quinta-feira, 4 de março de 2021

Dízimos da pandemia: culto religioso no RJ reúne uma multidão em escola de samba; conta bancária no rodapé




Depois muita gente diz que este Blog pega no pé de igrejas, devido à realização de missas e cultos neste ambiente de pandemia global ultra perigosa. 

Imagine essa cena gravada ontem no Rio de Janeiro. 

Milhares de pessoas amontoadas em um ambiente fechado, orando em voz alta e louvando. 

O pastor deveria era ser presos por colocar seus fieis em tamanho perigo sanitário. 

Percebe-se que ele pouco se lixa para as pessoas que integram o seu rebanho.

Só interessa mesmo é o dízimo caindo na conta, que não foi esquecida de ser inserida na transmissão feita pelo Youtube. 

Este caso ocorreu ontem (3) na quadra da Grande Rio, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

A quadra foi cedida para um culto da Igreja Pentecostal Templo dos Milagres. 

Nas imagens é possível identificar alguns fiéis sem máscara de proteção facial e muito próximos uns dos outros.

Em nota, a Grande Rio disse que tem como diretriz ceder a sua quadra para eventos religiosos, sociais e culturais e que a responsabilidade, segundo a escola, é dos realizadores. 

Mas disse que, diante das imagens, vai fazer uma notificação ao pastor Leonardo Salles, que é o responsável por esse culto.

O pastor Leonardo Salles disse que foram tomadas todas as medidas de distanciamento para não haver aglomeração de pessoas. 

“Disponibilizamos álcool em gel, máscara e exigimos que os fiéis comparecessem com a utilização de máscara”, disse o pastor.

Insanidade absoluta. 

Fonte: Agência Folha 

Bolsonaro: "Chega de frescura e de mimimi. Vão ficar chorando até quando?"

 

Gabi Azeredo, 10 anos, representará Goiás na etapa nacional do concurso Miss Brasil Infantil 2021






Por Roberto Nabofarzan,

O nordeste goiano, especificamente a região da Chapada dos Veadeiros, tem uma nova estrelinha brilhando Brasil afora. 

Trata-se da pequena Gabriela Azeredo Fernandes, a Gabi, que acaba de se destacar em um concurso de beleza infantil, realizado em Curitiba (PR), se classificando para a etapa nacional, que acontecerá em maio próximo em Araucária, também no estado do Paraná.

Natural de Iaciara (GO), Gabriela Azeredo foi morar em Alto Paraíso de Goiás (Chapada dos Veadeiros) quando tinha apenas um aninho de idade, segundo os pais, Fernanda Azeredo e Geovânio Fernandes.

Sempre muito alegre e extrovertida, Gabi Azeredo é o tipo de criança que tem o dom natural para ser fotografada.

Aos dez anos e cursando o 5º ano na Escola Municipal Ana Aguiar, Gabi Azeredo participou, em fevereiro deste ano, do concurso Miss e Mister Brasil Infantil (https://instagram.com/pequenamissbrasil?igshid=tyufts6jxf7p), realizado em Curitiba (PR), ficando em terceiro lugar, em uma disputa com dezenas de garotas com idade entre 04 a 13 anos, de todo o país.

O trabalho realizado pelos pais e apoiadores de sua candidatura encantou a produção e os jurados do concurso. 

Além da beleza natural e o fato de ser fotogênica, Gabi mostrou desenvoltura e elegância ao desfilar.

Um dos quesitos exigidos pela comissão organizadora do concurso era que as candidatas desfilassem, em uma das etapas, com um Look Fashion feito de material reciclável. Gabi arrasou em um vestido Azul.

“Nessa roupa utilizamos saco de lixo, formas de brigadeiro, palitos de picolé, papel de bala, canudo de refrigerantes, barbante, EVA e papelão.” Conta, orgulhoso, Geovânio Fernandes, pai da Gabi.

Gabi Azeredo fez tanto sucesso ao se classificar em terceiro lugar nessa etapa que a Miss Metropolitan Turismo Internacional, Lorraney Monteiro, fez questão de posar para fotos com ela.

Com essa vitória, Gabi Azeredo se classificou para a final nacional que acontecerá em Araucária (PR) nos dias 15 e 16 de maio de 2021. No entanto, alguns entraves estão dificultando a participação de Gabriela nessa fase do concurso.

Os custos de produção para essa fase são muito alto, mais viagem, hospedagem e alimentação, tornaram as despesas muito elevadas para os pais, que querem realizar esse desejo, que também é uma grande oportunidade para Gabi.

Amigos e membros da comunidade de Alto Paraíso de Goiás e região estão se unindo em campanha para arrecadar valores que possam auxiliar a família nessa viagem.

Gabi Azeredo será a embaixadora do nordeste goiano nesse concurso e levará para Alto Paraíso de Goiás e toda a região mais esse título, o da beleza infantil.

Uma conta bancária foi aberta para depósitos de quem puder auxiliar nessa campanha.

Banco do Brasil – Agência 4546-2 – Conta 12629-2 – CPF 092.082.611-31 / PIX 092.082.611 31

Primeiros passos

O incentivo dos pais tem o mesmo tamanho da atenção e vigilância que exercem em tudo que diz respeito a Gabi Azeredo.

“Gabi tem dez anos mais é muito alta para sua idade, às vezes a confundem com uma adolescente, mas ela ainda é uma criança. 

Então a gente tem o cuidado para que ela não participe de concursos fraudulentos ou que a concorrência seja muito agressiva, que possa provocar nela algum sentimento ruim. 

Queremos que tudo seja leve, uma diversão, que poderá se tornar uma base para a formação e para o futuro dela.” Relata a mãe, Fernanda Azeredo.

Na busca por uma assessoria, os pais de Gabi Azeredo assinaram, no ano passado, contrato de parceria com a agência Novos Talentos, responsável pela seleção de elenco mirim no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), porém, a divulgação do trabalho de Gabi não estava atingindo as expectativas propostas pelos pais, então eles decidiram tomar outro rumo, romperam o contrato e agora o pai, Geovânio Fernandes, é quem direciona as ações da filha.

Além do concurso Miss e Mister Brasil Infantil, que será realizado em maio, no Paraná, Gabi Azeredo já está inscrita para o concurso Beleza Brasileira, que será realizado em dezembro deste ano em São Paulo.

“As participações da Gabi nesses e em outros concursos não têm o “vencer ou não vencer” como principal meta. 

Em cada participação ela terá a oportunidade de adquirir conhecimentos e técnicas, conhecer e fazer amizade com crianças de outros estados, outras culturas, que serão úteis em sua vida pessoal e em uma eventual vida profissional nessa área. 

Cada evento é ao mesmo tempo diversão e aprendizado.” Frisa Geovânio Fernandes.

Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho de Gabriela Azeredo Fernandes acesse o endereço no Instagram https://instagram.com/gabiazeredo_ofc?igshid=1avm8kvw4l0qr

Se puder, contribua nessa campanha que possibilitará a participação de Gabi Azeredo nesse importante concurso nacional.

Fonte: O Vetor 

Covid esfacela mais uma família em Campos Belos (GO) e leva Luiz Carlos



A cidade de Campos Belos (GO) amanheceu, nesta quinta-feira (4), mais uma vez de luto, com o registro de mais um ente querido da comunidade que perde a luta para a pandemia da Covid-19 e que tem deixado o mundo de joelhos.

