sábado, 16 de novembro de 2019

Barbaridade: em Formosa (GO), mulher é morta, degolada, em armadilha com arame liso montada em estrada


A cada dia, a sociedade tem se assustado com a imensa quantidade de feminicídio - assassinato de mulheres - ocorridos no país, em todos os rincões. 

E os métodos utilizados pelos homens - ex-maridos, ex-companheiros, ex-namorados - para ceifar a vida delas são os mais cruéis possíveis.

Neste sábado, a cidade de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, registrou mais uma barbaridade contra uma mulher.

E a crueldade do assassino beira a roteiro de filme de terror.

Rosemeire Brito do Nascimento, de 37 anos, foi a vítima fatal de uma emboscada montada no alto da madrugada, no meio da cidade.

Ela foi praticamente degolada em armadilha instalada por um criminoso, até o momento não identificado pela Polícia Civil de Goiás.

A armadilha fatal foi montada, segundo a Polícia, na avenida Senador Coimbra, próximo ao Córrego Josefa Gomes, em Formosa.

Rosemeire Brito estava conduzido uma motocicleta Honda Biz, 125, por volta das 3h da manhã deste sábado, quando passou pelo local, onde havia sido colocado um arame liso - aqueles de cerca para gado.

O arame estava estendido perpendicularmente à pista, amarrado em uma árvore e afixado do outro lado em um poste.

A mulher trabalhava com buffet e estava voltando de um evento, quando passou pelo local ao retornar para casa.

No local da armadilha, chocou violentamente o pescoço contra o arame estendido na pista. Rosemeire Brito perdeu a vida imediatamente, após um profundo corte.

Segundo a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, a vítima, após ter a vida ceifada, ainda teve todos os seus pertences roubados.

Até o momento não está claro se a armadilha mortal foi montada especificamente para matar Rosemeire Brito ou ela foi uma vítima aleatória de criminosos que atuam na área para roubar.

A Polícia Civil segue investigando o caso, um dos mais bárbaros ocorridos em Formosa neste ano.

As informações são "Foca Lá" e do Capitão Rodrigues - Comandante da 2ª Companhia da PMGO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.