quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Incêndio assusta moradores do Distrito de Estiva, em São Domingos (GO)




Um incêndio, que ocorreu nesta quinta-feira (19), em vegetação no Distrito de Estiva, no município de São Domingos, no nordeste goiano, assustou os moradores da comunidade e causou destruição da fauna e flora local. 

As chamas de mais de dois metros atingiram a vegetação próximo as casas, deixando os moradores apreensivos e temerosos.

Além das chamas, o forte calor e a fumaça causa transtorno aos moradores.

As chamas estavam muito altas e, por isso, estavam difíceis de serem controladas. Até agora, não se sabe a origem do fogo, que se espalhou rapidamente.

A cidade não possui Corpo de Bombeiros.

Fonte: Antônio Carlos 

A adolescente Tahyla e sua família são recebidos em Goiânia e inicia tratamento



A adolescente Tahyla e sua família, de São Domingos (GO), já estão em Goiânia e já iniciaram tratamento.

A família foi recebida hoje pelo deputado estadual Delegado Eduardo Prado (PV), de Goiás, que comprou a briga e está ajudando com o tratamento da mocinha, que tem arrancado os próprios cabelos.

Ao tomar conhecimento do caso por meio do blog do jornalista Dinomar Miranda, Prado se dispôs ajudar a família.

A primeira consulta ocorreu quinta-feira (19/09) com o psicanalista Miguel Nunes Valadão Neto, que está realizando todo o tratamento gratuitamente, em Inhumas (GO).

Segundo Neto, o problema pode estar relacionado com um transtorno conhecido como tricotilomania, que requer tratamento por meio de terapias cognitivo-comportamentais.

“É apenas uma suposição, pois o diagnóstico só poderá ser dado após consulta”, explica.

Prado já conseguiu o transporte da menina para a clínica em Inhumas (GO). E se colocou à disposição para o que for necessário.

“A verdadeira felicidade e realização só é possível quando ajudamos o próximo. Aliás, essa é uma das missões mais importantes”, diz.

O deputado e a família gravaram um vídeo e nos mandaram agora a noite. Como disse a Domingos, pai de 
Tahyla, tudo vai dar certo e já está dando. 





Jornal O Popular repercute notícia de decreto de prefeito que proíbe promotor de justiça de realizar investigações na prefeitura de Posse (GO)



O Jornal O Popular veiculou nesta quinta-feira (19), notícia do decreto municipal do prefeito Wilton Barbosa, de Posse (GO), no nordeste goiano, que proibiu o promotor de Justiça Douglas Chegury de realizar investigações na sede da prefeitura da cidade.

O documento é de janeiro de 2018, mas ainda está em vigor, mas o promotor Douglas só teve conhecimento da situação nesta quarta-feira (18), quando recebeu o decreto pelo whatsapp. 


Douglas Chegury entrou com uma representação do caso na procuradoria de crimes praticados por prefeitos e a situação será analisada.

Na reportagem, o promotor explica que ficou por quase um ano na Procuradoria de Posse. 


Durante este período, ele foi, por algumas vezes à sede da prefeitura solicitar documentos e contratos, principalmente referentes a licitações. 

“O Ministério Público tem uma forma de atuação que inclui fiscalização e eu, como muitos colegas, vou à sede da prefeitura e peço documentos. 

O prefeito se sentiu incomodado e fez esse decreto para impedir minha atuação. Como saí do município, não tive conhecimento”, explica.

O promotor explica que, a legislação, tanto estadual quanto federal, prevê que qualquer cidadão tem esse direito. “A decisão foi bizarra porque negar vigência a uma legislação estadual ou federal é inclusive, crime. 


A lei do Ministério Público é clara sobre a possibilidade de acessar estas informações e agora ele também poderá responder por improbidade administrativa. Ele quis impedir investigações, impedir a ação do MP”, completa Douglas Chegury. Como o promotor está em Formosa, atualmente, não sabia da restrição.

No documento, o prefeito alega que o trabalho do promotor impede os funcionários públicos de realizaram serviços de rotina, para procurarem documentos. 

Entre as determinações previstas está a de que a prefeitura só fica obrigada a fornecer esses documentos em um prazo de 10 dias, após a chegada de um ofício do Ministério Público Estadual (MP).

A reportagem do Jornal O Popular procurou o prefeito por telefone particular e também da sede da prefeitura, mas não atendeu às ligações nem respondeu às mensagens de whatsapp, até o fechamento da matéria.