Desta vez, a terceira vítima da semana foi o eletricista de motores Luiz Carlos, de tradicional família de Campos Belos (GO) e muitíssimo bem quisto na comunidade.  

Aos 47 anos, amigo de infância deste blogueiro, Luís Carlos foi internado após os primeiros sintomas no final de fevereiro.  

No último dia 25, teve que se transferido às pressas para uma UTI de Luziânia (GO), no entorno de Brasília, devido ao agravamento do seu estado de saúde. 

Mas na madrugada desta quinta, logo depois da meia-noite, não resistiu às complicações desta triste e desgraçada doença, que tem esfacelado milhares de famílias brasileiras. 

O mais triste é que muitas pessoas da família de Luís Carlos estão também contaminadas, isoladas e impossibilitados de sair de casa e de prestarem a devida assistência em um momento de muita dor, da qual o apoio é essencial. 

Luiz Carlos era casado com Ideildes, querida enfermeira da comunidade e que presta seus briosos serviços, há anos, à Casa de Saúde e ao Hospital Municipal.

Ele deixa três filhos: Nathany, Vitor Augusto e Maria Luiza.

Seus irmãos Antônio Carlos (Toninho), Ângela, mulher de Osmar do Novo Foto , Rosangela, mulher de Altair da Itafós, e Marquinhos, o mais novo. 

E para a tristeza de seus pais, que moram em Campos Belos, Seu Joacir (Seu nenê eletricista) e a mãe Dona Paula. 

Nossos mais sinceros votos de pesar e de muita força a toda a família, em especial Ideildes e seus queridos filhos.  

Que Deus conforte o coração de vocês e lhes dê muita força para enfrentar esta dificílima jornada.  

quarta-feira, 3 de março de 2021

Tribunal de Contas de Goiás suspende licitação em São Domingos (GO)



O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCMGO) mandou o prefeito de São Domingos (GO), nordeste do estado, Claiton Martins, a suspender uma licitação que permitia o funcionamento de uma lanchonete no Coreto, localizado na praça matriz da cidade.

A denúncia foi feita pelo cidadão Robertth Moreira de Jesus, que relatou possíveis irregularidades na Concorrência Pública, cujo objeto foi a concessão de uso para administração e exploração da lanchonete.

Segundo a denúncia, há suposta existência de vícios insanáveis o Edital do procedimento licitatório, em razão de vários fatos irregulares.

A decisão do Tribunal determinou a imediata suspensão do Concorrência Pública, na fase em que se encontra, abstendo-se, inclusive, de celebrar contrato, até deliberação do TCMGO, sob pena de aplicação de multa, em razão de seu Edital conter cláusulas restritivas ao caráter competitivo, consubstanciada na exigência de apresentação de comprovante de endereço do município de São Domingos.

Também fixou prazo de 5 dias para que o prefeito e a presidente da Comissão Permanente de Licitação, comprovem ter atendido a determinação da Corte de Contas de imediata suspensão.

Em força tarefa nacional contra homicidas, delegacia de Campos Belos (GO) foi a 1ª colocada no hanking de prisões



A Policia Civil de Campos Belos (GO), nordeste do estado, representando a 13° Delegacia Regional (DRP), em colaboração mutua a operação "Anubis I", cumpriu quatro dos 15 mandados de prisão cumpridos pela Regional.

A operação ocorreu nos último dias 22 a 26 de fevereiro, quando policiais civis de todo o Estado de Goiás, deflagraram operação de cumprimento de mandado de prisão para foragidos da justiça pelo crime de homicídio.

A ação conjunta que levou a 13° DRP a primeira colocação no hanking das regionais mais bem colocadas, contou com a colaboração da Delegacia de Campos Belos, que, por meio de seu serviço de inteligência, identificou a localização de 4 dos 15 capturados.

Cidades como Arraias (TO), Unai (MG), Luis Eduardo Magalhães (BA) e São Domingos (GO) foram os locais onde estariam escondidos os homicidas que respondem a processo na Comarca de Campos Belos.

Após as formalidades legais, foram todos recolhidos as unidades de Policia Penal dos locais onde estavam domiciliados, aguardando decisão judicial de recambiamente para cumprirem com a pena ou se verem ser processados.

Fome: "Campanha Bandeira Branca" ajuda pessoas necessitadas



Sua família está passando problemas com falta de alimentos?

Coloque uma bandeira branca pendurada na porta, no portão ou onde ficar mais  visível, assim as pessoas vão saber e poderão te ajudar.

Não se acanhe, somos todos irmãos, e irmãos se ajudam em momentos difíceis!!

E você que tem um pouquinho sobrando na sua casa, entre nessa você também.

Seja solidário, a gente nunca sabe o que pode acontecer amanhã.

Então ajude hoje.

Se você ver uma BANDEIRA BRANCA pendurada num portão, em um muro ou porta, saiba que a família que mora ali está necessitada de ajuda.

Se puder ajude com alimentos e com o que você desejar ajudar.

Se você não pode ajudar, fale para outras pessoas que viu a BANDEIRA BRANCA naquela casa, alguém vai ajudar.

JUNTOS SOMOS INVENCÍVEIS!!!!

Temos um grupo de apoio no Whstasapp, se quiser participar mande seu zap.

DEUS ABENÇOE CAMPOS BELOS, DEUS ABENÇOE NOSA NAÇÃO! 

Link do Grupo de apoio, só clicar e entrar.

Bolsonaro diz que a imprensa cria pânico. Não presidente, transparência e informação são essenciais


Em meio ao pior momento da pandemia de covid-19 no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que "imprensa criou o pânico" sobre a doença no país — que enfrenta uma alta de 11% das mortes em decorrência do coronavírus, enquanto no mundo há um recuo de 6%, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

"O assunto, quando tiver, vai ser pandemia, vacinas", disse ele em conversa com apoiadores no jardim do Palácio da Alvorada na manhã de hoje. 

"O Brasil é um país que, em valores absolutos, mais está vacinando. Temos 22 milhões [de vacinas]. Mês que vem deve ser mais 40 milhões. 

O país está mais avançado nisso. Assinei no ano passado a medida provisória destinando mais de R$ 20 bilhões para comprar vacina. Estamos fazendo o dever de casa", disse.

"Se você ler a imprensa, você não consegue viver.

Cancelei, desde o ano passado [na verdade, 2019] todas as assinaturas de jornais e revistas. Ministros que quiser ler jornal e revista vai ter que comprar. Não leio mais. 

Não vejo Jornal Nacional, não assisto, que é a maneira que você tem de realmente pensar em coisa séria no país," reclamou o presidente. 

Na avaliação do presidente, os veículos de imprensa "criaram o pânico" na pandemia de coronavírus. 

"Criaram o pânico, né? O problema tá aí, lamentamos, mas você não pode viver em pânico. Que nem a política, de novo, do 'fica em casa'. O pessoal vai morrer de fome, de depressão."

A situação brasileira, porém, é grave. Em novembro, a média móvel de mortes chegou a 319 óbitos por dia. Agora, há mais de 40 dias, o país enfrenta médias acima de mil mortes diárias.

Fala que é pânico para quem perdeu pai, mãe, irmãos e avós para a pandemia,  como já publicamos diversas vezes aqui no Blog. 

