas, governos, políticos e órgãos de classe devem mostrar que o futuro ainda pode ser bom, gerando nas pessoas a necessidade de planejar o futuro, a realização de sonhos, em suma mexer com suas aspirações;

Precisamos estimular o novo, o uso das novas tecnologias, a possibilidade de encontros online com amigos, parentes, pais e avós, mostrar que o distanciamento é apenas físico, mas que podemos estar juntos virtual e emocionalmente;

Que é possível encontrar apoio online, shows, música, filmes, missas e atendimento médico virtual, estudar e aprender com vídeos, textos, livros digitais, nos mantendo integrados em lives e transmissões nas redes sociais;

Precisamos diminuir a sensação de medo, de que o risco existe, mas que o isolamento social, a reclusão e o uso de máscaras são essenciais para nos mantermos seguros, e que a maior parte das pessoas sobrevive ao Coronavírus;

Que fazemos parte de uma empresa, escola, igreja, associação de classe, grupo de amigos que joga futebol, que pesquisam juntos, que pertencemos a algo maior que nos completa. 

O Coronavírus pode ter mudado a forma como vivemos nossa vida, mas não nos distanciou dos grupos a que pertencemos;

Crie grupos de discussão com amigos, clientes, pesquisadores, seja ajudado e ofereça ajuda a aqueles que estão sós, que estão se sentindo deixados de lado, que estão tendo dificuldades de gerir seus sentimentos devido a ansiedade e ao isolamento.

O que sabemos é que a crise gerada por esta pandemia será diferente para cada um de nós, para cada empresa, município, estado ou região, que afetará empregos e renda, o que precisamos fazer é recuperar nossa capacidade de sonhar, de realizar planos, de aspirar coisas novas em nossas vidas e para a nossa sociedade. 

Afinal de contas estamos todos na mesma tempestade, mas em barcos e distâncias diferentes do continente.

Autor: Elton Schneider é diretor da Escola Superior de Gestão e Negócios do Centro Universitário Internacional Uninter

Lançamento da coleção Monteiro Lobato, em e-books, pela editora SESI-SP


A SESI-SP Editora está lançando a Coleção Monteiro Lobato com exclusividade na versão em e-book. 

Entre os diferenciais, estão: o tratamento estético e a multiplicidade de leituras possíveis.

O projeto gráfico foi desenvolvido pela premiada designer Raquel Matsushita.
As ilustrações são feitas por grandes artistas do Brasil, de Portugal e da Argentina.

Os títulos já estão em pré-venda na Amazon.

Posse (GO): Duas pessoas morrem em grave acidente envolvendo três veículos na BR-020




Um grave acidente no fim da manhã desta quarta-feira (27) deixou duas pessoas mortas na BR-020, trecho entre Alvorada do Norte e Posse, ambos no nordeste goiano.

O acidente envolveu três veículos de passeio, um dos veículos ficou totalmente destruído.

O Corpo de Bombeiros Militares de Posse (GO) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para socorrer as vítimas.

Além dos dois óbitos, uma pessoa ficou gravemente ferida e outras três tiveram ferimentos leves e foram encaminhadas para o hospital.

Os militares precisaram fazer o desencarceramento das vítimas que que morreram no local. As identidades delas não foram divulgadas.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para atender a ocorrência. As causas do acidente serão investigadas pela Polícia.

Com informações do Corpo de Bombeiros 

Drama da vida real: Justiça condena hospital a pagar R$ 400 mil de indenização por troca de bebês logo após o parto, em Formosa (GO)



O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) determinou que um hospital de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, indenize em R$ 400 mil as famílias que tiveram bebês trocados há 24 anos. 

Diego Galvão e Daniel Gomes de Oliveira descobriram aos 19 anos que não eram filhos dos pais que os criaram. 

Os partos foram realizados no mesmo dia e horário, e a troca foi confirmada por um exame de DNA.

