sábado, 18 de janeiro de 2020

Tragédia em Paranã (TO): avó desaparece após tentar salvar neta de três anos. Corpo da netinha foi encontrado


Uma criança de três anos e a avó dela foram arrastadas pela correnteza do rio Palmas, quando tomavam banho na zona rural de Paranã, na região sudeste do Tocantins. 


De acordo com o Corpo de Bombeiros, a menina Maria Eduarda Araújo Silva foi encontrada morta horas depois. 

Já a avó Maria da Conceição Antônio de Araújo, de 60 anos, que tentou salvar a neta, está desaparecida e é procurada.

O acidente aconteceu no rio Palmas por volta de meio-dia da última quarta-feira (15). 

Testemunhas disseram à Polícia Militar (PM) que a criança começou a ser arrastada pela força da água e a avó nadou na direção dela para tentar salvá-la, mas também sumiu. 

Uma terceira pessoa que acompanhava as vítimas também teria entrado no rio, mas logo voltou à superfície.

Os próprios moradores fizeram buscas e encontraram a criança, já sem vida, por volta das 17h. O corpo estava pouco abaixo do local do afogamento.

Os bombeiros de Gurupi foram chamados ao local do afogamento no final da tarde e começaram a procurar a idosa no início da manhã de quinta.

Até neste sábado, no início da noite, as buscas não tiveram sucesso.  

A PM acompanha o caso e o Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi foi chamado ao local para recolher o corpo de Maria Eduarda.

Com texto: Gazeta do Cerrado


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.