Com texto da Agência Folha

Vapt Vupt de Campos Belos com atendimento suspenso por conta da Covid



A unidade de Campos Belos estabeleceu novas regras de isolamento social, e os atendimentos da agência localizada na cidade estão interrompidos desde de segunda-feira (01/03) por sete dias.

Os usuários que tinham agendado algum serviço no Vapt Vupt do município deverão aguardar o período de flexibilização para realizarem a marcação de um novo atendimento presencial a partir do retorno das atividades.

Em Goiás, os municípios que estabelecerem novas regras de isolamento social, em que as autoridades de saúde incluírem a suspensão dos atendimentos como medida essencial para redução da propagação do vírus, terão as atividades do Vapt Vupt suspensas parcial ou totalmente, de acordo com os decretos municipais. 

Mais 76 mil dose de vacinas chegam a Goiás, que bate recorde de novos casos de Covid


Enquanto a pandemia assola o país e o presidente da República repudia o uso de máscara, ao menos um alento.

Na madrugada desta quarta-feira (3), chegaram mais 76 mil doses de CoronoaVac a Goiás, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (SES).

De acordo com o governo, o carregamento foi trazido em voo comercial e chegou a Goiânia pelo Aeroporto Internacional Santa Genoveva, tendo sido levado em seguida para a Central Estadual de Rede de Frio.

Ainda de acordo com o governo do estado, essas doses devem ser usadas para imunizar idosos com 79 anos ou mais. 

A recomendação para os municípios goianos que já vacinaram todas as pessoas nessa idade é que reduzam, gradativamente, a faixa etária a ser imunizada.

Segundo a SES, essas doses serão conferidas pela equipe da Secretaria e a expectativa da pasta é que elas sejam distribuídas às 18 regionais do estado ainda nesta quarta-feira.

Coronavírus em Goiás

De acordo com portal da SES que acompanha avanço da pandemia no estado, mais de 401 mil pessoas já foram infectadas pelo coronavírus. 

Desse total, 383 mil conseguiram se recuperar e 8,5 mil não resistiram.

Na terça-feira (2), Goiás bateu o recorde de casos de coronavírus em 24 horas. 

Foi o maior aumento de um dia para o outro desde o início da pandemia: 4.359 novos contaminados.

Quanto à vacinação, a SES estima que mais de 205 mil pessoas receberam a primeira dose de algum imunizante contra a Covid-19 e 45 mil também já receberam a segunda dose.

Fonte: Secretaria de Saúde 

Lobo-Guará é capturado em Campos Belos (GO); ferido, foi levado para o zoológico de Brasília



O corpo de Bombeiros Militares sediado em Campos Belos (GO) divulgou que foi encontrado e capturado um lobo-guará na zona rural do município. 

O episódio ocorreu na última segunda-feira (1), quando os militares foram acionados para a captura do bicho numa fazenda.

O animal estava ferido e debilitado. 

Ele recebeu os primeiros cuidados em uma clínica veterinária da cidade e ontem (2) foi levado ao zoológico de Brasília para atendimento e reabilitação.

Comentário do Blogueiro

Aproveitando essa notícia, é importante que todos da comunidade, em especial quem mora no campo, se atentar para os bichos das faunas e também zelar por eles.

Passou do tempo de se caçar, de pensar que o ser humano é o único habitante da natureza e que só ele tem o direito de usufruir dela. Pelo contrário.  

Lobo-guará, tatus, veados, cotias, pacas, pássaros, jabutis, cobras de todas as espécies... Todos nós temos a obrigação, legal e moral, de cuidar desses animais. 

Assim, evitem queimadas; denunciem caçadores; preservem espaços verdes e fontes de água, acionem as autoridades públicas ao encontrar qualquer bicho ferido ou em situação de risco.

Pássaros em gaiolas também é uma situação inaceitável. Essa cultura já era, acabou-se. 

Quem prende pássaros em gaiolas, seria uma pessoa que tem apreço por deles; adora ouvir seus cantos.

Mas que ama, não aprisiona. Simples assim. E não pode prendê-los. É contra a lei e também contra o anseio da sociedade, que não deseja mais esse tipo de atitude.  

Em Campos Belos (GO), homem furta celular de farmácia enquanto comprava fraldas


Não bastasse o pânico e o medo causado pela pandemia em Campos Belos (GO), os ladrões não dão trégua. 

Humanismo passa longe desses criminosos. 

A Polícia Civil de Campos Belos informou que prendeu em flagrante, nesta terça-feira (2), um rapaz  acusado do crime de furto.

Ele teria sido filmado surrupiando um de aparelho de celular, funcional, de uma farmácia da cidade.

O crime ocorreu durante a venda de um pacote de fraldas para o suspeito, que aproveitou da oportunidade para levar, escondido, o celular da loja. 

Pasmem. O acusado já responde em liberdade por tráfico e receptação.

Após a vítima levar as imagens das câmeras de segurança da loja para a delegacia, o autor do furto foi de pronto identificado, e, imediatamente passou a ser procurado pelos policiais.

Depois de diligências, foi possível encontrá-lo. Mas ele já havia repassado o aparelho para um receptador.

Assim, o agente do crime foi apresentado à autoridade policial. 

Em depoimento, ele confessou que já havia repassado o aparelho para outra pessoa, que até agora não foi localizada.

Mas o receptador já é outro criminoso na mira da polícia. 

Velocidade mortal: acidente deixa um morto e dois feridos em Formosa (GO)



Um homem de 21 anos morreu e duas pessoas ficaram feridas no acidente entre um carro de passeio e uma caminhonete na GO-430, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. 

Os veículos ficaram destruídos após o impacto.

A batida entre a caminhonete Toyota Hilux e um Fiat Palio aconteceu no final da tarde de terça-feira (2). 

De acordo com militares, testemunhas que passavam pelo local disseram que os carros estavam em sentidos opostos e um deles perdeu o controle da direção após passar por uma curva na estrada. 

Porém, só a perícia poderá definir as causas do acidente.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista do carro de passeio, que estava sozinho, morreu no local. 

Na caminhonete havia duas pessoas: o motorista de 38 anos sofreu fraturas no braço e na perna e a passageira, uma mulher de 40 anos, teve ferimentos leves.

Ainda de acordo com a corporação, os feridos foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Hospital Regional de Formosa.

Como os nomes dos feridos não foram divulgados, a reportagem não conseguiu atualizar o estado de saúde deles nesta quarta-feira (3).

Fonte: G1

terça-feira, 2 de março de 2021

Morre dona Zefa, do Hotel Paulista. Mais uma vítima da Covid em Campos Belos (GO)




Por Jefferson Victor,

Morreu na madrugada desta terça-feira (02), em Goiânia, dona Josefina Zanardo, 80 anos, mais conhecida como dona Zefa do Hotel Paulista, localizado na Vila Baiana, em Campos Belos (GO). 

Dona Zefa foi acometida pela Covid 19, ficou internada por um período de 3 dias em Campos Belos, e, devido à gravidade do seu quadro, foi encaminhada em estado grave para Goiânia onde permaneceu em uma UTI por outros 3 dias.

Ontem (1), o médico responsável ligou para a família informando que seus órgãos estavam paralisando e os aparelhos a mantinha viva, mas já sem nenhuma esperança.

Há cerca de 30 dias dona Zefa perdeu um de seus filhos, Joel, que morava em Formosa (GO), por consequência desta mesma doença.

Isso a deixou muito abalada, já que eram muito ligados.