Em nota enviada nesta quarta-feira (27), a Sociedade Beneficente São Camilo, que administra o hospital onde eles nasceram, comunica que, em respeito às pessoas envolvidas, não se manifestará sobre o contido no processo e decisões proferidas.

O documento foi publicado na última terça-feira (19). Os magistrados da 3ª Câmara Cível do TJ-GO acataram, por unanimidade, o parecer do relator, juiz Ronnie Paes Sandre.

O TJ-GO manteve a condenação que já havia sido dada, em primeiro grau, na comarca de Formosa. À época, os representantes do hospital recorreram pedindo que a indenização fosse reduzida a R$ 50 mil e paga apenas às mães. 

No entanto, os magistrados negaram os pedidos e determinaram o pagamento total de R$ 400 mil, que deve ser dividido igualmente para cada jovem e suas genitoras.

Segundo o processo, os bebês foram trocados logo após o nascimento. No dia do parto, conforme a ação, Dileide Galvão, que criou Diego, e Eliana Gomes de Melo, que ficou com Daniel, deram à luz no mesmo centro cirúrgico. Apenas um pano as separavam.

Descoberta da troca

Quando os pais descobriram a troca, eles contaram que nunca desconfiaram de que algo poderia estar errado. 

Eles só souberam porque, sem saber do parentesco, Diego acabou ficando amigo do irmão biológico mais velho, o militar Pablo Vinícius Gomes de Oliveira, e muita gente comentava sobre a semelhança física dos dois.

À época, Eliana contou que, quando viu Diego pela primeira vez, ficou desconfiada por conta da semelhança com Pablo. Após uma conversa, Diego aceitou fazer o exame de DNA. Com o resultado, Diego e Daniel disseram que ficaram em choque.

Aproximação

Hoje, com 24 anos de idade, os irmãos tentam se unir. À TV Anhanguera, Diego contou que, mesmo após a descoberta das famílias biológicas, eles continuam vivendo com as famílias que os criaram.

“Estamos tentando nos aproximar, porém, não é dinheiro que vai trazer os anos perdidos. Desde o acontecido, quase nada mudou, continuamos cada um com a sua família de criação”, disse.

Diego disse ainda que as famílias costumam se reunir em datas comemorativas. “Nos reunimos às vezes, Dias dos Pais e Dia das Mães, tentando aproximação, mas a coisa não é fácil, mas estamos tentando”, contou.

Fonte: G1

Juiz mantém preso motorista que se envolveu em acidente que matou mãe e filho, em Campos Belos (GO)


O juiz Fernando Marney de Carvalho determinou a prisão preventiva de Bruno Cordeiro Damasceno, de 32 anos, após ele se envolver em um acidente de carro em que mãe e filho morreram, na GO-118, em Campos Belos (GO), no nordeste do estado. 

Segundo a Polícia Civil, ele é investigado por dirigir bêbado. A decisão foi assinada na última segunda-feira (26). 

De acordo com a equipe policial que investiga o acidente, Bruno não apresentou advogado até a publicação desta reportagem. Por isto, a reportagem não conseguiu localizar a defesa do investigado.

O acidente ocorreu no último dia 19 de maio. Segundo a polícia, 
 Leonardo Souza de Barros, de 26 anos  dirigia um Volkswagen Gol, e bateu de frente com Bruno, que dirigia um Peugeot. Ele e a mãe, Josefina José de Souza, de 59 anos, morreram por causa da batida.

Bruno também foi levado para o hospital. Mas, segundo os policiais, recebeu alta e está no presídio.

Em depoimento, o motorista se reservou ao direito de ficar em silêncio. 

Assim, ainda não há informações sobre a dinâmica da batida. De qualquer forma, a Polícia Civil informou que "o que já está confirmado, é que ele deu causa ao acidente".