Fonte: O Popular 

Promotores fazem palestra no Creas de Monte Alegre de Goiás



As Promotorias de Justiça de Cavalcante e Campos Belos participaram de uma formação do Centro de Referência e Assistência Social (Creas) de Monte Alegre de Goiás com o tema “Empoderamento e Conscientização de Gêneros: Masculino e Feminino”. 

A promotora Úrsula Catarina Fernandes da Silva Pinto (Cavalcante) e Bernardo Monteiro Frayha (Campos Belos) abordaram o tema, na tarde de segunda-feira (16/9).

Eles falaram a uma plateia de mais de 130 pessoas, que ouviram atentamente os dois promotores e também a doutora em Políticas Pública em Saúde, Fátima Gonçalves Messias Takahashi.

Durante o evento foi apresentado ainda um cordel sobre o tema, assim como houve um momento para que a comunidade pudesse tirar dúvidas. Ao final, foi servido um lanche aos participantes.

Entre as autoridades presentes esteve o prefeito de Monte Alegre de Goiás, Juvenal Fernandes de Almeida; o vice-prefeito, José de Ribamar Alves Pereira Neto; a secretaria de Saúde, Karina Pereira Ramos da Cunha; além de representantes do Conselho Tutelar e da Câmara Municipal. 

Todas as palestras foram gravadas e serão transmitidas pela rádio local.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MP-GO.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Carro bate em boi, sai da pista e pega fogo em Campos Belos (GO)




Um grave acidente quase acaba em tragédia, nesta semana, na rodovia GO-118, entre Monte Alegre de Goiás e Campos Belos, no nordeste do estado. 


O jovem morador de Campos Belos, Edelson Gomes, viajava para a cidade vizinha, quando, por volta das 23h, bateu seu carro, um gol G3, contra um boi, que estava parado na pista.

Com a batida, o animal caiu morto no chão e o motorista perdeu o controle do carro, que saiu da pista, capotou e pegou fogo logo em seguida.

Por um milagre, Edelson Gomes está vivo para contar a história. 


Ele diz que saiu do carro meio variado e acabou desacordado e ferido logo após o acidente.

A sorte foi que integrantes de um outro veículo que passou pela rodovia, logo depois, prestaram-lhe os primeiros socorros e salvaram a sua vida. 

"Quase morri, meu amigo. Foi Deus e a sorte grande", desabafou.

Professores de Monte Alegre de Goiás param por dois dias, por falta de salários



Servidores da educação do município de Monte Alegre de Goiás, no nordeste do estado, estão fazendo uma paralisação de dois dias em virtude da falta de pagamento.

Os servidores não foram trabalhar por dois dias seguidos, 18 e 19 de setembro.

A pressão de professores e demais profissionais da educação não é por aumento ou reajuste salarial, mas por simplesmente não receber o pagamento do mês.

Muitos dos professores dizem que está faltando dinheiro para até comprar comida. 

Nem se fala outras despesas mensais, como contas de água, luz, aluguéis e outras necessidades básicas. 

"Estamos sofrendo muito, Dinomar Miranda. É uma humilhação. Trabalhamos com toda boa vontade e no final do mês não temos nem os valores para simplesmente sobreviver. 

Há muita gente já com depressão e ansiedade. A situação é muito complicada aqui em Monte alegre de Goiás", diz uma das professoras que participa da greve relâmpago. 

O Blog procurou a prefeitura de Monte Alegre de Goiás atrás de respostas. 

A secretária de Educação do Município, Zeniane Teixeira, disse que compreende a paralisação dos professores e que eles estão no direito e fazendo o seu papel.

Afirmou também que até o dia 11 passado pagou 96% da folha da educação e que os 100% estará fechado até amanhã (19).

A secretária ainda que os cofres da Prefeitura vivem uma crise sem precedentes, inclusive com dívidas da gestão passada e que, para piorar, um pagamento de precatórios, por determinação judicial, tem descontado dívidas na fonte. 

E como o município é pobre e sobrevive de repasses dos governos federal e estadual, a Administração tem feito o que pode para honrar os compromissos com os servidores.  Mas que a situação fiscal é muito delicada e só tende a piorar. 

"E não é um privilégio apenas de Monte Alegre. Muitos municípios têm passado pelo mesmo drama", finalizou



Falta de água no Distrito de Bom Jesus da Palma, em Paranã (TO), traz sofrimento e tristeza


"Prezado Dinomar Miranda,

Há mais de dois meses estamos enfrentando diariamente falta d' água no Distrito Jesus da Palma município de Paranã -TO.


Mesmo período que a BRK assumiu o atendimento de água nesse Distrito.

E para piorar a situação, mesmo irregular o abastecimento de água, vieram fazer a leitura e querem que todos paguem a taxa miníma de R$ 45,00.

