segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Tá difícil: vigilante temporário é flagrado repassando celulares e facas para detentos em Goianésia


Um Vigilante Penitenciário Temporário (VPT), plantonista na Unidade Prisional (UP) de Goianésia (GO), pertencente à 7ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (Dgap), é suspeito de repassar diversos objetos a presos. 

Foram encontrados seis celulares, duas facas, 21 chips telefônicos, uma porção de substância análoga à cocaína, duas partes de uma segueta, broca para perfuração manual e cola branca.

Todo o material seria entregue para os detentos do presídio. 

O flagrante ocorreu na manhã deste domingo (13), no instante em que o servidor chegou ao local para iniciar o plantão.

De acordo com o diretor interino da UP, Marcel Vinícius, o vigilante de 24 anos, que há 10 meses trabalha no presídio, demonstrou atitudes suspeitas, o que motivou uma investigação e monitoração interna. 

“Ele foi abordado quando chegou à unidade. Instante em que foi convidado a comparecer à supervisão de segurança para procedimentos de revista”, disse o diretor. 

“Mediante o convite, ele tentou burlar a convocação e se deslocou para o alojamento com o intuito de se desfazer dos ilícitos. Mas, assim que ele correu para o alojamento, outro servidor já o seguiu confirmando as suspeitas”, completa ele.

Para o Diretor-Geral de Administração Penitenciária, Coronel Urzeda, “o rigor na segurança penitenciária é um dos pilares da administração penitenciária e para a garantia dessa máxima, os esforços não estão sendo poupado. 

O flagrante comprova determinados para esta gestão pelo Governo do Estado”, afirma. O Diretor-Geral determinou o imediato distrato do contrato temporário do servidor flagrado.

O servidor foi conduzido à Delegacia de Polícia da cidade para as devidas providências. 

A apuração também ocorrerá internamente por procedimentos administrativos e a, posterior, aplicação das sanções disciplinares aos possíveis destinatários, na forma da lei.

Fonte: Goiás Total 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.