Embriaguez ao volante

No dia do acidente, a Polícia Militar informou que o motorista estava aparentemente embriagado e, apesar de se recusar a fazer o teste do bafômetro, o laudo médico constatou a ingestão de bebida alcoólica. 

A Polícia Civil reforçou que "havia sinais de ele ter ingerido bebida alcoólica, constatado por diversas pessoas no local do acidente".

Os investigadores afirmam que Bruno pode responder pelo crime de homicídio doloso. 

“Ao final do inquérito, diante de todos os elementos que forem juntados, pode haver uma análise jurídica no sentido de ele responder pelo homicídio doloso do Código Penal, por ele, estando com a carteira suspensa, sob a influência de álcool, transitando acima da velocidade da via, em mais de 50km/h, assumir o resultado de produzir o resultado morte de alguém”, informa o delegado responsável pelo caso, que não quis ser identificado.

Fonte: G1

Liminar ao MP bloqueia bens do prefeito de Posse (GO) e suspende norma que impôs restrições à Promotoria


O  juiz Pedro Henrique Dias, de Posse (GO), suspendeu o Decreto n° 154/2018, baixado pelo prefeito de Posse, Wilton Barbosa de Andrade, que impunha restrições à atuação da Promotoria local, bem como bloqueou seus bens até o limite de R$ 300 mil.

Conforme relatado pela 1ª Promotoria de Justiça de Posse, Wilton de Andrade editou, em janeiro de 2018, a norma questionada, estabelecendo que as informações ou documentos requisitados pelo MP-GO somente seriam fornecidas se houvesse requisição, mediante ofício, com prazo de dez dias.

Ao editar o decreto, o prefeito justificou que o então representante do MP-GO na comarca, promotor Douglas Chegury, estaria entrando nos órgãos municipais e obrigando os servidores a paralisarem suas tarefas para lhe entregar documentos e procedimentos. 

Por ser descabida a acusação, a Promotoria local instaurou notícia de fato e recomendou ao prefeito a revogação da norma. A recomendação foi expedida em outubro do ano passado.

Em resposta, o gestor afirmou não ter proibido os representantes do MP-GO de realizar investigações no Executivo municipal e que não iria acatar a orientação, motivando a propositura da ação.

Para o MP local, a conduta praticada pelo gestor configura ato de improbidade administrativa, em violação aos princípios da legalidade e impessoalidade, por agir de maneira consciente e dolosa.

Na liminar, o magistrado verificou possível ilegalidade do ato, cumulada com a gravidade dos fatos e violação dos princípios da administração pública, uma vez que afronta o poder de requisição do MP-GO, previsto constitucionalmente. 

“Ainda afronta o poder de livre acesso dos membros da instituição a qualquer lugar público ou privado, conforme expresso nas Leis Orgânicas Nacional e Estadual do MP”, pontuou. 

O bloqueio visa garantir eventual condenação.

Com informações do MP

Bolsonaro de ladeira a baixo


Prefeitura de Arraias (TO) emite nota de pesar pela morte de "Ceará" e decreta luto de três dias




NOTA DE PESAR

Em nome da Prefeitura Municipal de Arraias, o Prefeito Antônio Wagner Barbosa Gentil e o Secretário de Obras e Desenvolvimento Urbano Ednilson Alves Ferreira, bem como todos os funcionários dessa municipalidade, solidarizam-se com a família e amigos pelo falecimento do colaborador NILSON JOSE DA SILVA.

Neste momento de dor, confraternizamo-nos com seus familiares, ratificando nosso voto de pesar pela grande perda e agradecimentos à dedicação e trabalho prestados ao Município.

Em face dessa prematura perda, a gestão, informa que a publicação do Decreto nº 062 que declara Luto Oficial por 03 (três) dias no Município de Arraias.