Dona Zefa era de Birigui, no Estado de São Paulo. 

Acompanhando o esposo, mudou-se para Campos Belos em 1975 e em 1977 ingressou no ramo de hotelaria, construiu seu estabelecimento, o Hotel Paulista, no qual trabalhou por 35 anos.

Ela teve 4 filhos, 10 netos e 6 bisnetos, dentre eles o saudoso Keko, um adolescente que amava jogar futebol, era craque, vaidoso, sempre andava arrumadinho, cabelo bem penteado, tinha um grande círculo de amigos.

Ele foi vitimado por um acidente fatal próximo à antiga ponte do Rio Bezerra, no dia 06 de setembro de 1983, por ocasião dos festejos da Padroeira de Arraias, hoje Tocantins.

Aline Garcia, sua neta fez o seguinte comentário sobre a dona Zefa: 

“minha avó realmente foi uma mulher forte, veio de São Paulo para Campos Belos com filhos, sobrinhos e a sogra, passou por muita luta, mas com trabalho duro conseguiu criar sua família, erguer seu comercio. 

Dona Zefa do hotel como era conhecida na comunidade, sempre muito honesta, uma matriarca carinhosa. Viveu para servir a Deus na sua fé e trabalhar no seu hotel”.

“Ela merece nossa homenagem, sempre olhei pra minha avó e a vi como uma mulher na qual eu me espelhava. Forte, batalhadora, dona de uma moral impecável, honesta, integra isso tudo sem deixar sua doçura e cuidado, sábia e grande exemplo de fé”, Danielle Vieira, uma outra neta. 

Dentro do grupo Memórias de Campos Belos, já podemos antecipar nossa homenagem à dona Zefa, por ser uma das primeiras empreendedoras no ramo de hotéis.

Ela deu a sua contribuição para o desenvolvimento da cidade, realmente chegou em uma época em que poucos se arriscavam, devido à precariedade do lugar.

Estradas mal conservadas, desprovida de tudo, médicos, telefone, televisão, isto sem contar laser, que não existia e até a comunicação daquela época era feita por rádio amadores.

É mais uma guerreira que deixa o seu nome registrado na história como uma desbravadora, uma guerreira que tem uma linda história de vida, um exemplo a ser seguido.

Queremos aqui externar os nossos mais sinceros sentimento à família enlutada, que Deus conforte o coração de cada um neste momento de dor.

Em função do protocolo para mortos por covid, não haverá velório, a chegada do corpo está prevista para as 18h e a família fara um cortejo de carro até o cemitério local.









Mulher pede ajuda em Campos Belos (GO). Crianças estão passando necessidade

"Olá,

Me chamo Gleiciane. 

Estou aqui fazendo esse apelo porque estou desempregada e tenho seis filhos.

Venho pedir ajuda. Estou precisando de alimentos, pois já não tenho nada em casa e com essa pandemia está muito mais difícil.

Ajudem-me, por favor.

Gleiciane Serafim dos Santos "





Seminário promovido pela Rede ColaborAção Tocantins (RTC) realça a importância da colaboração na pandemia



O que é a Rede ColaborAção Tocantins?

A Rede ColaborAção Tocantins (RCT) tem desenvolvido um trabalho de destaque à educação municipal do Tocantins desde agosto de 2020 com o projeto Gestão da Crise Educacional ocasionada pela Covid-19, cujo objetivo principal é apoiar as redes e os sistemas municipais de educação/ensino do Estado do Tocantins no enfrentamento da crise educacional derivada da pandemia da Covid-19.

A RCT é composta pela União dos Dirigentes Municipais de Educação – seccional Tocantins (Undime-Tocantins), UFT – PROEX, núcleos e grupos de pesquisa, MPE-TO, TCE-TO e ATM. 

Tais instituições disponibilizaram um grupo seleto de mestres, doutores, pós-doutores e especialistas em educação municipal, pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins do Grupo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Educação Municipal e Observatório de Sistemas e Planos de Educação (GepeEM/ObSPE/UFT); do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Infância e Juventude do Ministério Público do Tocantins (Caopije/MPETO); Dirigentes Municipais de Educação (DME) e professores da Rede Pública Municipal e Estadual de Ensino do Tocantins.

O Seminário de Abertura consolida a importância da RCT para a Educação do Tocantins

Nos dias 24 e 25 de fevereiro, a RCT, com o apoio da Undime-TO, realizou o Seminário Educação Municipal do Tocantins no Contexto da Pandemia: 

implicações e perspectivas, voltado para a discussão de pautas adequadas às necessidades das redes e sistemas municipais de ensino/educação: “Autonomia e garantia do direito à educação e à saúde no contexto da pandemia nos Municípios: desafios e possibilidades” e “Função social da escola e reorganização curricular em tempos de retomada das atividades escolares”. (acesse os links)

Sucesso de debate e de público, o evento reuniu no primeiro dia 4.520 dirigentes municipais de ensino/educação e profissionais da educação de todo o Estado e, no segundo dia, 3.438, através do canal da Undime Tocantins no Youtube, que já soma mais de 27 mil visualizações.

O Seminário contou com o renomado Prof. Dr. Carlos Jamil Cury, da Universidade Federal de Minas Gerais, Prof. Dr. Paulino José Orso, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Prof. Dr. Roberto de Carvalho e Prof. Dr. José Carlos Freire, ambos da Universidade Federal do Tocantins, bem como, os dirigentes Municipais do município de Guaraí, Sebastião Mendes e de Ponte Alta do Tocantins, Jemima Gertrudes Barreira Cavalcante.

A programação contou ainda com a participação da Deputada Federal Professora Dorinha e da Senadora Kátia Abreu, responsáveis pelo financiamento da ação, juntamente com o Deputado Federal Célio Moura.

O coordenador da RCT, professor Leonardo Victor dos Santos, afirmou que “o sucesso dos trabalhos da Rede se sustenta no regime de colaboração público-público estabelecido entre a Undime, Dirigentes Municipais de Educação, UFT, ATM, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado do Tocantins e que a RCT já tem dois projetos em construção para as redes e sistemas municipais: 

um projeto de alfabetização, com o objetivo de cumprir a meta 5 do Plano Nacional de Educação e as metas 1 e 2 do Plano Estadual de Educação; e um de institucionalização de sistemas municipais de ensino/educação, uma vez que, aproximadamente, 60 municípios ainda se organizam em rede, integrando o sistema estadual, o que compromete a sua autonomia no planejamento e implementação de suas políticas públicas educacionais.

Fonte: Ascom Undime

segunda-feira, 1 de março de 2021

Tortura: sem sedativos, pacientes entubados de Covid são amarrados em Parintins (AM)


Tortura é a palavra correta para descrever este caso.

Imagine você doente por Covid. É hospitalizado e logo em seguida, pela evolução do quadro, tem que ser entubando.

Pelo protocolo médico, para ser entubado, o paciente tem que ser sedado, em coma induzido, e receber altas doses de medicamentos, para ficar desacordado por um longo período. 

Senão não suporta a entubação, que é muita agressiva. No procedimento, um tubo é enfiado na garganta do paciente. Assim, sedação é uma necessidade. 

Sem sedativos, o paciente quer arrancar aquele troço imediatamente. 

Bem, só que em Parintins, no inteiro do Amazonas, segundo denúncias de familiares, acabaram os sedativos e os médicos resolveram deixar os pacientes acordados e entubados.

