terça-feira, 12 de novembro de 2019

Suspeito de matar homem em bar de Valparaíso diz que vítima ficava “encarando”


O suspeito de matar José Ribamar, em um bar de Valparaíso, no último domingo (9), alegou à Polícia Civil que cometeu o crime porque a vítima ficou o “encarando” e “fazendo gestos de arma com a mão”. 

Elivelton Pereira foi preso ainda na segunda-feira (11) na cidade de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. 

Segundo informações da Polícia Civil, Elivelton ainda alegou que estava embriagado e negou conhecer tanto a vítima quanto a esposa.

Em depoimento, a mulher de Ribamar disse que eles estavam no bar para o ver o jogo do Flamengo e não conhecia o autor do crime nem a mulher que estava com ele. Ela disse ainda que só prestou atenção aos dois pois a TV estava acima deles e que não houve nenhum tipo de discussão. 


Ela falou ainda que tudo foi muito rápido.

A mulher afirmou à polícia que, após o crime, registrado nas câmeras do estabelecimento, ela foi atrás do autor. Na rua, ele chegou a virar para ela e atirar. No entanto, a arma falhou. 

Elivelton entrou em um carro e ainda tentou atirar outra vez, segundo a testemunha.
Crime

O assassinato foi todo flagrado pela câmera do bar em que estavam no domingo. As imagens mostram Ribamar e a mulher sentados em uma mesa tomando cerveja. 

Ela gesticula apontando para frente. Um pouco depois, Elivelton se levanta, se aproxima do casal e dispara cinco vezes contra a cabeça da vítima, que chegou a ser encaminhada para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: Mais Goiás 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.