quinta-feira, 26 de março de 2020

Em Combinado (TO), idoso de 97 anos está com suspeita de COVID-19. Família nega


A Secretaria Municipal de Saúde de Combinado (TO) informou, nesta quinta-feira (26), que há um caso suspeito de COVID-19 no município.


Trata-se de um idoso de 97 anos que apresenta sintomas semelhantes à doença.

O órgão informou que o paciente permanece internado no Hospital de Referências de Arraias, município vizinho. 

Também segundo a prefeitura, o paciente já realizou a coleta do exame, que  será encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen).

“O caso é suspeito e estamos aguardando o boletim da situação do paciente. O que sabemos é que ele tem histórico de outras complicações de saúde”, disse um representante.

Ainda de acordo com a pasta, outras informações serão divulgadas através de um boletim informativo da secretaria.

A cidade está localizado a 530 km de Palmas (TO), no sudeste do estado. 

Família nega e faz nota de repúdio 

Logo após a informação chegou à imprensa, a família do idoso contestou a informação da Secretaria de Saúde de Combinado e disse que o homem não está com coronavirus. 

"Nota de Repúdio 
     

Família de idoso de 97 anos vem a público, especialmente, ao povo de Combinado do Estado do Tocantins, repudiar veementemente uma nota publicada pela Secretária Municipal de Saúde de Combinado no dia 25 de março de 2020 na qual informava à  população um caso suspeito de coronavirus de forma leviana e irresponsável sem antes ter elementos informativos robustos, demonstrando  total desprezo pela vida do paciente e pelos familiares que vivem no município há mais de 30 anos. 

Destarte, requer  uma retratação por parte da  Administração Pública desse município e que passe a tratar o caso com responsabilidade e compromisso. 

A Família reitera que as medidas de prevenção estão sendo adotadas e que acredita na prestação de serviço público de saúde de forma eficiente e  transparente. 

O paciente teve em atendimento em Palmas no dia 11/02/2020 e não havia caso diagnosticado de coronavirus no Estado do Tocantins. O paciente se encontra em tratamento de AVC desde dezembro de 2019, nos últimos dias o quadro de saúde se agravou  havendo a necessidade de transferência para o hospital de referência da região.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.