E para isso, decidiram amarrar os pacientes às camas para eles não fazerem a extubação. 

Um terror sem imaginação. 

Nesta semana, a Defensoria Pública abriu a investigação para apurar se pacientes com Covid-19 foram amarrados por falta de sedativo no Hospital Municipal Jofre Cohen, em Parintins.

A Secretaria Municipal de Saúde de Parintins informou, em nota, que não houve falta de medicamentos sedativos em pacientes intubados na unidade. 

Quanto à denúncia, a Secretaria informou que "contenção dos mesmos é necessária para mantê-los em segurança, ao iniciar a diminuição dos sedativos, como no processo de extubação, evitando acidentes com os mesmos em uma movimentação brusca ou qualquer agitação que possa ocorrer após um longo período intubado".

Mas não é isso que os familiares têm denunciado à imprensa. 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) também afirmou que recebeu um pedido de medicamentos de Parintins e no mesmo dia abasteceu o município com medicamentos para sedação solicitados. Além disso, a SES afirmou que não houve relatos oficiais sobre os fatos narrados.

Antes da pandemia, os hospitais do Amazonas consumiam 800 ampolas por mês de um dos medicamentos usados para sedação. Com a nova explosão de casos de Covid, o número subiu para 28 mil ampolas em dezembro, e 50 mil em janeiro, quando estado viveu o momento mais crítico.

Hoje, o Amazonas consome mais da metade (54%) do produto comercializado no Brasil. Há receio pela falta do produto no mercado por causa do segundo pico da pandemia.

Com informações de A Crítica, de Manaus 

Com 50% de casos a mais, Covid em Campos Belos (GO) explode e vai a 160 ativos; há ainda 130 suspeitos

 


Após as festanças e aglomerações de Natal e Ano Novo; após as viagens de férias às praias do nordeste e a outras cidades do país; após as folias de carnaval, mesmo proibidas, enfim, a conta chegou e caríssima.

Em dois dias, de sexta para esta segunda-feira, explodiram os casos de Covid-19, em Campos Belos (GO), possivelmente de cepas trazidas por esses viajantes. 

São mais 53 casos novos de pessoas contaminadas, subindo o número de pacientes ativos com a doença, a ponto de transmissão ou de agravamento, para 160. 

Pior, há ainda 130 suspeitos, só esperando a confirmação dos exames. 

Das centenas de doentes, 17 estão internados, em virtude do agravamento da doença, muitos deles entubados e outros a espera de um leito com maiores recursos em outros hospitais do país.

Ao que parece, pela forte explosão de casos, esta segunda onda da Covid na cidade parece está marcar pela "variante brasileira" ou "variante de Manaus", três vezes mais contagiosa e morta mais mortal, que pode ser pega pelo ar, pois o vírus tem o poder de ficar espesso no ar em lugares fechados.

Mesmo com máscaras, dizem os especialistas, os olhos podem ser a porta de entrada para a infeção. 

O prefeito Pablo Geovanni, ontem, usou as redes sociais para dizer que não sabe mais o que fazer para ajudar os doentes e os reiterados pedidos de vagas em UTIs feitos pelos familiares. 

Ele está de mãos atadas. Não tem para onde socorrer e Campos Belos não possui UTI. 

Infelizmente, temos que nos preparar para o pior.  

O alerta foi dado e ignorado. Agora, ao menos, se comporte


Por Ludiane Serafim, 

Há mais de uma ano atrás o alerta foi dado, coronavírus estava na ativa pra destruir até mesmo os mais fortes soldados. 

De forma direta ou indireta silenciosa e veloz atingiu a todos! O alerta foi dado, mas ignorado. Agora estamos completamente desesperados. 

O vírus trouxe consigo a fome, a miséria, o desemprego e a depressão, por isso suplico: te aquieta população. 

Hoje, 1º de março de 2021, Campos Belos/GO pede socorro, mas não chega a lugar nenhum, os leitos estão ocupados nos hospitais públicos e privados. 

Campos Belos com 160 casos confirmados, entra em desespero e para alguns bate o arrependimento de não ter dado ouvidos aos argumentos sobre esse vírus violento.

Não estou aqui para julgar ninguém muito menos aparecer, apenas quero que coloque a mão na consciência e veja o peso que ela irá ter. Nos ajude, se autoajude e verás o que vais colher. 


Covid tira a vida do cantor campos-belense Roger, o "Dozim"



Por mais que o alerta tenha sido dado de que este mês de março seria uma tragédia, um mês negro, a pancada das perdas nos surpreende e nos deixa sem chão. 

Ontem perdemos dois promissores jovens de Campos Belos (GO), Marcus e a professora Andreia.

Neste dia 1º de março, mal havia começado o fatídico mês, o luto bateu cedo às nossas portas.

Perdemos para a dolorosa pandemia nada menos do que o nosso cantor xodó, o Roger, da Dupla Roger e Leo, o Dozim, que tantas das vezes divulgamos aqui no Blog.

Roger era um campos-belense raiz, de uma família tradicional da cidade, irmão, dentre outros, da nossa querida professora Antonina.

Morava aqui em Brasília, com sua linda e digníssima família. Sua labuta era grande e diária. 

Na semana, trabalhava numa rede de farmácias, há anos, onde tinha uma carreira sólida e elogiosa.

À noite e nos fins de semana separava o seu tempo de descanso para se dedicar à sua paixão: cantar. 

E a dupla, Roger & Leo, que teve várias formações, era a ferramenta de seus sonhos. 

Pela música catava sua terrinha, enchia de saudade e de lembranças seus conterrâneos, alegrava os desconhecidos com o sotaque goiano do sertanejo.

Mas sua vida foi interrompida, abruptamente, na manhã desta segunda-feira pelo traiçoeiro vírus da Covid-19. Dozim foi internado logo após sentir os primeiros efeitos graves da doença. 

Ainda chegou a tirar uma foto, sentadinho no leito hospitalar, o que gerou uma certa confiança em sua pronta recuperação.

No entanto, a euforia logo foi dissipada. 

Seu quadro se agravou, precisou ser entubado às pressas, mas não resistiu mais do que 40 minutos. 

O coração alegre do nosso querido Dozim parou de bater e de alegrar seus conterrâneos, traído por seus pulmões comprometido pela grave peste.

Só nos resta agradecer os anos e os momentos felizes de convivência e amizade desfrutada. 

Que Deus conforte sua esposa, seus filhos, suas irmãs e irmãos, sobrinhos e primos. 

Vá com Deus, meu querido. Você fez a diferença aqui embaixo. 


Já Publicamos

Sertanejos "Roger e Leo" não podem ficar fora da festa agropecuária de Campos Belos


Dupla sertaneja "Roger e Leo" está agora com nova formação e genuinamente campos-belense

Chiclete com Banana COVER, Gian e Giovani e Roger e Leo estarão na XIX Expoagro de Campos Belos

Final de semana desesperador em Campos Belos (GO). Duas pessoas jovens morrem por Covid


A pandemia da Covid-19 trouxe um final de semana desesperador em Campos Belos (GO), nordeste do estado. 

Um terror para pacientes e familiares.

Duas pessoas, muito conhecidas na cidade, morreram em virtude da doença. 

Uma delas foi socorrida com falta de ar, sem UTI para tratamento intensivo e sem vagas em qualquer outro hospital, em Goiás ou Brasília.

