quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Pequi, natural do Cerrado, é indicado para praticantes de corrida



Pesquisas têm relatado o aumento da busca pela qualidade de vida por parte da população nos últimos anos. 

Um dos fatores relacionados é a prática de exercício físico, que, segundo a pesquisa Vigitel 2018 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônica), o percentual de pessoas que praticam atividades físicas durante o tempo livre passou de 33,8% para 38,1%, no período de 2013 a 2018.

A corrida no Brasil teve um crescimento de 20%. 

Em 2018, de acordo com pesquisa realizada pela Associação Internacional de Federações de Atletismo, o número de mulheres participantes da modalidade de corrida amadora saltou em 50,2%, considerando uma avaliação de 193 países, no período de 1986 a 2018. 

A neurociência confirma que a prática traz bem-estar e relaxamento graças à sua intensidade e longa duração, promovendo uma expressiva liberação de componentes responsáveis pela estimulação do sistema nervoso, como a endorfina. 

Os motivos que comprovam o aumento da procura pela corrida vão desde a promoção de saúde e da estética até a integração social e a fuga do estresse da vida moderna.

A corrida é uma modalidade esportiva que induz a adaptações favoráveis do corpo, mas, devido à intensidade e duração dos treinamentos e provas, pode comprometer o equilíbrio do metabolismo e aumentar a produção de radicais livres e danos oxidativos aos tecidos. Sendo assim, o aporte adequado de antioxidantes pode beneficiar o atleta ou praticante amador de corrida.

Nutrição e corrida

Estudos na literatura científica apontam a eficácia do óleo de pequi como complemento na alimentação de atletas, principalmente por conta da sua alta densidade nutritiva. 

O pequi é um fruto típico do Cerrado brasileiro, rico em compostos ativos que desempenham um importante papel na redução do estresse oxidativo, com destaque ao elevado teor de lipídios, compostos fenólicos e carotenoides.

Um produto natural que pode ser uma boa alternativa, o óleo de pequi é obtido a partir da polpa desse fruto, por um processo de extração à frio, seguido de ultrafiltração, que mantém suas propriedades nutricionais.

Os carotenoides, antioxidantes presentes em sua composição, atuam em equilíbrio para auxiliar na prevenção de lesões oxidativas em atletas com frequência de treinamento elevada e prática de exercício intenso.

Sugestão 

O Óleo de Pequi da Naiak é 100% natural e passa pelo processo de extração à frio, onde há uma redução significativa de seu odor característico. Com corante natural, apresenta alta concentração de antioxidantes, ácidos graxos e vitaminas, favorecendo a complementação alimentar de atletas e pessoas adeptas a um estilo de vida saudável. 

Por Karla Maciel, nutricionista e consultora da Naiak


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.