sábado, 18 de janeiro de 2020

Inscrições abertas para concurso público que oferta salários de quase R$ 10 mil no Tocantins; Há vagas para Arraias


Já estão abertas as inscrições do concurso público da Universidade Federal do Tocantins (UFT) que oferta 15 vagas para professor efetivo e salários de até R$ 9,6 mil.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 2 de março de 2020 através do endereço eletrônico da banca organizadora do certame, a Comissão Permanente de Seleção da UFT, a Copese. 

A taxa custa R$ 260.

O concurso oferta vagas para professores dos cursos de história (1) em Porto Nacional; medicina (6) e zootecnia (1) em Araguaína; direito (2) e pedagogia (1) em Arraias; educação física (1) e psicologia (3) em Miracema.

Além da inscrição, o certame é composto de prova escrita, avaliação de títulos e prova didática para todas as vagas e prova prática apenas para as que exigem titulação mínima de mestrado ou doutorado.

O edital e o link para realizar a inscrição estão disponíveis aqui.

Vídeo do Dia: Deputado federal e secretário de Goiás confirmam término da GO-447




O deputado federal José Nelton disse, numa rede social, que o governador Ronaldo Caiado determinou ao presidente da Goinfra, Pedro Sales, a terminar a pavimentação asfáltica da GO-447, rodovia que liga a cidade de Divinópolis de Goiás à GO-118, em Monte Alegre de Goiás.


A pavimentação dos 60 km dessa rodovia é tida como estratégica para a integração de todas as cidades do nordeste de Goiás e sudeste do Tocantins.

Ela deve facilitar o turismo de Terra Ronca com a Chapada dos Veadeiros; o acesso de estudantes às universidades do Tocantins e vice-versa; o escoamento de produção para a BR-020, com destino ao Oeste Baiano, dentro outras importantíssimas consequências positivas.

A bronca é que essa pavimentação é uma promessa de mais de 40 anos e todo ano de eleição, as mesmas promessas se repetem.

Será que desta vez é mais uma promessa de político sem noção?

Lojão do Braz está com mochilas escolares com até 50% de desconto




O Lojão do Brás, em Campos Belos (GO), recebeu grande variedade de mochilas e bolsas escolares para a volta às aulas.

Há muitas e variadas opções de mochilas e bolsas escolares.


Mas a grande surpresa é o preço. Muitas delas com até 50% de desconto.


Com certeza, o melhor preço da região e muita qualidade nos produtos, você só encontra no Lojão do Brás.


Descontos à vista e parcelamentos nos cartões de crédito

Fone (62) 3451-1218. Rua do comércio, em Campos Belos (GO).

Eduardo Terra reúne-se com Ronaldo Caiado e diz que Centro de Hemodiálise de Campos Belos (GO) é pautado


Na última quarta-feira (16), o prefeito de Campos Belos (GO), Eduardo Terra, esteve reunido com governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado.

Segundo postagem em sua rede social, o prefeito afirmou que fez vários pedidos ao governador, mas, o foco maior foi a abertura do Centro de Hemodiálise em Campos Belos.

Ainda de acordo com o prefeito, ele disse a Caiado que o Centro de Hemodiálise é a demanda com maior urgência, pois atualmente os pacientes tem que viajar até Formosa (GO) para fazer seu tratamento.

O prefeito fez mais pedidos, entre eles, o levantamento da GO-452, o custeio permanente para manter a saúde do município, tendo em vista ele atende toda a região, e a reabertura do Vaput Vupt, com todos os serviços.

“Agradeço o meu amigo, Deputado Tião Caroço por ter me acompanhado nesta reunião e quero dizer que estou muito otimista com o que foi acordado hoje”, disse Eduardo Terra.

Após ações judiciais, prefeito de São Domingos (GO) diz que não perde a vontade de continuar trabalhando


"Olá pessoal.

Hoje São Domingos tem um Gestor com perfil que há muito tempo desejamos. 


Um prefeito que trabalha sem olhar o marcador de horas e nem datas. Honesto e empreendedor. 

Transparente em suas ações administrativas.

Quem tem dúvidas disso?

O que faz, faz sempre o melhor. Em todas as áreas, vem deixando visível a sua ótima atuação.

Reflitam sobre a nossa Saúde, Educação, Esportes, Limpeza, Iluminação, revitalização de ruas e estradas, sede administrativa (prefeitura), eventos festivos, aparelhagem da Secretaria de Transportes, e por aí vai. 

Façam uma análise do antes e do agora.

Foi realizado o show do Amado Batista, sendo pago ao cantor R$140.000,00 (e não R$ 200.000,00). 

Aliás, um super show que reuniu 17 mil pessoas, que aqueceu a economia do município em todos os segmentos e, agradou massivamente a nossa população.

Quantos diziam que nossa cidade era pior que todas as outras. 

Que essas realizavam sempre shows com artistas renomados, como é o caso de Divinópolis, Guarani, Posse, Campos, entre outras e, aqui nada.

Pois bem, a Gestão Municipal realizou um baita show, sob os olhares da judiciário, quebrando essa mística de que aqui éramos incapazes.

Quanto à Enel, faz-se lembrar que a mesma tem uma sistemática de operação que não agrada a ninguém. 

Tanto é que o Governo de Goiás, está expulsando-a do Estado, enquanto aqui, vemos defesa para a mesma em detrimento de algo que foi muito bom para o nosso povo. Vai entender quem assim defende.

Quantos as cores pintadas em prédios e bancos públicos, motivo de tantas discussões recentes, demonstra o tamanho da nossa pequenez. 

Ali estão as cores oficiais do município e há prerrogativa em lei municipal determinando esse tipo de ação.

Feito assim, virou motivo de denúncia como sendo as cores de Partido!?

Lembrando, que coincide com cores do PL, do MDB e outros.

Que influência política eleitoral isso traz? Será que alguém vota em alguém porque pintou o banco da praça de uma certa cor?

O Prefeito tem agora duas ações para se defender, oriundas de ações empreendidas pensando no melhor para a nossa gente.

Isso é preocupante, pois pelo visto, outras virão e, ao invés do Prefeito continuar com a dedicação exclusiva na melhora deste município, vai ter que dedicar também a sua defesas nas esferas da justiça.

Já assistimos esse filme, só não demos conta de dimensionar os prejuízos acarretados ao município, sendo eles grandes demais.

Aos que "afundam" o caminho do Fórum com denúncias de todas as espécies, saibam que grandes são suas ações para o enfraquecimento do nosso povo, da nossa gente.

