quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Exportações de carne bovina crescem mais de 40% no Tocantins


As exportações de carne bovina produzida no Tocantins tiveram um salto de 42,3% em relação ao ano passado. 

Entre janeiro e novembro foram comercializados pouco mais de US$ 153 milhões através do produto, o que representa US$ 45 milhões a mais do que no mesmo período de 2018. 

Os dados são do Ministério da Industria e Comércio Exterior e levam em consideração as peças in natura, refrigeradas ou congeladas.

O produto representava apenas 9,3% do total de exportações do Tocantins no exterior no ano passado e agora possui uma fatia de mercado que chega a 15%. 

A carne se consolidou como o segundo principal produto da economia do estado, perdendo apenas para a soja.

O fato de que a China segue como a principal parceira comercial das empresas tocantinenses também ajuda a explicar o fenômeno. 

Especialistas apontam o aumento do consumo da carne brasileira no gigante asiático como um dos principais fatores para o encarecimento do produto nos supermercados de todo o Brasil. 

A China compra praticamente metade de tudo o que o Tocantins vende no mercado internacional.

Para o consumidor do Tocantins, a alta está pesando no bolso. 

Supermercados de pequeno porte relatam que precisaram reajustas o valor da carne em até 40% na capital e nas últimas semanas até o frango, que não teve grandes alterações da demanda no exterior, também sofre os efeitos da alta. 

As peças chegaram a ficar até 18% mais caras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.