sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Enel rebate governador de Goiás e afirma já ter instalado rede elétrica em Policlínica de Posse (GO)


A Enel Distribuição divulgou nota nesta quarta-feira (29), afirmando já ter concluído as obras de instalação da rede elétrica na Policlínica de Posse, em resposta ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que cobrou a empresa em vídeo postado em suas redes sociais.

No vídeo, Caiado diz ter o compromisso de inaugurar a Policlínica em 28 de fevereiro, com a presença do presidente Jair Bolsonaro e do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. 

“Nós estamos aqui com um transformador de 750 KVA, já pronto para fazer funcionar toda a nossa aparelhagem, de ressonância magnética a raio X, a todos os outros aparelhos, mas até agora a Enel não apareceu”, declara.

Em resposta, a Enel afirmou que as obras estão concluídas desde agosto de 2019, com tudo pronto para energizar a unidade de saúde. 

Para isto, no entanto, segundo a companhia de energia, é necessário que Secretaria da Saúde finalize a obra de subestação responsável por atender a unidade.

Confira, na íntegra, a nota da Enel:


"A Enel Distribuição Goiás informa que finalizou em 07 de agosto de 2019 a construção da rede elétrica para atender a Policlínica de Posse. 

A empresa reforça que, desde então, a obra da distribuidora está pronta para energizar a unidade de saúde. 

Para que a Policlínica seja conectada à rede elétrica, a Secretaria de Saúde precisa finalizar a obra da subestação que atenderá a unidade, que é de responsabilidade da própria instituição.

A Enel Goiás está em contato com representantes da Secretaria para prestar todo apoio necessário e realizar a vistoria e a energização da Policlínica. 

A companhia aguarda a conclusão da obra pela Secretaria de Saúde para que a unidade esteja em condições adequadas para ser energizada.

A Enel Goiás construiu uma rede elétrica nova de alto padrão para atender a Policlínica, além de substituir cabos antigos por outros mais resistentes para garantir a confiabilidade do fornecimento. 

A empresa atuou de forma a antecipar todos os prazos e exigências para conectar a unidade de saúde à rede de distribuição de energia, ainda em 2019."

Fonte: Sagres

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.