Sabemos que a oposição existe e, sempre quis mexer os "pauzinhos" para enfraquecer o Prefeito a fim de frear a sua escalada na aceitação pública, pois pelo que vimos, já mandaram realizar levantamentos com resultados nada favoráveis para si.

Deixo aqui palavras de conforto ao Prefeito Cleiton Martins, repetindo as recentes palavras de uma cidadã da nossa cidade, dizia ela "Administração Boa igual a de Cleiton, em São Domingos, nunca vi".

Que você defenda das ações judiciais impostas, mas que não perca a sua vontade de continuar trabalhando como Prefeito, nesses três últimos anos. 

São Domingos muito precisa de você."

Morador de São Domingos (GO)

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Será? Governador Ronaldo Caiado autoriza finalização da GO-447, entre Monte Alegre de Goiás a Divinópolis de Goiás





O governado do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, autorizou a finalização da obra na GO-447, que liga todo o nordeste goiano.

A obra é um promessa de 40 anos e depois de muito tempo e muita promessa parece que finalmente os 60 km de rodovia serão concluídos.

Segundo o deputado Paulo Trabalho, essa foi uma luta constante dele e outros parlamentares, como o prefeito de Divinópolis Charley Tolentino, que estiveram em diversas reuniões com o presidente da GoInfra no ano de 2019 para que a obra fosse finalizada.

Segundo o parlamentar, o governado autorizou o presidente da GoInfra, Pedro Henrique Sales, finalizar a obra, com urgência.

" Diante dos pedidos do Deputado Paulo Trabalho que vem ocorrendo desde de Março de 2019, noúltimo oficio de 31 de outubro de 2019, o presidente da GoInfra divulgou a urgência da retomada das obras na GO 447. A expectativa é grande para a finalização do trecho, que só tem a ajudar a grande população que circunda a rodovia".

Guias turísticos acobertavam João de Deus. Ele atuou em Campos Belos (GO)


O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ofereceu, no dia 26 de dezembro de 2019, a 12ª denúncia contra João Teixeira de Faria por crimes sexuais praticados contra duas vítimas. 


Conhecido como João de Deus, o acusado morou em Campos Belos (GO), nos fins dos anos 70 e início dos anos 80, e era conhecido na cidade como João Curandeiro, onde chegou a constituir família. 

Também foram denunciados dois guias que realizavam o transporte de fiéis do Rio Grande do Sul para Abadiânia e possuíam livre trânsito na Casa Dom Inácio de Loyola. 

O MP-GO inaugurou uma nova fase de investigação, que vai apurar a existência de uma rede de proteção para o cometimento dos crimes sexuais. Os estupros de vulnerável ocorreram de janeiro de 2009 a janeiro de 2011. 

João Teixeira de Faria já foi condenado a 19 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado por violação sexual mediante fraude contra duas mulheres e estupro de vulnerável contra outras duas, além de quatro anos de prisão, em regime aberto, por porte ilegal de armas.

O envolvimento dos guias na prática dos crimes sexuais, de acordo com os promotores de Justiça que integram a força-tarefa instituída pelo MP-GO para apurar os crimes cometidos por João Teixeira de Faria, é decorrência da relação de confiança estabelecida com as vítimas e suas famílias, a ponto de elas confidenciarem a eles os atos sexuais a que haviam sido submetidas. 

Todavia, mesmo sendo conhecedores da prática contra diversas outras mulheres, não agiram no sentido de evitar a ocorrência dos crimes contra as vítimas que fazem parte da denúncia.

Segundo os promotores de Justiça Renata Caroliny Ribeiro e Silva, Augusto César Souza e Paulo Penna Prado, mesmo após tomarem conhecimento real dos abusos sexuais que aconteceram com as vítimas durante os atendimentos individuais com João Teixeira de Faria, muito além de serem coniventes com os referidos abusos, e não adotarem qualquer providência no sentido de evitar a sua ocorrência ou amparar as mulheres vitimadas, os guias atuaram energicamente visando acobertar as práticas ilícitas e impedir que as vítimas acionassem a justiça.

No entendimento dos integrantes da força-tarefa, os guias visavam, de um lado, assegurar a impunidade do agressor sexual e principal responsável pelas atividades desenvolvidas na Casa Dom Inácio de Loyola, e a manutenção de seu status quo como guias do local, de onde auferiam renda e prestígio. 

Diante dessa constatação, o MP-GO detectou indícios de que João Teixeira de Faria contava com uma espécie de rede de proteção para a escolha das vítimas e a manutenção da estrutura de atendimentos realizados na Casa, a qual favorecia que as vítimas, sempre mulheres, fossem direcionadas a atendimentos individuais, permitindo a concretização dos abusos sexuais.

A rede de proteção comportava-se ativamente para que as vítimas fossem persuadidas de que a prática realizada durante os atendimentos individuais por João Teixeira de Faria não se tratava de abuso sexual, mas de uma parte do processo de cura e limpeza espiritual, o que redundava na continuidade dos abusos e de todo o esquema criminoso.

Embora os crimes sexuais praticados no ano de 2009 estejam prescritos para João Teixeira de Faria, o mesmo não ocorre com relação aos guias denunciados, cujas idades não são superiores a 70 anos. 

As vítimas apresentavam vulnerabilidades, como crise de pânico, as quais eram intensificadas com as ameaças espirituais, como infelicidade no casamento e divórcio.

O MP-GO detectou que, dentre as falácias que os guias denunciados proferiam às vítimas para assegurar a continuidade dos abusos, destacam-se afirmações de que as ejaculações de João Teixeira de Faria eram limpeza espiritual, de chacras, realizada por uma entidade incorporada naquele por meio de uma relação sexual com as vítimas, e que eles mesmos já teriam se submetido a essa limpeza, porém, quem realizava esse tipo de trabalho em homens seria outro funcionário da Casa Dom Inácio de Loyola.

João Teixeira de Faria foi denunciado por três crimes sexuais cometidos contra duas vítimas. 

Já o primeiro guia é acusado por seis crimes sexuais, e o segundo, por dois crimes sexuais, ambos na condição de garantidores que se omitiram, já que assumiram a responsabilidade de impedir o resultado, devendo e podendo fazê-lo.

O MP-GO ofereceu 12 denúncias contra João Teixeira de Faria por crimes sexuais, envolvendo 59 vítimas cujos crimes não estão prescritos e 89 prescritos. 

