segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Valor pago para auxílio-paletó daria para sustentar 17 mil famílias



Com a atual crise que assombra os brasileiros, principalmente depois da roubalheira e desvios de bilhões de reais dos cofres públicos, milhões voltaram à extrema pobreza, precisando de benefícios do governo, como o Bolsa Família.

Existem atualmente mais de 400 mil famílias na fila à espera do benefício. O valor é de R$ 85 por filho, não ultrapassando o valor máximo de R$ 306 por família.

Na contramão dos brasileiros que estão tentando sobreviver desempregados e sem renda, estão os parlamentares. 

Esses têm um salário de quase R$ 40 mil (40 vezes o salário mínimo atual), auxílio-moradia de R$ 4.253 ou apartamento de graça para morar, verba de R$ 92 mil para contratar até 25 funcionários, e verba de R$ 30.416,80 a R$ 45.240,67 por mês para gastar com alimentação, aluguel de veículo e escritório, divulgação do mandato e outras despesas.

Além disso, apenas o auxilio-paletó pago aos políticos do Congresso Nacional e de 16 assembleias legislativas no Brasil custa R$ 63,1 milhões aos cofres públicos, por ano. 

Esse mesmo valor poderia sustentar, por quatro anos, 17 mil famílias que vivem na extrema pobreza, com o benefício máximo do Bolsa Família, de R$ 306 mensais.

Temos que deixar essa babaquice de direita e esquerda de lado e urgentemente repensar nosso país. 

É isso mesmo que queremos?

Um comentário:

  1. Vem o ministro da Educação dizer que nas universidades federais estão as "zebras gordas". Triste!

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.