Esta primeira vítima foi a professora Adreia Amaral, 44 anos. 

Nossa amiga seguidora e ativa neste Blog. Pessoa jovem, querida e servidora da rede municipal de educação. Trabalhava na Escola Joana Miranda. 

Foi contaminada pela Covid, seu quadro agravou muito rapidamente. 

Socorrida aos hospitais, lutou desesperadamente para sobreviver. 

Mas por falta de UTI na cidade e também por falta de leitos em hospitais de Goiás, Brasília e Tocantins, não conseguiu uma transferência e morreu sem o devido atendimento. 

A segunda pessoa da cidade a perder a vida para a Covid foi o jovem Marcos.

Menino bonito, forte, também muito conhecido na cidade. Filho do empresário Waltinho.

Contaminado pela Covid, ele conseguiu uma vaga numa UTI fora de Campos Belos. 

Mas, mesmo com o suporte médico, não resistiu à agressividade do vírus.

Provavelmente foi contaminado pela "variante de Manaus" ou a "variante brasileira", hoje muito temida no mundo. 

Três vezes mais contagiosa, sua carga viral é 10 vezes maior do que o novocoronavírus original. 

Tem matado muito jovens e adultos abaixo dos 30 anos. 

Ontem, o prefeito Pablo Giovanni, disse que está com as mãos atadas e nada pode fazer para socorrer os vitimados pela Covid. 

"Hoje recebi várias ligações de famílias da nossa cidade solicitando interferência para serem disponibilizadas vagas nas UTIs em Brasília e Goiânia para tratamento da Covid. Infelizmente não possui vaga disponível, Muito triste essa situação. Vamos nos prevenir", publicou o prefeito numa rede social.

A má notícia é que isso é só o começo.

Pelas projeções dos cientista de Goiás, março será um mês negro, de muito sofrimento e dor para as diversas famílias.

Muita gente vai morrer.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Prefeito de Campos Belos (GO) decreta situação de calamidade pública, fecha tudo e proíbe a venda e consumo de bebidas alcóolicas




O prefeito de Campos Belos (GO), Pablo Geovanni, foi obrigado, pelo avassalador avanço dos casos de Covid no município, a endurecer as medidas sanitárias para tentar barrar o assombroso vírus que causa a doença.

Para isso, Pablo Geovanni decretou estado de calamidade pública e tomou uma série de medidas restritivas, entre elas o fechamento de bares, igrejas, comércio em geral, com algumas exceções; proibiu a venda e o consumo de bebidas alcóolicas em qualquer estabelecimento e até confraternização em beira de rios.

Não houve outra saída ao prefeito.  

As novas cepas do novo coronavírus, como se sabe, são capazes de serem transmitidas pelo ar, como a gripe comum, e isso tem tornado a pandemia num verdadeiro desastre de saúde pública, em todo os país, com a lotação total de UTIs e um iminente colapso hospitalar no município e no estado. 

Polícia, multa e cadeia

Os cidadãos teimosos em não obedecer as regras do Decreto estão sujeitos a pesadas multas, que passam de R$ 1 milhão, prisão em flagrante e responderão a processos criminais junto ao Poder Judiciário.

Em vídeo, o prefeito informou que pediu à Polícia Militar para fazer rondas na zona rural, fazendas, povoados e na beiras de rios e balneários para coibir aglomerações e uso de bebidas alcóolicas. 

O decreto entra em vigor à 00:00 hora do dia 27 de fevereiro até dia 07 de março às 23h e 59 min. 


Abaixo, leia o Decreto, publicado ainda há pouco:  

"Fica instituída Situação de Calamidade no Município de Campos Belos, em consonância com as disposições legais contidas no Decreto nº 9.778 do Governo do Estado de Goiás, com situação de emergência em todo território municipal, para fins de prevenção e medidas de combate à epidemia COVID-19.

Art. 2° -Fica suspenso as seguintes atividades no âmbito do município de Campos Belos: 

I –todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza, desde que presenciais, inclusive shows, reuniões, espaços de uso infantil e/ou demais equipamentos sociais que ensejem aglomerações e que sejam propícios à disseminação da COVID-19,

II- missas, cultos e eventos religiosos em igrejas e/ou templos;

III- lotérica e correspondentes bancários;

IV- atividades em clubes recreativos, bem como jogos, partidas de futebol e outras práticas esportivas coletivas em locais públicos e privados;

V- as aulas presenciais de instituições de ensino público e privadas;

VI- realização da feira-livre aos domingos;

VII - a visitação a pacientes internados, ressalvados os casos de necessidade de acompanhamento de menores de idade, gestantes e idosos acima de 60 anos;

VIII- funcionamento de bares e distribuidoras de bebidas alcoólicas.

IX- funcionamento de academias, aulas de danças em locais públicos ou privados e atividades congêneres realizadas em grupo;

X- qualquer tipo de aglomeração as margens dos rios e afluentes dentro do território do município de Campos Belos, inclusive no Distrito de Pouso Alto;

XI- leilões presenciais;

XII- clínicas de estéticas, estúdios de pilates, barbearias, salões de beleza e congêneres;

XIII- venda de bebidas alcoólicas em qualquer estabelecimento comercial;

XIV- a visitação ao presídio e cadeia pública, exceto por advogados;

XV- qualquer tipo de atividade comercial que não seja essencial e não esteja relacionadas nas atividades que estão autorizadas no artigo 3º deste Decreto.

Parágrafo único: Fica proibida a venda e comercialização de bebidas alcoólicas em qualquer tipo de estabelecimento.

Art. 3º- Fica autorizado a realização das atividades:

I - o funcionamento de supermercado e congêneres com lotação máxima de 30% da sua capacidade, de maneira a evitar aglomeração no local e manter distância mínima de 2 (dois) metros entre frequentadores e colaboradores, proporcionando 
locais para higienização das mãos com álcool em gel, sendo proibida a venda de bebidas alcoólicas e o estabelecimento deverá adotar medidas para impedir o acesso das pessoas as bebidas alcoólicas com isolamento ou retirada do produto das prateleiras;

II - farmácias e drogarias;

III - clínicas médicas, veterinárias, odontológicas e de fisioterapia;

IV - distribuidoras de GLP e água mineral: mediante delivery ou take away;

V - postos de combustíveis, sendo que os serviços anexos de lanchonete, restaurantes e lojas de conveniência deverão ficar fechadas durante a vigência
deste decreto;

VI - serviços funerários e cemitérios. Os funerais, nos casos suspeitos e confirmados da COVID-19 ficam proibido velórios. Nos outros casos, o velório pode ocorrer com no máximo 10 pessoas simultâneas e duração será de no máximo 4 (quatro) horas;

VII – cartórios e escritórios contábeis e jurídicos com agendamento de horário, sendo permitido apenas um usuário dentro do estabelecimento;

VIII -serviços de reparos de linhas telefônicas e internet;

IX - hospitais, postos de saúde, unidades básicas de saúde, unidade de pronto atendimento e SAMU;

X - as oficinas mecânicas podem funcionar com agendamento prévio e controle de acesso para impedir aglomeração;

XI - as lojas de autopeças ficam permitidas pelo sistema delivery;

XII - conselho Tutelar;

XIII - táxi, moto táxi e transporte alternativo de passageiros;

XIV- tele entrega de alimentos (própria ou terceirizada);

XV - laboratórios de análises clínicas;

XVI - as padarias e açougues poderão funcionar com fita zebrada nas portas para impossibilitar a entrada de clientes no estabelecimento;

XVII - lanchonetes, pit dogs, restaurantes, pizzarias somente sob o sistema de delivery e take away, sem atendimento presencial, ficando expressamente proibida a comercialização de bebidas alcoólicas, autorizado a funcionar 24 horas.