Já procuraram o MP-GO cerca de 330 mulheres – destas, 194 formalizaram denúncias contra ele. 

Tramitam outras duas denúncias contra ele, por porte ilegal de armas – uma em Abadiânia e outra em Anápolis –, além de uma ação civil pública, com pedido de indenização por danos morais, que já obteve o bloqueio de ativos financeiros, bens móveis e imóveis no valor de R$ 50 milhões.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MP-GO

Em Taguatinga (TO), operação conjunta entre Polícia Civil e Militar prendem suspeitos e recupera 15 cabeças de gado furtadas


Uma ação das forças de seguranças do Tocantins resultou na prisão de três suspeitos de furto de gado na região sudeste do estado. 


De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os animais foram furtados em uma propriedade rural no município de Ponte Alta do Bom Jesus e localizados em Palmeirópolis.

Os animais foram furtados na madrugada desta quarta-feira (15). 

A ação contou contou com a participação de policiais civil e militares dos municípios de Dianópolis, Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus e Palmeirópolis.
Conforme o delegado Eduardo Nunes, após o produtor rural ser informado que em sua propriedade havia ocorrido o roubo de 15 cabeças de gado ele acionou a Polícia Militar de de Dianópolis e Taguatinga.

“Na ocasião, o caseiro da fazenda informou, ainda muito nervoso, que dois homens o haviam rendido. 

Só que no decorrer das investigações, ele acabou assumindo participação no furto dos animais”, afirmou o delegado, ressaltando que o homem de 24 anos trabalhava há apenas três meses naquela propriedade rural.

Localização

Após confessar que o caminhão carregado com os animais estava em direção a Palmeirópolis, agentes da Polícia Civil chegaram a um pasto arrendado onde os animais estavam alojados.

A delegada Thuanny Rúbia Ferreira da Silva disse que os dois homens que estavam no local, sendo um de 41 anos e outro de 19 anos, foram autuados em flagrante.

“O arrendatário do pasto não tinha ciência da ação criminosa. De acordo com o depoimento, eles iriam vender os animais nesta quinta-feira (16), data em que estava programado um leilão de gado na cidade”, explica.

Ainda segundo a delegada, após os procedimentos cabíveis, os dois homens foram encaminhados para a Cadeia Pública de Palmeirópolis.

A Polícia Civil acredita ainda na participação de mais envolvidos no crime.

Candidata com ensino superior é impedida de tomar posse em cargo de nível médio na Marinha



Ela fez faculdade de tecnologia em radiologia e o cargo em questão era o de técnico em radiologia

Uma candidata aprovada no concurso público da Marinha do Brasil foi impedida de tomar posse. 

O motivo: ela ter grau de escolaridade superior para um cargo que exigia apenas nível médio de formação escolar, mesmo que na mesma área requerida no edital. 

Ela fez faculdade de tecnologia em radiologia e o cargo em questão era o de técnico em radiologia. Segundo a candidata, ela foi eliminada sob o fundamento de que a titulação apresentada não atendia a formação mínima exigida no edital.

O caso foi parar na Justiça e decisão foi unânime a favor da concorrente. Segundo o desembargador federal Carlos Augusto Pires Brandão, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), não há razoabilidade na decisão tomada pela banca examinadora do certame ao não admitir ampliação dos requisitos mínimos exigidos.

“O princípio da vinculação ao Edital deve ser aplicado com atenção aos princípios da razoabilidade e da proporcionalidade. 

Nesse sentido, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e os Tribunais Regionais Federais (TRFs) possuem o entendimento de que o candidato que possui grau de escolaridade superior ao exigido no edital, na mesma área, tem direito líquido e certo à nomeação e posse,” afirmou.

Para o desembargador federal, o fato de o autor possuir diploma de curso superior ao exigido pelo edital o habilita ainda mais. 

“O ensino superior é indicação de um maior grau de instrução na área de conhecimento, o que vai ser revertido em benefício dos usuários do serviço de radiologia da Marinha e para a própria Administração Naval que irá contar com um militar mais qualificado em seus quadros.”

Fonte: Correio Braziliense

Carreta de bois tomba em Monte Alegre de Goiás, mata ajudante de motorista e quatro animais



Uma carreta carregada de bois tombou no início da noite da última segunda-feira (13), por volta das 19h, na rodovia GO-118, após 8 km de Monte Alegre de Goiás, sentido Brasília. 

O motorista da carreta, morador de Campos Belos, perdeu o controle do veículo numa curva à esquerda e tombou logo em seguida.

No acidente, Rômulo César, ajudante de motorista, morreu na hora. 

Quatro dos 53 bois que estavam sendo levados para a cidade de Nova Crixás (GO) também morreram. 

Dois outros quebraram as pernas e tiveram que ser sacrificados. 

Os demais se dispersaram pelo mato. 

A carreta pertencia ao produtor rural e empresário Antônio Braz, de Campos Belos, e conduzia os animais comprados de fazendeiros da região para a Fazenda Conforto, de propriedade do empresário Alexandre (Xande) Negrão, ex-piloto da Stock Car.

A morte do ajudante de motorista Rômulo César abalou a cidade de Campos Belos e deixou transtornados  familiares e amigos de trabalho e ligados ao agronegócio.

O corpo dele foi velado e sepultado em Campos Belos ainda na tarde desta terça-feira (14), sob forte comoção.   

A Polícia Civil de Goiás deve investigar as causas do acidente. 

Assista abaixo vídeos feitos momentos depois da tragédia. 




Juíza decreta indisponibilidade de R$ 200 mil do prefeito de São Domingos (GO)



A juíza Erika Barbosa Gomes, da comarca de São Domingos, atendeu pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e decretou a indisponibilidade de bens, no valor de R$ 200 mil, do prefeito Cleiton Gonçalves Martins e a regularização dos débitos da prefeitura de São Domingos com a Enel Distribuição Goiás. 

Na ação civil pública (ACP) por ato de improbidade administrativa combinada com obrigação de fazer, o promotor de Justiça em substituição Bernardo Monteiro Frayha afirma que Cleiton Martins violou, além de princípios administrativos, os deveres da legalidade, moralidade e lealdade ao município e à comunidade. 

Além disso, sua conduta causou prejuízo à própria imagem do município.

De acordo com Bernardo Monteiro Frayha, Cleiton Martins parcelou dívida com Enel, no valor de R$ 159 mil, em meados de 2017. 

