quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Secretaria de Estado de Agricultura visita região atendida pelo projeto de irrigação de Flores de Goiás


Representantes da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Agricultura (Seapa) e da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) fizeram visita técnica, entre os dias 7 e 9 de outubro, ao projeto de irrigação em Flores de Goiás, na região Nordeste do Estado de Goiás. 

No encontro foi possível conhecer melhor a região e identificar diversas potencialidades de interesse da sociedade, governo e economia goiana. 

Foram visitados assentamentos familiares que englobam o Projeto, como Santa Maria, Bom Sucesso 1 e 2, Morrinhos, Macacão, Barra 1 e 2, Boa Vista, Conceição, São Vicente, entre outros, assim como produtores de arroz irrigado e bovinocultura de corte.

Pela Seapa, participaram da visita técnica o superintendente de Engenharia Agrícola e Desenvolvimento Social, José Ricardo Caixeta Ramos, o gerente de Agricultura Irrigada, Ezequiel de Oliveira Teixeira, o gerente de Produção Sustentável e Agricultura Familiar, Ricardo Carneiro de Araújo, e o assessor Especial, Adélio Alves Prado Neto. 

O encontro teve a presença ainda da secretária de Agricultura de Flores de Goiás, Tatiana Mara de Castro Agostinho, e de técnicos da Codevasf.

Segundo o gerente de Produção Sustentável e Agricultura Familiar, Ricardo Carneiro de Araújo, a visita técnica permitiu uma integração maior entre Seapa, técnicos da Codevasf e agricultores locais, assim como a oportunidade de observar o potencial da região para fruticultura, horticultura, bovinocultura de corte, piscicultura, cereais, fibras e oleaginosas. 

Já o gerente de Irrigação da Seapa, Ezequiel de Oliveira, explica que o projeto de irrigação de Flores de Goiás já conta com duas barragens construídas, como barragem Paranã e Porteira. 

A primeira com capacidade para armazenamento de água de 125 milhões de metros cúbicos e a segunda com capacidade de 25 milhões de metros cúbicos. “Isso possibilita e favorece o desenvolvimento de novos projetos de irrigação para a região”, destaca.

Prioridade

O superintendente de Engenharia Agrícola e Desenvolvimento Social, José Ricardo Caixeta Ramos, destaca que a região é de solos férteis, porém com baixos índices pluviométricos, sendo bastante dependente da irrigação. 

O superintende relata ainda que o Governo de Goiás tem dado prioridade aos projetos direcionados ao desenvolvimento da região Nordeste do Estado, inclusive trabalhando por meio de parcerias para que isso ocorra de forma eficiente, atendendo aos anseios da população, trazendo benefícios a toda comunidade e economia do Estado.

Fonte: Governo de Goiás 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.