terça-feira, 10 de setembro de 2019

Ari Santana lança livro de poesia: "Nas profundezas da mente - pensar poético "




O estudante Ari Santana, de Campos Belos, acaba de lançar seu primeiro livro de poesias. 

Com o título de "Nas profundezas da mente - pensar poético ", a obra é uma provocação, segundo o mestre em história e professor Ronivaldo de Oliveira Rego Santos.

"Em tempos como o nosso, falar da mente quase sempre nos remete ao pensamento médico, psiquiátrico e psicológico. No entanto, a provocação que Ari Santana nos faz nesta obra, vai muito além das disciplinas de função psi (como descrevera Foucault), pois, tem a ver com as nossas angústias cotidianas, nossos amores e sortilégios. 

Ari nos presenteia com uma obra de visão microscópica, cuja lente é a sua própria experiência, seu próprio caminho como escritor, pai, esposo, estudante. 

O caminho que muitas pessoas, loucas ou não-loucas (se é que existem) podem percorrer, de maneira diferentes. Não se trata, portanto, de um texto técnico, mas de criação, de estética, de cultivo de si mesmo, uma reflexão sobre vida como obra de arte, que cada um de nós, pode criar", diz Ronivaldo de Oliveira. 

Já o autor afirma que sua obra é para ler com os pensamentos leves.  "Na tão majestosa estrada da vida, os passos se apressam, os corpos correm em direções diferentes. 

As pessoas se preocupam em acumular cada vez mais, numa triste sina, aonde o valor humano se escorre para o rio do desespero, da ambição e do descontentamento. 

Portanto, viajemos agora nas profundezas da mente, e na força poética, para que possamos encontrar a verdadeira compreensão", escreve o autor. 

Ari Santana de Menezes nasceu em Campos Belos. Filho do goiano Aristides Almeida (In memoriam) e da cearense Antônia Neuzete. 

É casado com Aline, e pai de Ariane e Alana. 

Estudou em Monte Alegre, Distrito Prata e terminou o ensino médio em Campinas-SP em 2002. 

Depois de catorze anos, decidiu cursar um ensino superior, ingressou na UEG- campus Campos Belos, no Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia. 

Sempre gostou de ler, escrever e acima de tudo, buscar entendimentos para os mistérios da vida, tendo admiração por Filosofia e Sociologia. 

Dedica suas escritas às poesias geralmente rítmicas e com rimas, com inspirações através da própria vivência, reflexões e no observar do mundo com olhos sensíveis, buscando uma compreensão capaz de enxergar as pessoas e seus valores, suas angústias e seus mais profundos pensamentos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.