terça-feira, 29 de outubro de 2019

Manoel Gomes, dono de ‘Caneta Azul’, registra direitos autorais da música





O dono do hit “Caneta Azul”, Manoel Gomes, decidiu ir ao cartório de Balsas (MA) para dar início ao processo de direitos autorais da canção, na tarde desta segunda-feira (28). 


A música viralizou nas redes sociais e chegou ao conhecimento de diversos famosos como Rodrigo Faro, Simone (da dupla com Simaria), Léo Magalhães, Wesley Safadão, entre outros artistas.

Manoel chegou ao cartório acompanhado do advogado Arnaldo Gomes. Na ocasião, o compositor também registrou em sua autoria a música “Vou Deixar de Ser Besta”. Esta, entretanto, ainda não estourou.

O vídeo que Manoel canta “Caneta Azul” caiu no gosto dos internautas de várias redes sociais. 

Com uma letra considerada “chiclete” e a forma que o homem interpreta a canção são pontos chaves para se entender o porquê da música se tornar um sucesso.

A canção conta a história de quando Manoel perdeu a caneta azul. Ela estava marcada com suas “letras”, segundo ele. 

Após conhecimento do público, a música ganhou várias versões. Elas caminham do forró até remixado. No Youtube, a canção original já conta com mais de 3,4 milhões de visualizações.

Caneta Azul na boca do povo


No último sábado (26), Manoel foi convidado por Thiago Brava para se apresentar em Porto Nacional (TO). Após o evento, Thiago foi em uma rede social e rasgou elogios ao maranhense pela canção e pela voz.

“Eu já vi de tudo nessa vida. Como é que pode uma música tão simples estourar desse jeito? Sucesso está nas coisas simples e nós querendo dificultar”, expressou o cantor. E continuou: “Manoel tem uma lágrima na voz.”


“Eu já vi de tudo nessa vida. Como é que pode uma música tão simples estourar desse jeito? Sucesso está nas coisas simples e nós querendo dificultar”, expressou o cantor. E continuou: “Manoel tem uma lágrima na voz.”

Com informações de O Imperial





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.