quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

UFT de Arraias terá curso de direito já no primeiro semestre de 2020


Foi autorizado ontem, 11, durante a reunião do Conselho Universitário (Consuni) e por unanimidade de votos, o início das atividades do curso de Direito do Câmpus de Arraias. 

Com a aprovação, fica autorizado também o lançamento do Processo Seletivo Complementar (PSC) do Curso, que selecionará os primeiros estudantes, com início da turma no primeiro semestre de 2020.

O Edital de Abertura ao Processo Seletivo está previsto para o próximo dia 18. As inscrições devem ocorrer no período de 20 de dezembro a 26 de janeiro de 2020. 

O resultado final e a 1ª chamada dos aprovados estão previstos para o dia 29 de janeiro e, entre os dias 03 e 04 de fevereiro devem ocorrer as matrículas.

"Noites mal dormidas, 'suor, sangue e lágrimas'" por um sonho

Professora Adriana Demite em fala no Consuni, durante votação pelo início das atividades do curso de Direito do Câmpus de Arraias (Foto: Gihane Scaravonatti) Para a professora Adriana Demite Stephani, presidente da Comissão de Implantação do curso de Direito no Câmpus de Arraias, a ação responde a um anseio regional. 

“Ter um curso de Direito no interior representa a oportunidade de um ensino de qualidade a pessoas que não poderiam alcançá-la se não fosse por meio do processo de interiorização de uma instituição pública”.

"As pessoas têm esperado, e bastante ansiosas, por qualquer novidade a respeito do Curso. O volume de e-mails e telefonemas que recebemos buscando notícias é grande. Podermos, enfim, comunicar oficialmente o início das atividades é uma alegria. 

Trata-se da concretização do sonho de muitos que, de sonho, virou papel, documentos, noites mal dormidas - ou nem dormidas! -, muito 'suor, sangue e lágrimas' para a constituição desse Curso", também destacou Adriana.

Sobre o curso


A implementação do curso de Direito em Arraias surgiu de uma demanda da própria comunidade da cidade e municípios do entorno. 

A criação do Curso foi aprovada pelo Conselho Universitário da UFT (Consuni/UFT) em 06 de dezembro do ano passado, conforme a Resolução nº 35/2017.

Fonte: T1 Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.