No entanto, em setembro de 2018, a concessionária de energia informou ao MP-GO que a prefeitura não estava pagando o consumo mensal nem as cotas do parcelamento. 

“Não obstante a dívida, o prefeito de São Domingos contratou show artístico do cantor Amado Batista pelo valor de R$ 200 mil, mesmo após recomendação expedida pela promotoria de Justiça”, afirmou o promotor. 

A dívida do município alcançou o valor de R$ 656.239,68. Nesta mesma época, os serviços de energia da Secretaria de Educação e da Delegacia de Polícia Civil foram cortados por falta de pagamento.

O promotor de Justiça sustentou que o prefeito afrontou o princípio da legalidade, uma vez que é obrigação do gestor público pagar as contas do município, principalmente as essenciais para o regular desenvolvimento do ente, a exemplo da energia. 

Ofendeu também a moralidade, já que o município sofreu corte de energia em sua Secretaria de Educação e no prédio da Delegacia de Polícia.

Segundo Bernardo Monteiro Frayha, cabe ao prefeito atuar com transparência de seus atos e ações, observando a moralidade intrínseca ao próprio cargo que ocupa. 

Ele explicou que o dever de lealdade ao município e aos munícipes de São Domingos foi violado na exata medida em que Cleiton Martins deixou de pagar conta básica, colocando o nome do município no cadastro de devedores e causando o desligamento da energia de seus prédios. 

“A título de exemplo, a educação constitui direito social e é dever do ente federativo garanti-la como preparo para o exercício da cidadania e qualificação ao trabalho. 

Uma Secretaria de Educação municipal jamais deve passar por um corte de energia elétrica, sob pena de subversão de todos os valores pregados pela Constituição da República”, observou.

Na ACP, o promotor de Justiça pediu a condenação do prefeito à suspensão dos direitos políticos, perda do cargo e proibição do prefeito de contratar com o Poder Público, multa de duas vezes o valor do dano causado – o valor dos juros, multa e correções realizadas em razão da dívida criada –, o que corresponde a R$ 45.954,02. 

Pediu também a condenação, por danos morais coletivos causados à coletividade, de dez vezes o valor do prejuízo causado, de R$ 229.770,00.

Na decisão liminar, a juíza Érika Barbosa Gomes decretou a indisponibilidade dos bens de Cleiton Martins, no valor R$ 200 mil, e determinou que sejam regularizados, no prazo de 15 dias, os débitos municipais com a Enel, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. 

De acordo com a magistrada, o prefeito atentou contra o princípio da moralidade administrativa ao deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, “consistente em honrar os compromissos financeiros municipais atinentes ao serviço essencial de energia elétrica, violando os deveres de honestidade e lealdade”.

“Mesmo advertido, o prefeito persistiu inadimplente, escolhendo honrar o compromisso com o cantor Amado Batista em vez de providenciar o pagamento ou a negociação do débito com a Enel, o que prejudicou a prestação de outros serviços essenciais do município”, afirmou Érika Barbosa Gomes. 

De acordo com a juíza, foi comprovada a situação necessária a embasar a decretação da indisponibilidade de bens. 

Fonte: MPGO

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Cidadania: crianças vão à delegacia após vizinha tomar bola que bateu no portão da casa dela


Um grupo de crianças que jogava bola na rua procurou a delegacia após uma vizinha tomar a bola que eles estavam utilizando.

O caso inusitado aconteceu na tarde de quinta-feira (9), em Presidente Dutra, no Maranhão. 


Irritada, a mulher teria acabado com a brincadeira dos garotos porque a bola bateu no portão dela.

O delegado César Ferro relatou a visita da molecada. 

“Pediram providências da polícia para recuperar a bola, já que a vizinha tinha se apropriado indevidamente dela. Foi um fato inusitado. 

Nunca tinha acontecido de crianças procurarem a delegacia para resolver esse tipo de coisa”, contou.

Os garotos disseram que a bola era velha e murcha, e a equipe da delegacia providenciou uma bola nova para eles.

O delegado disse ainda que fez recomendações à vizinha. “Mandei dizer a mulher para não subtrair mais a bola deles, senão ela seria chamada à delegacia”.

Resolvida a questão, os meninos voltaram a jogar — e com bola nova.

Fonte: g1

Ex-Goiás, atacante Michael é vendido para o Flamengo


O atacante Michael, de 23 anos, foi vendido para o Flamengo. 

O anúncio foi realizado pelo Goiás Esporte Clube no início da tarde desta sexta-feira (10). 

De acordo com a assessoria do clube, agora o jogador deve fazer os exames médicos e assinar o contrato com o clube carioca.

A novela da venda do atacante teve início após três clubes demonstrarem interesse: Palmeiras, Corinthians e Flamengo. 

Segundo o Estadão Conteúdo, os valores pedidos pelo clube goiano fizeram com que os clubes paulitas saíssem do pleito. 

Ainda de acordo com a agência de notícias, a transferência para o clube rubro-negro foi concretizada em R$ 34 milhões.

Apesar disso, o Flamengo teve as primeiras propostas recusadas até chegar a um acordo com o clube goiano, nessa semana. 

Com a contratação, Michael defenderá o atual campeão brasileiro no Brasileirão deste ano e na Copa Libertadores.

Michael chegou ao Goiás em abril de 2017 com o contrato de cinco anos. Ele já tinha passado pelo Goianésia e também defendeu, de forma breve, o Goiânia e Monte Cristo. 

O atacante foi eleito a revelação do último Campeonato Brasileiro.

Nas redes sociais, o Goiás se “despediu” de uma forma bem humorada e ainda deixou “as portas de casa abertas” caso o atacante queira voltar. 

“Continue cativando os fãs do verdadeiro futebol brasileiro com sua humildade e criatividade. Volta logo, beleza?”, diz a publicação.

Com texto do Mais Goiás 

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

PM detém seis pessoas no sudeste do Tocantins: armas e drogas foram apreendidas



Nesta quinta e quarta-feira, 09 e 08, seis pessoas foram detidas pela Polícia Militar na região sudeste do estado do Tocantins. 

Drogas, duas armas de fogo, duas facas e diversos cartuchos foram apreendidos em Dianópolis, Natividade e Ponte Alta do Bom Jesus.

Nesta quinta-feira, 09, durante uma abordagem na BR-010 em Natividade a uma motocicleta com placa de Campos Belos/GO foi encontrado em posse do condutor uma arma de fogo tipo rifle calibre 22 com oito munições intactas, uma cartucheira calibre 28 com três cartuchos calibre 36, mais 22 cartuchos, 60 espoletas, um frasco de pólvora e outro com chumbo médio. 

