domingo, 1 de setembro de 2019

Estudante de 18 anos que matou professor a facadas em Águas Lindas de Goiás é preso em Nova Roma (GO)



O Grupo de Policiamento Tático (GPT) da Polícia Militar de Goiás, em conjunto com policiais civis de Iaciara (GO), prenderam no início da noite deste sábado (31), Anderson Silva, o estudante de 18 anos, que matou a facadas o professor Bruno Pires de Oliveira, de 41 anos, em Águas Lindas de Goiás, no entorno do Distrito Federal.


O professor foi esfaqueado por Anderson Silva dentro da Escola Municipal Machado de Assis. A faca usada no crime teria sido emprestada por outro colega, ainda do lado de dentro da escola.

O crime ocorreu por volta de meio-dia e meia hora de sexta-feira (30), ação que chocou o país.

O professor chegou a ser socorrido, segundo a polícia, para uma unidade de saúde em Águas Lindas de Goiás, de onde foi transferido para um hospital em Ceilândia, no Distrito Federal, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

O autor do crime foi preso no inicio da noite deste sábado (31), em uma fazenda na zona rural do município de Nova Roma, no nordeste goiano.

Os policiais chegaram à paisana e pegaram o suspeito de surpresa, após receberem uma denúncia anônima.

O jovem disse aos investigadores que foi orientado a se esconder para sair do flagrante. Pela manhã, a Justiça de Goiás havia decretado a prisão preventiva do rapaz. 

Ainda hoje ele foi levado para a delegacia de polícia de Posse (GO). 

Um comentário:

  1. O Policial teve que fazer um "cafuné" no cabelo desse...pra gnt nunca mais esquecer a cara dele.

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.