Porta dos Fundos: Palácio do Planalto emite "nota" sobre reunião presidencial filmada. Cuidado, há xingamentos, palavrões e muitas palavras chulas


quarta-feira, 27 de maio de 2020

Sudeco viabiliza horta e pomar comunitários em Campos Belos (GO)


A Superintendência do Desenvolvimento do Centro- Oeste (Sudeco) liberou R$ 117 mil para a viabilização do projeto Horta e Pomar Comunitários Irrigados, no município de Campos Belos (GO), idealizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IFGoiano).

“É o nosso papel apoiar iniciativas que promovam o desenvolvimento econômico e social no interior dos estados do Centro-Oeste. 

Vemos a parceria do IFGoiano como uma grande oportunidade de levarmos tecnologia e geração de renda aos agricultores familiares de Campos Belos”, ressalta o diretor de Planejamento e Avaliação (DPA) da Sudeco, João Balestra do C. Filho.

Por meio de Termo de Execução Descentralizada Nº 02/2019, o Projeto de Extensão busca favorecer diretamente 10 famílias cadastradas no programa em situação de risco social, além de agricultores familiares da região. 

O período do projeto é de um ano, com finalização prevista para o final de 2020.

Sob orientação de docentes e técnicos da área agrária do IFGoiano, a comunidade terá vários benefícios. 

Um deles deverá ser o aumento da renda das famílias participantes com a comercialização dos produtos em feiras de comercialização de produtos.

A distância de Campos Belos das capitais próximas, como Brasília, Palmas e Goiânia é um fator determinante para a criação de uma fonte de abastecimento de hortifrúti na região, uma vez que a produção de pequenos produtores locais resume-se basicamente a folhagens. 

“São comercializadas em uma pequena feira aos domingos, ou seja, quase todo tipo de verduras e frutas que são consumidas no município não são produzidas aqui e estão disponíveis no comércio local apenas dois dias na semana”, justifica o IFGoiano.

A horta e pomar comunitários estão localizados na Fazenda Escola do IFGoiano, no Campus Campos Belos (GO) e possui 18,5 alqueires de terra. 

A ação também tem como objetivo ofertar cursos de capacitação técnica de agropecuária e de formação inicial e continuada na área de projetos para potenciais produtores da região, assim como, propiciar o desenvolvimento de planos de iniciação científica para discentes do curso técnico em agropecuária.

Carros: Lojas do Nordeste promovem leilão online de automóveis com preços acessíveis no Brasil


O grupo automotivo ADTSA, que reúne concessionárias de diversas marcas na região Nordeste, em parceria com a Auto Avaliar, maior marketplace do mercado de seminovos e usados no País, vai realizar um leilão online com ofertas de veículos a preços acessíveis aos consumidores brasileiros.

O evento acontece entre os dias 27 e 29 de maio via internet, no endereço https://grupoadtsa.autoavaliar.com.br/, com dezenas de ofertas dos itens disponíveis nas lojas, incluindo modelos zero quilômetro de marcas como Renault, GM, Peugeot e Citroen, bem como automóveis seminovos e usados do estoque.

O leilão trará também os detalhes de cada oferta, com vídeos explicativos de todos os carros, justamente para que o consumidor possa visualizar, de maneira integral, os produtos oferecidos, além de poder avaliar a qualidade de cada item.

Para facilitar a negociação entre as lojas e o consumidor, o leilão conta com a plataforma da Auto Avaliar para avaliação online dos automóveis seminovos e usados ofertados na troca por outro modelo.

O sistema permite que o cliente envie pela internet as informações e fotos do carro e, na sequência, os representantes da ADTSA avaliam os dados e retornam com uma possibilidade de negociação.

Caso haja necessidade de financiamento na negociação, o consumidor preenche um formulário com os dados necessários, com toda proteção e sigilo devidos, para que a concessionária faça a análise e ofereça o crédito ao cliente.


Leilão Online de Veículos Seminovos e usados no Brasil
Data: entre 27/05 a 29/05

Link de acesso: https://grupoadtsa.autoavaliar.com.br/
Telefone: (81) 3073-3210

Sobre a Auto Avaliar (www.autoavaliar.com.br)

A Auto Avaliar é uma empresa brasileira presente em 5 países, provedora de uma solução completa para compra, venda e gestão de veículos usados. 

