segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Hacker fecha acordo e irá entregar conversas sobre invasões de celulares


A Polícia Federal (PF) executou mais um passo para avançar na investigação das invasões de celulares de autoridades da República. 

Na semana passada, foi fechado um acordo de delação com um dos hackers acusados de roubar e vazar mensagens de integrantes da Operação Lava Jato.

O hacker conhecido como Molição se comprometeu em apresentar conversas privadas que estariam armazenadas em servidores fora do país e entregar o aparelho celular que usava para vazar mensagens roubadas.

Além disso, ele irá identificar mais três pessoas que teriam participado dos ataques virtuais. 

A partir dessas informações, a PF pretende esclarecer se por trás das invasões nas contas de Telegram havia uma cadeia de comando que teria planejado e financiado os ataques.

Fonte: Veja

Um comentário:

  1. Deixa- me entender: o chefe da Polícia Federal, Sérgio Moro, é sitado nas gravações. Isto aí, haverá imparcialidade nas investigações? Sendo Moro ético e super- herói de muita gente aqui, não deveria se afastar do cargo para haver uma condução dos fatos seria , etica e correta?

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.