Além de um punhal artesanal com 35 cm de lâmina, uma faca de 12 cm de lâmina e duas lanternas.

Na quarta-feira, 08, enquanto os policiais militares patrulhavam nas ruas da cidade no setor Nova Esperança, avistaram um indivíduo que arremessou um frasco ao avistar a viatura. 

Foi feita a busca pessoal ao menor de idade que estava em poder de R$ 67,75 reais em dinheiro. Após varredura no local, o objeto arremessado foi encontrado sendo duas porções de crack. Na casa do autor, após sua mãe permitir a entrada, foi encontrado ainda 17 papelotes de maconha e quatro munições calibre 32.

Diante dos fatos, os autores e objetos apreendidos foram apresentados na Delegacia de Polícia para os devidos procedimentos legais.

Dianópolis

Em Dianópolis, três mulheres de 44, 43 e 19 anos estavam no horário de visita na quarta-feira, 08, na Casa de Prisão, quando os policiais o sistema prisional verificaram que elas introduziram drogas em seus corpos. 

A PM foi acionada pela Polícia Penal e as mulheres foram revistadas por uma policial militar feminina, que encontrou papelotes de maconha no corpo das envolvidas que foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil em Dianópolis.

Ponte Alta do Bom Jesus

Ainda na quarta-feira, 08, já em Ponte Alta do Bom Jesus, uma equipe de militares realizava patrulhamento no setor Jardim Vitória, quando se deparou com um indivíduo numa motocicleta em atitude suspeita. 

Na abordagem fora localizado no interior de uma caixa de cigarro 11 papelotes de maconha, embaladas em plástico, prontas para comercialização. 

O autor foi detido e conduzido para a Delegacia em Taguatinga.

Vídeo do Dia: Cachorro desaparecido retorna para casa com outro cachorro e um... bode!


O cachorro saiu para fazer suas necessidade e deixou o dono preocupado com o sumiço.


No outro dia ele retorna para casa com outro cachorro e... um bode.

Kyle Krier é o dono do labrador, e estava triste e preocupado, como todo dono de cachorro fica quando ele foge. 

A casa dele é cercada por terrenos grandes e ele deixou seu cachorro, Bo, sair pra “usar o banheiro”.

Porém ao sair ele apenas correu, correu e correu até sumir no horizonte.

Um tempinho se passou, até que um dia alguém da vizinhança liga pra Kyle dizendo que viu um cachorro parecido com o dele andando em tal lugar. 

Foi então Kyle resolveu buscá-lo, próximo a uma área rural do Kansas, EUA.

Ao ver seu cachorro no horizonte, ficou feliz, mas surpreso, porque outros dois pontinhos estavam com ele, andando como se fossem seus amigos: um outro cachorro e um…bode. 

Isso mesmo, um bode.

O homem coloca todo mundo no carro e se diverte com a situação. 

Descobre ele depois que o outro cão se chama Libby, o bode se chama Ozzy, e pertencem aos vizinhos de Kyle.

Provavelmente ele saiu pra um rolê com os amigos numa aventura e tanto.

Esse post foi postado originalmente pelo site Ovelhas Vaodoras 




Humor das redes: Iris Rezende prepara Goiânia para guerra contra o Irã; espia aí


Goiás deve colher mais de 24 milhões de toneladas de grãos


Com expectativa de aumento da área cultivada em 1,7% em relação à safra anterior, a safra de grãos 2019/2020, em Goiás, tem produção estimada em 24,6 milhões de toneladas. 

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 8 de janeiro, no 4º Levantamento de Grãos da Companha Nacional de Abastecimento (Conab). 

O destaque ficou por conta da soja, cuja produção tem aumento estimado em 5,4% em relação à safra 2018/2019, e expectativa de 12,05 milhões de toneladas.

Segundo o levantamento, o atraso nas chuvas e as condições climáticas para o cultivo da soja foram favoráveis. 

A produtividade da oleaginosa também foi favorecida e aumentou em 3,3% em relação à safra anterior, passando para 3.400 quilos por hectare. 

O atraso das chuvas, no entanto, segundo o estudo, pode afetar o desempenho do milho 2ª safra, cuja produção está estimada em 8,6 milhões de toneladas.

O levantamento também aponta crescimento na produção de feijão de 5,1%, com estimativa de produção de 319,9 mil toneladas, e de milho 1ª safra, com produção estimada de 2,3 milhões de toneladas – aumento de 15,4%. 

O trigo, cuja safra 2019 já foi encerrada, teve crescimento expressivo de 126,2%, com a colheita de 158,8 mil toneladas.

“A estimativa da Conab aponta para novos recordes na série histórica da produção de grãos no País e, em Goiás, devemos ter excelentes resultados, também. 

Isso se deve a uma série de fatores, incluindo desde os climáticos até o trabalho que o Governo de Goiás tem feito junto aos municípios, como a entrega de retroescavadeiras, do contrato de repasse da Patrulha Mecanizada. 

Esse trabalho, por exemplo, contribui na manutenção das estradas vicinais e favorece a produção no campo”, analisa o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto. 

“Além disso, esse aumento da produtividade mostra que o produtor tem investido em tecnologia e assertividade e que o campo deve continuar na vanguarda da balança comercial goiana, como os recentes dados divulgados em relação ao comércio exterior, que apontaram a força do agro, representando 76% de tudo o que foi exportado pelo Estado de Goiás no último ano”, salientou.

Banana e café

Também divulgado nesta quarta-feira, 8 de janeiro, o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou crescimento na produção de banana e café arábica, no mês de dezembro de 2019. 

A banana tem produção estimada de 208.178 toneladas (crescimento de 4,9% em relação a dezembro de 2018) e o café arábica de 19.591 toneladas (crescimento de 11,2%).

MP obtém sentença que obriga São João D’Aliança (GO) a implantar aterro sanitário




Ação movida pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) contra o município de São João D’Aliança foi julgada parcialmente procedente, e a decisão obriga a prefeitura a implementar e executar, no prazo de um ano, projeto de tratamento e disposição de resíduos sólidos de forma adequada. 