No modelo de One Stop Shop, oferece um aplicativo para mais de 3,2 mil concessionárias melhorarem e padronizarem a avaliação de veículos usados, precificando os veículos de forma correta, rápida e justa. 

O app realiza mais de 165 mil avaliações todos os meses.

Após a avaliação, os veículos são disponibilizados em um marketplace para mais de 30 mil lojistas de todo o Brasil, onde mais de 180 mil veículos são transacionados anualmente em sistema de bid, tudo com segurança, transparência, eficiência e alta rentabilidade. 

Desde sua criação em 2015, a Auto Avaliar já expandiu suas operações para os Estados Unidos, México, Argentina, Portugal e Chile, além de se consolidar como o principal portal de venda de veículos B2B do país.

Lockdown falhará sem apoio às periferias


Apesar da extensão do lockdown em Fortaleza até o fim de maio, a taxa de isolamento social na cidade seguirá abaixo dos 70% necessários se o poder público não dirigir investimentos pesados à proteção das populações nas periferias. 

É o que mostra um estudo da Ação Covid-19, um grupo interdisciplinar formado por pesquisadores da Universidade Federal do ABC (UFABC) e de outras diversas instituições de ensino superior brasileiras.


"Um grande desafio é que muitos moradores da periferia dependem de trabalhos informais, que são inviáveis remotamente", afirma Alexis Saludjian, professor de economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 

"A dificuldade em receber a renda emergencial só agrava a vulnerabilidade, ainda mais com as filas que se formam para receber o auxílio", acrescenta.

O estudo mostra que o isolamento foi mais efetivo onde é menos necessário. 

Os pesquisadores compararam os bairros de Meireles e Barra do Ceará, ambos na orla, empregando o Índice de Proteção à Covid19 (IPC19), que incorpora fatores como infraestrutura urbana e desenvolvimento humano. 

O Meireles, bairro de classe alta, foi considerado muito protegido, enquanto a Barra do Ceará se revelou mais vulnerável ao vírus. 

Apesar do lockdown obrigatório, no primeiro bairro o isolamento ficou acima dos 70%, mas se limitou a 50% no segundo.

"A epidemia não estará controlada enquanto não houver um esforço de solidariedade", afirma Patrícia Magalhães, física, pesquisadora da Universidade de Bristol. 

"Isto significa que são necessárias ações coordenadas de política pública, com foco principalmente naqueles em situação de maior vulnerabilidade."

Em seu website (referência ao pé da página), o grupo de pesquisadores disponibiliza um simulador para que as pessoas descubram o índice de proteção de seu próprio bairro e acompanhem a evolução da pandemia de acordo com diferentes níveis de isolamento. 

Além disso é possível observar os dados de contágio e letalidade do vírus divididos por nível de IDH ou pelo IPC. 

O projeto Ação Covid-19 tem o apoio da UFABC e da Fundação Tide Setúbal, tendo sido premiado em abril no concurso Desafios Covid-19, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Cresce número de atendimento psiquiátrico


Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) mostra que 89,2% dos especialistas entrevistados destacaram o agravamento de quadros psiquiátricos em seus pacientes devido à pandemia de covid-19. 

De acordo com o levantamento, 47,9% dos consultados tiveram aumento nos atendimentos após o início da pandemia.

A pesquisa mostra também que 67,8% dos médicos receberam pacientes novos, que nunca haviam apresentado sintomas psiquiátricos antes, após o início da pandemia e do isolamento social. 

Outros 69,3% relataram ter atendido pacientes que já haviam recebido alta médica, mas que tiveram recidiva de seus sintomas.

Sem o convívio social, muitas pessoas desencadeiam reações diversas, como: ansiedade, medo, insegurança, incertezas, tristeza, insônia e solidão. 