§ 1º - Os estabelecimentos mencionados nos incisos do art. 3º deverão adotar horário de funcionamento de segunda-feira a sábado das 6h às 18h e domingo de 6h às 12h, com exceção de farmácias, postos de gasolina, borracharia.

§ 2º - Os estabelecimentos bancários, somente poderão funcionar com 30% (trinta por cento) da capacidade de circulação de pessoas, proporcionando locais 
adequados para higienização das mãos com soluções alcoólicas 70%, de maneira a evitar aglomeração no local e manter a distância mínima de 2 (dois) metros e deverão organizar as filas em consonância com as normas vigentes, ficando o gerente responsável pelo descumprimento.

Art. 4º - Ficam os órgãos municipais da administração direta e indireta fechados para atendimento ao público externo, durante o prazo de vigência deste Decreto e horário de funcionamento das 8h às 13h com exceção do serviços da saúde.

Art. 5º - A circulação de pessoas em locais públicos e/ou privados só será permitida com o uso de máscara, sendo vedado a circulação de crianças nos
estabelecimentos comerciais, mesmo portanto mascarás.

Art. 6º - Fica determinado que a Secretaria Municipal de Saúde deverá inspecionar e exercer a fiscalização, através da garantia do cumprimento das normas deste Decreto, ficando os estabelecimentos que desacatarem as medidas ora adotadas sujeitos àinterdição e demais penalidades cabíveis.

Art.7º - O descumprimento do estabelecido neste Decreto, sujeitará os infratores, as penalidades descritas no Art. 28, 31, 32 e 33 do Código Sanitário do Município
de Campos Belos, Goiás, bem como na sanção prevista no art. 268 do Decreto-Lei n° 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal); I– As penalidades previstas no Código Sanitário são:

a- Nas infrações leves, de R$ 300,00 (trezentos reais) à R$ 2.000,00 (dois mil reais);

b - Nas infrações graves, de R$ 2.001,00 (dois mil e um reais) à R$ 10.000,00 (dez mil reais);

c - Nas infrações gravíssimas, de R$ 10.001,00 (dez mil e um reais) à R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais)

II - As multas previstas no Código Sanitário poderão ser aplicadas em dobro em caso de reincidência e reincidência específica.

III – A Infração de medida sanitária preventiva especificada no Código Penal é:

Art. 268 - Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa:

Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa.

Parágrafo único - A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro.

Art. 8º- Todos os autos de infração deverão ser encaminhados à Polícia Civil para que sejam apurados os fatos em procedimento criminal a critério da autoridade
policial.

Art. 10 - Este Decreto vigorará das 00:00 horas do 27 de fevereiro até dia 07 de março às 23h e 59 min, revogadas às disposições contidas no Decreto nº 61/2021."

Pandemia: decretada situação de calamidade pública no Nordeste de Goiás I


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, decretou hoje (26) situação de calamidade pública na região Nordeste de Goiás I, em razão da pandemia da Covid-19. 

A região é formada pelos municípios de Campos Belos, Monte Alegre, Divinópolis de Goiás, São Domingos, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma, Guarani de Goiás

Este espaço geográfico é hoje a única região do estado nesta situação, que é a mais grave, tipificada na fase vermelha.

Os demais municípios do estado estão em situação de Alerta ou Crítica. Nenhum deles em fase verde. 

Não à toa, cidades como Formosa, Anápolis, Goiânia e Aparecida de Goiás informaram seus leitos de UTI estão com 100% de lotação. 

Enfermeira bolsonarista morre de reinfecção da COVID-19 após recusar vacina



Priscila era funcionária do Complexo Hospitalar Manoel Andre (CHAMA) e já havia sido infectada uma vez. 

Por isso, achou que não pegaria a doença novamente e, seguindo o raciocínio do presidente, tinha dúvidas quanto à eficácia da vacina chinesa. 

O hospital demitiu a enfermeira por ela se recusar a tomar a vacina e, na semana passada, ela pegou a doença novamente. 

Com complicações do novo coronavírus, Priscila morreu nessa quarta-feira (24/2), deixando um filho de 2 anos.

A reportagem tentou contato com o Hospital em que Priscila trabalhava, mas não teve resposta até o momento.

Além da vacina, ela também compartilhava outros vídeos e imagens envolvendo o nome do presidente. 

"Atirar a pedra é fácil, conveniente! Difícil é encarar uma guerra desta! FORÇA SENHOR PRESIDENTE! O tempo mostrará", escreveu em uma das publicações. Até mesmo em assuntos polêmicos, como o aborto.

Fonte: Estado de Minas

Em Monte Alegre (GO), Luciana perde a batalha para a Covid

 


Luciana, 41 anos, cidadã de Monte Alegre de Goiás, nordeste do estado, não aguentou a luta travada contra a Covid-19 e perdeu a vida nesta quinta-feira (25).

Ela foi contaminada pelo novo coronavírus em Monte Alegre, chegou a ser socorrida para um hospital de Luziânia (GO), no Entorno do DF, mas não resistiu. 

Esta a segunda morte registrada, nesta semana, no município vítimas da Covid.

O município, oficialmente, está em situação de calamidade pública, em razão da pandemia. 

O decreto foi publicado hoje pelo Governador Ronaldo Caiado e atinge os demais municípios integrantes da Regional Nordeste I, que reúne, entre outros, Campos Belos, São Domingos, Divinópolis e Teresina de Goiás. 

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Ministério Público do Tocantins emite Nota sobre internação compulsória de cidadão de Arraias (TO)


 Nota do Ministério Público

No tocante à reportagem sobre o cidadão Kelvis Izael Rodrigues Chaves, publicada no Jornal do Tocantins (“Vida Urbana”) em 20/02/2021, o Ministério Público apresenta os seguintes esclarecimentos. 

O Ministério Público adotou diversas providências para a proteção e defesa do direito à saúde do jovem Kelvis Izael Rodrigues Chaves, desde quando era adolescente, assegurando, inclusive, realização de tratamento de saúde em estabelecimento situado no Estado de São Paulo (autos eletrônicos n° 50000952720098272709).

Por outro lado, em face da rotineira prática de delitos no Município de Arraias, o Ministério Público ajuizou várias ações penais contra Kelvis Izael Rodrigues Chaves e teve seus pedidos acolhidos pelo Poder Judiciário, culminando na aplicação de medidas de segurança de internação em 05 (cinco) processos criminais, cumpridas no Hospital Geral de Palmas, ante a falta de local adequado no Estado do Tocantins.

Cabe esclarecer que, nos termos do artigo 97 do Código Penal, a medida de segurança de internação, imposta em todo e qualquer processo, será por tempo indeterminado – até que cesse a periculosidade do agente e tendo como limite máximo o montante da pena abstratamente fixada ao delito – e não pelo prazo de 180 dias, informado no título da reportagem. 

Por fim, de rigor registrar que as providências jurisdicionais pleiteadas pelo Ministério Público em relação aos fatos foram fundadas na legislação aplicável, visando a proteção dos cidadãos arraianos. 