O juiz Pedro Piazzalunga também ordenou a desativação da descarga de resíduos atual e que sejam observadas as obrigações legais relacionadas a estudos de impacto ambiental e processos de licenciamento, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

Atualmente acompanhado pelo promotor de Justiça Márcio Vieira Villas Boas Teixeira de Carvalho, o processo tramita na comarca de Alto Paraíso há vários, quando já eram apontados os danos ao meio ambiente decorrentes da falta das providências necessárias para o fim do lixão da cidade. 

O MP-GO chegou a juntar aos autos um relatório de inspeção elaborado pela então Agência Goiana de Meio Ambiente, em 2007, que constatou que no lixão não havia lagoa de captação de chorume, nem sinais da existência de dreno nas trincheiras.

Verificou-se ainda, na época, bastante lixo espalhado pela falta da operação de acondicionamento e compactação.

A argumentação da Promotoria local sustentou-se ainda em laudo técnico pericial do MP-GO que concluiu que a disposição final de resíduos daquele município era realizada de forma irregular e ilegal. 

“A área é caracterizada como um lixão e os resíduos são jogados no solo a céu aberto, sem qualquer critério técnico, dispersos em vários pontos da área ocupada. Além disso, as atividades não possuem licença ambiental”, constatou o estudo.

O magistrado, ao analisar o processo, reconheceu o descumprimento da legislação ambiental por parte do município, observando ainda que São João D’Aliança integra a região da Chapada dos Veadeiros, importante localidade de preservação ambiental, tanto sob a perspectiva da flora quanto da fauna, e reservatório de água para abastecimento de residências. 

Para ele, a negligência do município tem colocado em risco a saúde da população, em especial daqueles que vivem nas proximidades do lixão, como verificado pela Promotoria da comarca.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MP-GO

Publicidade: Lojão do Brás, em Campos Belos, recebeu grande variedade de mochilas e bolsas escolares para a volta às aulas



O Lojão do Brás, em Campos Belos (GO), recebeu grande variedade de mochilas e bolsas escolares para a volta às aulas.

Há muitas e variadas opções de mochilas e bolsas escolares. 

Com certeza, o melhor preço da região e muita qualidade nos produtos,  você só encontra no Lojão do Brás.

Descontos à vista e parcelamentos nos cartões de crédito

Fone (62) 3451-1218.  Rua do comércio, em Campos Belos (GO).

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Sistema pesado: Petista que entregou esquema na Transpetro é executado com 9 tiros



O empresário José Roberto Soares Vieira, que foi vice-prefeito de Ourolândia pelo PT, foi executado ontem com nove tiros.

O brutal assassinato, que tem cara de crime político, ocorreu na rodovia BA-522, região metropolitana de Salvador.

Vieira era a principal testemunha das investigações que levaram à prisão do ex-gerente da Transpetro na Bahia José Antonio de Jesus. 

Há dois meses, ele prestou depoimento à PF entregando o esquema.

Com texto do Antagonista

Oceano subterrâneo é mais um tesouro da Amazônia. Ele é estimado em mais de 160 trilhões de metros cúbicos de água doce






Durante Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), no campus da Universidade Federal do Acre (UFAC), foi estimado que a Amazônia tem um oceano subterrâneo. 

A reserva de água tem volume de cerca de 160 trilhões de metros cúbicos. 

A estimativa é de Francisco de Assis Matos de Abreu, professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), durante a 66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

‘Amazônia transfere cerca de 8 trilhões de metros cúbicos de água anualmente’

Abreu disse à Agência Fapesp que “a Amazônia transfere, na interação entre a floresta e os recursos hídricos, associada ao movimento de rotação da Terra, cerca de 8 trilhões de metros cúbicos de água anualmente para outras regiões do Brasil. 

Essa água, que não é utilizada pela população que vive aqui na região, representa um serviço ambiental colossal prestado pelo bioma ao país, uma vez que sustenta o agronegócio brasileiro e o regime de chuvas responsável pelo enchimento dos reservatórios produtores de hidreletricidade nas regiões Sul e Sudeste do país”.

3,5 vezes maior que o Aquífero Guarani


O volume é 3,5 vezes maior do que o do Aquífero Guarani. Este depósito de água doce subterrânea abrange os territórios do Uruguai, Argentina, Paraguai e Brasil. Ele tem 1,2 milhão de quilômetros quadrados (km2) de extensão.

De acordo com a equipe, a reserva subterrânea representa mais de 80% do total da água da Amazônia. 

A água dos rios amazônicos, por exemplo, representa somente 8% do sistema hidrológico do bioma. As águas atmosféricas têm esse mesmo percentual de participação.

Falta estudar Oceano subterrâneo descoberto. O conhecimento sobre esse “oceano subterrâneo” ainda é muito escasso. Precisa ser aprimorado tanto para avaliar a possibilidade de uso para abastecimento humano, como para preservá-lo em razão de sua importância.

Aquífero, ou mar subterrâneo, fica em Alter do Chão

As trabalhos sobre o Aquífero da Amazônia foram iniciados há apenas 10 anos. O estudo indicou que está situado em meio ao cenário de uma das mais belas praias fluviais do país. 

Ele teria um depósito de água doce subterrânea com volume aproximado de 86,4 trilhões de metros cúbicos.

Denominado pelo pesquisador como Sistema Aquífero Grande Amazônia (Saga), ele começou a ser formado a partir do período Cretáceo, há cerca de 135 milhões de anos.

O aquífero Alter do Chão

A ANA, Agência Nacional Águas, confirmou em 2019 que o aquífero Alter do Chão, que já era conhecido dos cientistas, é o maior do mundo. “Em nenhum outro lugar ela é tão farta. 

Tirando as geleiras, um quinto da água doce existente no mundo está na Amazônia. Parece muito, mas os rios e lagos do lugar concentram só a parte visível desse tesouro.”

“Debaixo da terra existem lagos gigantes, de água potável, chamados aquíferos. Até agora, o maior do planeta era o Guarani. 

Mas, um grupo de pesquisadores acaba de revelar que o aquífero Alter do Chão, que se estende pelo Amazonas, Pará e Amapá, é quase duas vezes maior.

“Isso representa um volume de água de 86 mil quilômetros cúbicos. Se comparado com o Guarani, por exemplo, ele tem em torno de 45 mil quilômetros cúbicos”, explicou Milton Mata, geólogo da UFPA.”

Oceano subterrâneo: ainda não se sabe se é água para consumo

Uma das limitações para a utilização da água disponível é a precariedade do conhecimento sobre suas características.

Falta obter informações sobre a qualidade da água do reservatório para identificar se é apropriada para o consumo.