Emocionalmente fragilizada elas tendem ao agravamento do caso. 

Neste momento, o médico psiquiatra é um grande aliado para o controle destas reações mentais e possível quadro depressivo.

COVID-19: APP é desenvolvido para auxiliar na reabertura das cidades



Os momentos de crise, apesar de difíceis, são força propulsora para nosso desenvolvimento. 

As vacinas, medicamentos ou técnicas de que hoje dispomos, são frutos de episódios que, apesar de terem marcado a história da sociedade, nos permitem evitar novas perdas.

Pensando nisso, a Mooh Tech® desenvolveu uma plataforma que possibilita, não apenas o monitoramento das medidas emergenciais adotadas como, também, abre a perspectiva ágil, segura e profilática de retomada do nosso cotidiano. 

O i-Passport é uma ferramenta prática e simples, que com rápida consulta permite ao cidadão comprovar estar saudável.

De acordo com Everton Cruz, CEO da Mooh Tech, o i-Passport® funciona como uma credencial de saúde inteligente, permitindo ao cidadão agilidade de acesso em seu dia a dia. 

"Num mundo em que a velocidade das informações representa, cada vez mais, ter tempo para questões que demandam atenção maior, uma ferramenta que disponibilize dados essenciais de forma rápida e fácil traduz-se em contribuição valiosa. 

Criamos um passaporte de mobilidade temporária - uma solução que certifica condição saudável e assegura ao cidadão o exercício de suas atividades de um modo cônscio e salutar", explica.

O app Chronus® i-Passport, engloba dados como vacinas, testes e informações sobre quaisquer condições preexistentes, garantindo de forma prática, rápida e muito mais ampla, o que já consta no nosso útil, mas sempre tão esquecido cartão de vacinação. 

Através de dados armazenados, como as vacinas e testes, atualizados periodicamente, disponíveis a qualquer momento para impressão, o app evita toda a complicação de ter que estar sempre de posse dessas informações impressas.

O i-Passport ® associa o Passaporte ao Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), criando uma maneira prática de deixar qualquer pessoa apta para viajar a qualquer momento, a lazer ou a trabalho. 

"Do mesmo modo em que se traduz como uma medida provisória para auxiliar no controle da proliferação do Covid-19, uma vez que sua obtenção está condicionada à testagem negativa para o vírus", completa Cruz.

A França foi o primeiro país a adquirir a licença para o uso do aplicativo. Por lá, as cidades de Montpellier, Toulouse, Nîmes, Avignon, Béziers e Carcassone incluíram o i-Passport na retomada das atividades. 

No Brasil, a cidade de Juazeiro do Norte e a Confederação Nacional dos Municípios também já possuem licença para uso. 

"Estamos disponibilizando, gratuitamente, a solução para todas as cidades brasileiras. Essa é a nossa contribuição, para participar de forma produtiva e efetiva nesta batalha", finaliza Everton.

Preencha e participe da plataforma que mostra risco de contaminação do coronavírus por bairro e até rua



A plataforma "Juntos contra o covid" promete ser mais uma ferramenta para ajudar a mapear a pandemia do coronavírus no Brasil. 

Acesse o mapa 

O mapa online foi criado em março e funciona de forma colaborativa. 

Nele, é possível consultar o risco de contaminação por bairros e até ruas das cidades brasileiras.

O projeto é encabeçado por Faissal Nemer Hajar, estudante de medicina da UFPR (Universidade Federal do Paraná) em Curitiba. 

Desde o seu lançamento, a plataforma já havia recebido quase 48 mil contribuições até a manhã de hoje.

A ferramenta é gratuita e usa dados coletados por formulários para mapear a incidência da epidemia nas regiões.

Quem acessa a plataforma pode responder perguntas simples, como seu estado de saúde e se teve contatos com pessoas infectadas ou que fizeram viagens recentes para fora do país.


