quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Prefeito denuncia que teve celular clonado por golpista que passou a pedir dinheiro a contatos dele


O prefeito de Aurora do Tocantins, Aloilson Tavares Cardoso (PTB), conhecido como Caçula, denunciou à Polícia Civil, na última quinta-feira (13), que teve o aparelho celular clonado por um golpista. 


O crime foi percebido pelo gestor municipal no início da manhã. De acordo com informações apuradas, outros prefeitos da região sudeste do estado também já foram alvos dos golpistas e tiveram seus celulares clonados.

Em entrevista, Caçula explicou que foi surpreendido na manhã da quinta-feira (13) com o alerta de amigos e secretários da gestão que começaram a receber mensagens via WhatsApp, pedindo para que eles fizessem depósitos transações bancárias.

Caçula disse que o golpista enviou mensagem para a gestora do fundo municipal de saúde do município se passando por ele e solicitando extratos da conta e que ela fizesse transferências bancárias. 

Ainda segundo o político, o golpista também enviou mensagem ao contador da prefeitura solicitando extratos bancários das contas do município.

O prefeito informou que mesmo com as tentativas de aplicar o golpe, o criminoso não teve sucesso.

“Graças a Deus que nenhum dos servidores que receberam as mensagens desse criminoso, caíram no golpe”, disse.

O prefeito lamentou o ato criminoso e informou que todas as “medidas cabíveis já estão sendo tomadas no intuito de tentar identificar a autoria”. 

Ainda segundo o prefeito, o número clonado já foi encaminhado para a operadora de telefonia fazer o cancelamento da linha.

O caso foi registrado na Polícia Civil, que deverá abrir um inquérito para investigar o caso.


Fonte: Agência Tocantinense de Notícias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.