O Ministério Público prosseguirá cumprindo seu dever de fiscalização da lei no processo de execução penal em trâmite e se manifestará nos autos eletrônicos assim que for intimado da avaliação médica a que foi submetido o paciente no início do mês e noticiada na matéria.

Aí fica difícil: Fiscalização sanitária interdita culto com mais de duas mil pessoas em Curitiba (PR)



A fiscalização de medidas de restrição contra a Covid-19 em Curitiba interditaram, no final desta quarta-feira (24), um culto religioso com mais de duas mil pessoas em uma igreja no bairro Batel. 

Segundo os agentes que encerraram o evento, os participantes estavam aglomerados e não mantinham distanciamento, contrariando os protocolos estabelecidos para frear o avanço da pandemia.

Conforme a apuração da emissora, três multas foram aplicadas e totalizaram R$ 150 mil. Os agentes disseram ter chegado ao culto lotado após receberem uma denúncia.

Na própria quarta, a Prefeitura de Curitiba decretou o retorno da chamada "bandeira laranja", que aponta situação crítica da pandemia na cidade. 

O decreto passa a vigorar nesta quinta-feira (25) e ficará vigente por duas semanas, podendo ser prorrogado de acordo com os índices epidemiológicos.

Na "bandeira laranja", estabelecimentos que realizam e recebem shows, eventos culturais, teatros, cinemas e museus ficam proibidos de funcionar.

A medida restringe também práticas esportivas coletivas em praças e bens públicos e privados.

Nesta quarta, o Brasil ultrapassou a marca dos 250 mil mortos pela Covid-19, além de mais de 10,3 milhões de casos confirmados registrados no país. 

A capital paranaense registra mais de 84 mil casos da doença, além de quase 2.500 óbitos.

Na próxima quinta-feira (26), o primeiro caso confirmado da doença no país completa um ano. 

Desde então, o Brasil é segundo país com mais mortes no planeta, atrás apenas dos Estados Unidos.

As informações são da TV Globo.

100% de uso de UTIs: Formosa (GO) faz carreata para alerta que sistema hospitalar está em pré-colapso


Depois das grandes cidades de Goiás, como Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia anunciarem a situação mais que crítica dos sistema hospitalar sob suas responsabilidades, com quase 100% de leitos ocupados, agora foi a vez de Formosa (GO).

Hoje (25) a prefeitura de Formosa informou que o município entrou zona laranja do contágio do coronavírus e em situação crítica de pré-colapso.

As UTIs do município estão em 100% da ocupação e com sobrecarga em todo o sistema hospitalar, público e privado.

A carreta dos órgãos de segurança pública e de saúde pediu que as pessoas se recolham em casa e, caso não houver obediência, novas medidas mais duras serão tomadas pelo Poder Público. 

Comunidades quilombolas recebem investimentos para a melhoria da infraestrutura das escolas



O Governo de Goiás, visando atender as comunidades vulneráveis, tem investido recursos na melhoria da infraestrutura das unidades destinadas à educação escolar quilombola. 

Somente no ano passado, foram destinados R$ 764.268,89 em recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE/Goiás) para a realização de reformas e da ampliação do Colégio Estadual Calunga I e em outras quatro extensões escolares localizadas no município de Cavalcante, no nordeste goiano.

Na extensão Maiadinha, agora sede do Calunga I, a reforma em andamento contempla a adequação dos sanitários para um novo banheiro acessível; a construção do piso em granitina; reforma elétrica; e pintura. 

Além disso, os 103 estudantes matriculados nas turmas de Ensino Fundamental II e Médio contarão com um novo escovódromo para a realização da higiene bucal e uma nova central de gás.

Para o professor Adão Fernandes da Cunha, que compõe a equipe gestora das unidades escolares quilombolas Calunga, as obras na unidade geram um grande impacto não só na comunidade escolar, mas também na comunidade quilombola no geral.

“Isso demonstra para nossos alunos a busca pela melhoria na qualidade da Educação Escolar Quilombola, fazendo com que os jovens e a comunidade no geral ampliem sua visão para a valorização da Educação e para a busca da realização dos sonhos”, afirma o diretor.

Novas salas

Além da reforma, a sede do Colégio Estadual Calunga I deve passar ainda por ampliação, que resultará na construção de novo bloco, composto por duas salas de aula. 

Essas novas salas serão destinadas ao atendimento dos estudantes do programa GoiásTec – Ensino Médio ao Alcance de Todos, que assistirão as aulas ao vivo via satélite.

Para viabilizar a implementação do programa na unidade, foi instalada, em janeiro, uma antena de satélite responsável por captar o sinal e viabilizar a transmissão das aulas na unidade escolar que, então, já está pronta.

O mesmo deve ocorrer na Escola Estadual Reunida Calunga II, localizada no município de Monte Alegre e que integra a lista de escolas que irão receber uma antena de satélite para implantação do programa GoiásTec.

Para o professor Adão Fernandes, a adoção da nova modalidade de ensino via satélite tem feito a diferença na vida dos estudantes da rede estadual. 

Segundo ele, com a implantação das turmas do GoiásTec “há um despertar de interesse muito grande por parte dos estudantes e de outras escolas onde não foi implementado o projeto”, conta.

Demais unidades

Além da sede do Colégio Estadual Calunga I, três extensões escolares passaram por reformas recentes. Ao todo, foram destinados R$260.500,01 em recursos para a extensão Santo Antônio; R$ 118.499,42 para a extensão Vereador Anedino e R$ 80.198,55 para a extensão Vão das Almas.

Concluída em dezembro do ano passado, a obra na extensão Santo Antônio resultou em uma série de transformações na infraestrutura da unidade. Além da reforma no bloco já existente e na parte elétrica, foram construídos um novo bloco, com duas salas de aula, um sanitário reduzido e uma passarela, ligando os dois espaços.

A extensão Vereador Anedino também ganhou uma nova sala de aula. O local, que atende XX alunos, passou por uma reforma geral, com adequação dos sanitários para garantir a acessibilidade, pintura, reforma do piso e reforma elétrica.

Além das unidades escolares localizadas no município de Cavalcante, as escolas quilombolas de Monte Alegre também receberam investimentos do Governo de Goiás para a realização de melhorias na infraestrutura.

A Escola Estadual Calunga II e suas extensões estão entre as 936 unidades da rede estadual que receberam recursos do programa Reformar II, do Governo de Goiás. O valor está sendo aplicado na realização de pequenos reparos nos banheiros e nas cozinhas dos prédios.

Alterações

Para a coordenadora regional de Educação de Campos Belos, Natalícia dos Santos Pereira, as reformas nas escolas estaduais Calunga acontecem em um momento em que a própria logística administrativa dessas escola passa por mudanças.

Segundo a coordenadora, considerando a inviabilidade logística de uma gestão única para cinco unidades escolares Calunga, localizadas em três municípios distintos, a Seduc, por meio da CRE de Campos Belos e da Superintendência de Modalidades e Temáticas Especiais, decidiu pela redução no número de escolas, bem como pela indicação de grupos gestores distintos para cada uma das escolas.

Desse modo, as Escolas Estaduais Calunga IV e V, também localizadas no município de Monte Alegre, passaram a ser extensões do Escola Estadual Reunida Calunga II, que se tornou sede das unidades escolares quilombolas da região.

Fonte: Seduc-GO