Com a resposta dos colaboradores, um algoritmo calcula os riscos de contaminação em determinada região. 

A plataforma mostra as probabilidades em porcentagem, divididas por baixo, médio e alto grau de risco.

A diferença para as estatísticas oficiais fornecidas por governos municipais e estaduais é que o mapa pode mostrar dados atualizados mais recentemente e permitir uma outra análise da evolução da epidemia no país.

terça-feira, 26 de maio de 2020

Palavras sábias que confortam e amparam nos momentos difíceis


"Meu caro amigo Dinomar, sou um assíduo leitor do seu blog e vendo todos os dias os ataques a imprensa de um modo geral e em particular os ataques ao seu blog. 

Venho manifestar o meu apoio e minha solidariedade ao seu trabalho.

São tempos difíceis em que parte da população vive uma aversão aos fatos e ao jornalismo coerente. 

Quero te dizer que continue firme, eu e muitos outros leitores te apoiamos e temos você como um orgulho para nossa região. 

Sou de Arraias, porém não moro mais lá, e vejo no seu blog uma referência para me informar de maneira correta sobre os mais diversos assuntos relacionados ao nordeste goiano e ao sudeste tocantinense. 

"A imprensa de um modo geral é uma luz nesse país de incertezas"

Força guerreiro!
Estamos com você!
Continue sua missão que estaremos aqui na torcida pela imprensa, pelo jornalismo sério e pelo Brasil.
Abraços!"

"Fui gado, comi capim", diz Delegado Waldir sobre apoio a Bolsonaro


Ex-aliado do presidente da República, o deputado federal também fez duras críticas ao conteúdo da reunião ministerial divulgada recentemente.

Em entrevista a uma rádio de Anápolis na última segunda-feira (25/5), o deputado federal goiano Delegado Waldir, do PSL, manifestou arrependimento pelo apoio dado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e afirmou ter sido “gado” pela antiga postura. 

O deputado também criticou o conteúdo da reunião ministerial divulgada recentemente, e declarou que “parecia uma reunião num cabaré”.

A entrevista foi concedida ontem, segunda-feira, ao programa Observatório da Rádio 96FM. 

Nela, Waldir deixou claro seu arrependimento pelo antigo posicionamento de apoio ao presidente Bolsonaro, e disse ter se equivocado. 

“Eu fui gado, comi capim, mas eu mudei. Vi que me equivoquei, comi capim, sou réu confesso. 

Mas hoje não faço mais parte dessa boiada não, não sou tocado pelo berrante”, declarou.

O parlamentar também fez críticas à reunião feita entre Bolsonaro e seus ministros, divulgada na última semana. De acordo com ele, o linguajar usado não é condizível com uma reunião de ministros, e que mais “parecia uma reunião de cabaré”. 

“Eu acho que foi falado mais de 50 palavrões na reunião ministerial. Eu vi até uma pessoa brincar: ‘onde está na Bíblia a previsão de tanto palavrão?’. Não parecia uma reunião ministerial, parecia uma reunião num cabaré”, criticou.

Meu candidato a presidente é o Moro, afirma Delegado Waldir Para o deputado federal Delegado Waldir, o melhor nome para a Presidência da República, atualmente, seria o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro. 

Além dele, Waldir também elogiou o apresentador global Luciano Huck, que cogitou a lançar uma candidatura nas últimas eleições.

“O Moro é o meu candidato a presidente da republica, é o melhor nome. Ele é a pessoa que entendo de extrema credibilidade. Tem um segundo nome que acho uma pessoa jovem, espetacular. 

Eu penso que o apresentador Luciano Huck é uma pessoa com muita personalidade, candidato de centro”, arrematou o deputado.

Fonte: Portal de Anápolis 

Ouça "O é da Coisa" e seja mais crítico


Em áudio, Major Olímpio "joga a toalha" e disse que nunca mais se candidata