Dificuldades no caminho

De acordo com Ingo Daniel Wahnfried, professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), um dos principais obstáculos para estudar o Aquífero Amazônia é a complexidade do sistema.

O reservatório é composto por grandes rios, com camadas sedimentares de diferentes profundidades.


Águas permanentemente livres

Diferentemente do Aquífero Guarani, acessível apenas por suas bordas, as áreas do Aquífero Amazônia são permanentemente livres.

No Amazonas 71% dos municípios utilizam água subterrânea

Segundo o pesquisador, a água subterrânea é amplamente distribuída e disponível na Amazônia. 

No estado do Amazonas 71%, dos 62 municípios, utilizam água subterrânea (não do aquífero) como a principal fonte de abastecimento público. 

 Já, dos 22 municípios do Estado do Acre, quatro são totalmente abastecidos com água subterrânea.

Fonte: Mar Sem Fim

Caso Mineyde Francisco: Hospital Estadual Alberto Rassi ( HGG), de Goiânia, emite Nota com boletim médico da paciente


NOTA

"O Hospital Estadual Alberto Rassi - HGG informa que a paciente Mineyde Francisco da Cunha já está internada na unidade desde a madrugada desta quarta-feira, 8 de dezembro. 

Nesta quarta-feira foram feitos os exames de risco cirúrgico para realização do procedimento CPRE nesta quinta-feira, 9. 

A paciente já apresentou melhora das náuseas e vômitos e seu quadro é considerado estável.

Atenciosamente,"


Brasília: Carroceiros têm 8 meses para deixar de usar cavalos



Depois de quatro anos da aprovação da Lei 5.756 que proíbe a circulação de veículos de tração animal em vias do Distrito Federal, ainda vai demorar cerca de oito meses para que o brasiliense deixe de ver cavalos maltratados, doentes e famintos arrastando cargas pesadas pelas ruas da cidade.

Esse novo prazo é o tempo necessário para implantação do programa de transição estabelecido pelo decreto 40.336, de 23 de dezembro de 2019, que regulamenta a lei. 

Segundo membros do grupo de trabalho que participaram da elaboração do Decreto, o governador Ibaneis era a favor do imediato cumprimento da lei, mas acabou aceitando o estabelecimento de prazo para adequação dos trabalhadores.

O decreto assinado pelo governador do DF cumpre uma determinação da Vara do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, que em outubro de 2019 estabeleceu um prazo de 90 dias para que Lei 5.756 fosse regulamentada, caso contrário o GDF pagaria multa diária de dez mil reais.

De acordo com o ato do GDF, o Programa de Transição da Utilização de Veículos de Tração Animal tem como fundamentos a inclusão social e produtiva dos trabalhadores de veículos de tração animal em substituição ao exercício da sua atual ocupação; a viabilização de formas de participação, a ocupação e convívio dos trabalhadores de veículos de tração animal na sociedade; o desenvolvimento de projetos que estimulem a participação de trabalhadores de veículos de tração animal em programas profissionalizantes e a dignidade humana.

Plano de transição

Para participar do programa de transição os carroceiros deverão se cadastrar junto à Secretaria de Trabalho do DF num prazo de 90 dias. 

Os trabalhadores receberão capacitação, treinamento, inclusão no mercado de trabalho e inclusão em programas de educação para jovens, adultos e idosos. 

Também serão viabilizados cursos técnicos profissionalizantes, integração ao mercado de trabalho e qualificação visando a independência financeira. 

A Secretaria de Trabalho do DF terá 240 dias para implementar o plano de inclusão dos carroceiros no mercado de trabalho.
Maus tratos

O biólogo Roberto Cabral aponta vários problemas no uso de veículos de tração animal. 

Entre estes, ele destaca a ocorrência de acidentes, a falta de respeito ao descanso dos animais, uma vez que eles são usados durante o dia por seus donos e muitas vezes alugados à noite para outros carroceiros, a falta de alimentação adequada, de água e de cuidados veterinários, ausência de cuidados com as ferragens das carroças, causando machucados e sofrimento aos animais etc. 

“As vezes cai uma ferradura e ela não é reposta. É como se uma pessoa andasse usando apenas um sapato”, explicou o biólogo.

Com texto do Jornal de Brasília

Juíza dá 24 horas para estado operar Mineyde Francisco. Paciente foi transferida ontem (7) para Goiânia





A juíza de Goiânia, Leila Cristina Ferreira, deferiu liminar e mandou o estado de Goiás, no prazo de 24 horas, fornecer à paciente Mineyde Francisco da Cunha vaga para internação no Hospital HC ou HGG e o exame CPRE com papilotomia.

O não cumprimento está sob pena de multa diária de R$ 1.000, limitada a 15 dias e bloqueio de valores na conta bancária do Estado, além das sanções, civis, penais por crime de desobediência e administrativas pela omissão e descumprimento da presente ordem judicial.

O caso foi publicado neste Blog no último domingo (5), quando a filha de Mineyde fazia um apelo para não perder a mãe, internada no hospital de Águas Lindas de Goiás, com muitas dores, à base de morfina e à espera de uma cirurgia.


Após a publicação, a equipe do deputado estadual delegado Eduardo Prado (GO) tomou ciência do grave problema, através do assessor parlamentar Monicleiton de Jesus (Cleiton Alkimin), e no mesmo dia impetrou, junto ao Judiciário, um mandado de segurança, para que a paciente fosse imediatamente transferida para um hospital de Goiânia, operada e que recebesse todo o tratamento devido. 

Ontem (7), a paciente foi encaminhada e já está em Goiânia para a cirurgia, em cumprimento à ordem determinada pela juíza Leila Cristina.

Decisão

Na decisão, a magistrada disse que recebeu a petição inicial por entender que a peça preencheu os requisitos veiculados pelos arts. 319 e 320 do CPC e por não ter constatado quaisquer defeitos ou irregularidades capazes de dificultar o julgamento de mérito. Por isso, deferiu a liminar.

Sobre o pedido de liminar, ela destacou que a tutela provisória de urgência, tenha ela natureza antecipatória ou meramente acautelatória do direito, encontra-se condicionada ao preenchimento de dois requisitos jurídicos distintos.

Em relação ao perigo da demora, disse que este decorre do risco de piora do quadro clínico da paciente caso não seja submetida ao exame requerido pelo médico assistente para poder diagnosticar a paciente e, em consequência, fornecer o tratamento adequando, tendo em vista que, conforme relatório médico, ela está internada no Hospital Municipal desde do dia 10 de dezembro de 2019 e segue com dor abdominal importante e uso prolongado de opiódes em virtude da dor, tendo histórico importante de diversos tratamentos e cirurgias.

