quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Previsão indica mais chuvas para o Matopiba


As previsões indicam mais chuvas para a região do Matopiba nas próximas 24 horas. 

As chuvas acontecem devido a grandes áreas de instabilidades que continuam ativas no Nordeste e espalham nuvens carregadas ao longo do dia. 

Meteorologistas confirmam atraso na estação chuvosa para a região, mas a climatologia indica que as chuvas devem acontecer até meados de agosto neste ano, compensando os atrasos.

A semana já começou com bons volumes no Maranhão, Piauí e Bahia. 

De acordo com a Climatempo, durante esta terça-feira (7) os maiores volumes são esperados para o Maranhão e Piauí. 

"Centro-sul do Maranhão e do Piauí e o noroeste da Bahia, incluindo Barreiras, têm predomínio de céu nublado, poucas aberturas de sol e chuva a qualquer hora. Há risco de temporais", afirma a Climatempo.

O modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também indica chuvas para a região, sobretudo para o Tocantins e Maranhão. 

De acordo com os mapas, há condição de chuva em todo o estado do Tocantins, podendo acontecer pancadas ao longo do dia. Já no Maranhão, as chuvas tendem a ser mais volumosas, sobre tudo no centro-sul do estado.

Também há previsão de chuvas para oeste da Bahia, mas ainda em volumes mais baixos. No leste do Piauí, podem ser registrados acumulados entre 30 e 40 milímetros. 

Outras regiões


Os mapas do Inmet indicam ainda chuvas expressivas para o Mato Grosso do Sul nas próximas 24 horas. 

A passagem de uma frente fria pelo sul do país leva condições de volumes expressivos para a região, onde as precipitações podem ficar entre 60 e 70 milímetros no sul do estado. 

Já na região central do país, as condições de chuvas seguem firmes. 

Os mapas indicam que o canal de umidade segue atuando na região, além da uma zona de convergência que estará atuando de maneira mais expressivas na região e que também levará condições de chuvas expressivas para o Nordeste.

Últimas 24 horas

Segundo os dados do Inmet, em Goiás as chuvas mais expressivas foram registradas no norte do estado, com acumulados entre 40 e 50 milímetros de precipitação.

Ainda no Centro-Oeste também choveu em pontos do Mato Grosso, onde foram registrados precipitações entre 20 e 25 milímetros, sendo os maiores volumes registrados na área norte do estado.

Já na região do Matopiba, choveu no norte do Tocantins de maneira mais expressiva, com precipitação de até 40 milímetros. No sul do Maranhão os acumulados registraram chuvas entre 25 e 30 mm.

Também no Matopina, foram registradas chuvas no oeste da Bahia, com precipitação entre 15 e 20 milímetros.

Já no Sudeste, os volumes mais expressivos foram registrados no sul de Minas Gerais - entre 25 e 30 mm e em pontos do Rio de Janeiro e São Paulo, porém em volumes baixos.

Fonte: Clima tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.