segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Nativo: morre Seu Waldomiro, criador da matula e de famoso rancho na Chapada dos Veadeiros





Famoso personagem da Chapada dos Veadeiros, no nordeste de Goiás, e fundador do restaurante que leva seu nome, Waldomiro da Silva Filho, conhecido como Seu Waldomiro, morreu na manhã desta segunda-feira (9), aos 77 anos. 

O Rancho Waldomiro, localizado na Serra da Baleia, no meio do caminho entre Alto Paraíso e São Jorge, se tornou endereço procurado por turistas, que se encantaram pela simplicidade do lugar e pela boa culinária. 

O goiano era conhecido como contador de histórias e pelo jeito hospitaleiro com que recebia os clientes. Nas redes sociais, a perda é lamentada por aqueles que tiveram a oportunidade de conhecê-lo.

“Seu Waldomiro fez sua matula definitiva e foi pra junto do Pai. Seu Rancho famoso agora está silencioso, sem seu carinho, sua presença, seu abraço amoroso, suas histórias. 

Mas seu sorriso seguirá vivo em nossos corações, em nossas memórias. Sua receita eternizada, seguirá cativando turistas e nativos, viajantes e amigos”, diz uma publicação feita pelo perfil Conexão Chapada.

Matula é o nome da criação de Waldomiro, considerado o carro-chefe da casa. 

O prato é à base de feijão, farinha e conta com quatro tipos de carne desfiada: carne de sol, linguiça, carne de lata e de porco. 

Segundo matéria publicada pelo POPULAR em 2011, o surgimento da receita se deu quando seu criador era ainda jovem e boiadeiro, quando a teria conhecido nas viagens que fazia tocando gado de Goiás para Barretos (SP). 

Anos depois, sua fazenda virou ponto de parada de caminhoneiros que trafegavam pela GO-239, que liga Alto Paraíso a Colinas de Goiás, e ele acabou sendo levado a cozinhar.

De acordo com a reportagem, o Racho Waldomiro servia, à época, durante a alta temporada, entre 100 e 120 refeições por dia. Além disso, seu nome virou marca e batizou produtos como cachaça, licor, doce, dentre outros.

A reportagem ainda não obteve informações sobre o velório e o sepultamento de Waldomiro.


Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.