No que se refere à probabilidade do direito, a juíza frisou, primeiramente, que por direito provável deve-se entender aquele que, em uma avaliação perfunctória, se afigure viável em virtude de uma expectativa legítima de que por ocasião do mérito o magistrado entenda pelo seu embasamento no ordenamento jurídico vigente.

"Em outras palavras, o julgador, ao deliberar a respeito do pedido de liminar, verificará se o direito, no plano hipotético, possui potencial para ser reconhecido ao final do processo, em que pese não o certificar em definitivo nesta etapa. 


Na situação sob exame, a questão de fundo versa sobre o dever do Estado, aqui entendido como Administração Pública, de providenciar a vaga para internação da autora no Hospital HC ou HGG para realização do exame CPRE COM PAPILOTOMIA, tendo em vista que o hospital onde se encontra não possui o procedimento necessário", escreveu.

A magistrada disse também que sobre a matéria, os arts. 6º e 196 da CF estabelecem a saúde como direito fundamental, estando o Poder Público compelido a garanti-la mediante políticas sociais e econômicas que visem a prevenção de doenças e outros agravos, bem como ações que assegurem sua promoção, proteção e recuperação.

"Partindo dessa premissa, os Tribunais brasileiros consolidaram jurisprudência no sentido de que os entes federados são solidariamente responsáveis por assegurar ao indivíduo o fornecimento do tratamento adequado para o seu quadro clínico.

No caso, verifico que o relatório médico que acompanha a petição inicial é o suficiente para, nesta etapa processual, demonstrar que a internação e os exames solicitados pelo médico que assiste a requerente são necessários, não somente à saúde da parte autora, mas também para preservar sua própria vida, impondo-se, assim, o dever de o Poder Público de disponibilizá-lo."

Para decidir, a juíza fundamentou dizendo que a paciente está internada no Hospital Municipal da cidade de Águas Lindas de Goiás, desde o dia 10 de dezembro de 2019, “decorrente de quadro de dor abdominal, náuseas, vômitos, recusa alimentar, tem antecedentes cirúrgicos importantes de colecistectomia, ooforectomia bilateral, histerectomia.

"Traz exame colangiopancreatografia que evidencia dilatação de vias biliares intra e extra-hepáticas e hipertonia de esfíncter de oddi, motivo pelo qual o médico prescreveu a necessidade de realização de exame CPRE com papilotomia, com urgência.

Registro que o Poder Judiciário, para assegurar o cumprimento de ordem judicial, está autorizado a impor as medidas indutivas, coercitivas, mandamentais ou sub-rogatórias que se fizerem necessárias, o que inclui, no caso dos entes federados, o bloqueio de verbas públicas, sendo este o posicionamento do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás", decidiu a juíza Leila Cristina Ferreira.


Entenda o Caso

Em Vaquinha, filha, de Campos Belos (GO), implora para não perder a mãe

De Flores de Goiás, Bahia confirma renovação de contrato do zagueiro Ernando


O Esporte Clube Bahia oficializou nesta terça-feira (7) a renovação de contrato do zagueiro Ernando, que tinha vínculo até o final de 2019 e prorrogou por mais uma temporada, até o fim de 2020. 


O jogador se apresentou na segunda-feira na Cidade Tricolor junto com os demais atletas para dar início a pré-temporada. 

Além de Ernando, o técnico Roger Machado conta com Lucas Fonseca, Juninho e Wanderson para a zaga.

Ernando chegou ao Esquadrão no início do ano e se firmou como titular no primeiro semestre, inclusive, marcando gol importante contra o São Paulo na Copa do Brasil, porém, sofreu uma lesão de hérnia que atrapalhou sua sequência no time. 

No total, foram 27 partidas disputadas.

Natural de Flores de Goiás (GO), Ernando Rodrigues Lopes tem 30 anos e só defendeu três clubes na carreira. 


Revelado no Goiás, foi comprado pelo Internacional em 2014 após cinco temporadas sendo titular da defesa esmeraldina. 

No Colorado, também teve atuações destacáveis e foi titular até a temporada 2016. 

Em 2017 perdeu espaço e fez apenas 14 jogos, sendo emprestado ao Sport-PE em 2018, entrando em campo 32 vezes. 

Pelo Inter, atuou 170 partidas e marcou 8 gols. Já pelo Goiás, foram 240 jogos e 5 gols anotados.

Texto: Futebol Baiano

O novo contratado do Flamengo. Conheça a história de Michael, ex-Goiás


Meta dos brasileiros é guardar dinheiro em 2020. Tenha dicas importantes com Aline Soaper


Se 2020 é o ano da colheita, então é o ano que os brasileiros devem conseguir se dedicar para segurar o dinheiro e investir futuramente. 

Uma pesquisa da Confederação de Dirigentes Lojistas indica que o objetivo do brasileiro é segurar o dinheiro para conquistar metas traçadas. 

Mais da metade da população, 61%, está otimista por 2020. 

Para aproveitar o ano da bonança, vale algumas dicas para guardar dinheiro e para o consumidor que quer economizar.

Educadora financeira revela algumas dicas para os brasileiros se organizarem financeiramente e se prepararem para uma precaução. Até porque, 63% das entrevistados ainda afirmam que os efeitos da crise afetaram o dia a dia de cada um.

*Especialista que pode falar sobre o assunto:*

Aline Soaper, educadora financeira e especialista em finanças comportamentais


Especialista: Master Coach Pessoal e Profissional, educadora financeira, advogada e palestrante. Detentora do evento mensal Conexão de Negócios que visa ajudar microempreendedores, empresário e profissionais autônomos a alcançar seus objetivos profissionais e financeiros.

Fala sobre: como acabar com as dívidas, dívidas, métodos para economizar, bancos digitais, investimentos, compra de casa própria x morar de aluguel, saque do fgts, décimo terceiro, quais investimentos fazer para cada objetivo, liberdade financeira, independência financeira, como economizar na lancheira das crianças, como economizar no supermercado entre outras.

Mini currículo: Bacharel em Direito. Especializada em Orientação Educacional e Terapia Financeira. Treinadora Comportamental pela Florida Christian University.

Site: https://www.institutosoaper.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/alinesoaper_oficial/

Canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCnoyub7kzJsJH7yGRf10gmw/videos