Sendo que não estamos sendo atendidos regularmente, sem falar que R$ 45,00 é um valor exorbitante, pois a água não não passa por nenhum processo de tratamento é água de poço artesiano apenas adicionam cloro. 

Socorrooooooooooooooo calor demais e água não tem.

Grata"

Eliana Costa Gomes

Homem tem 'chifre' de 10cm removido em cirurgia




Um agricultor de 74 anos que tinha um "chifre" de 10 centímetros de comprimento foi submetido a cirurgia para a retirada da protuberância.

O "chifre" começou a crescer cinco anos atrás, após Shyam Lal Yadav bater com cabeça. Segundo reportagem do "Metro", o "galo" produzido pela pancada na cabeça do indiano não diminui. 

Pelo contrário, não parou de crescer.

Formado de queratina (proteína encontrada também em unhas e cabelo), o "chifre" foi retirado em hospital de Sagar (Índia).

"Inicialmente, o paciente ignorou o calo sebáceo, já que não o incomodava", comentou o cirurgião Vishal Gajbhiye. 

"Mas quando o calo se enrijeceu e não parou de crescer, ele veio nos procurar. Esse tipo é raro e é conhecido como chifre do diabo", acrescentou.

A medicina ainda não explica exatamente por que esses "chifres" surgem, mas acredita-se que exposição a radiação e luz do sol pode detonar essa condição incomum.

Shyam ficou dez dias internado se recuperando da cirurgia. O local onde o "chifre" estava enraizado deverá ser tratado para impedi-lo de voltar.

Por causa da raridade, o caso será relatado na revista "International Journal of Surgery".

Fonte: Extra

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Já está valendo: Bolsonaro sanciona lei que amplia posse de arma para propriedade rural


O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta terça-feira (17/9), o projeto de lei Lei 3.715/19, que amplia a posse de arma de fogo em propriedades rurais. 

A medida foi aprovada pela Câmara dos Deputados no último dia 21 de agosto e foi aprovada sem vetos pelo presidente.

O PL 3.715/19 é de autoria do senador Marcos Rogério (DEM-RO). Fundamentado em duas páginas, o texto do projeto alega “que não tem sentido deferir a posse ao morador da zona rural, mas não permitir que ele exerça seu legítimo direito de defesa fora da sede da fazenda”.

Antes da aprovação do projeto, era permitida a posse da arma de fogo apenas na sede da propriedade rural. 

A nova regra compreende toda a propriedade rural como extensão da residência ou domicílio do cidadão com porte de arma.

Bolsonaro também sancionou outros três projetos de lei. Um deles regulamenta a prática da vaquejada, do rodeio e do laço no país. 

O PL é resultado da Emenda Constitucional 96 que, entre outros pontos, reconheceu a vaquejada como bem de natureza imaterial do patrimônio cultural brasileiro.

Violência doméstica

O presidente também sancionou o projeto de lei 2.438/19, que prevê que o agressor seja obrigado a ressarcir os custos dos serviços de saúde prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a vítimas de violência doméstica. A medida entrará em vigor em 45 dias.

Amamentação

Por fim, Bolsonaro também sancionou o Projeto de Lei nº 3.220, de 2015, que garante as mães o direito de amamentarem seus filhos de até seis meses de idade durante a realização de provas de concursos públicos. 

Conforme a nova regra, a mãe poderá amamentar cada filho pelo período de 30 minutos a cada duas horas de prova. Para ter o direito é preciso fazer uma solicitação prévia aos organizadores do concurso.

Fonte: Consultor Jurídico 

Incêndio destrói casa, por completo, em fazenda de Campos Belos (GO). Família se desespera ao ver a destruição





Veja vídeo e o desespero da família 

Um incêndio de grandes proporções destruiu, por completo, uma casa na zona rural de Campos Belos, nordeste de Goiás.

A casa destruída ficava numa zona rural do município, próxima à mineradora Itafós, divisa entre os municípios de Campos Belos (GO) e Arraias (TO).

Segundo o Corpo de Bombeiros, a família saiu de casa e quando voltou encontrou já tudo destruído.

Todos os bens, como fogão, geladeira, sofá, mesas, armários, roupas, equipamentos, fotografias, documentos pessoais e muitos outros bens foram totalmente destruídos.

Nada sobrou após a violência das chamas. Felizmente nenhuma pessoa morreu ou ficou ferida.

A polícia foi ao local, mas nada pode fazer. As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas.



Em rede social, prefeito de Campos Belos (GO) diz que apenas adaptou obra do Vapt-Vupt


Bandidos invadem fazenda, dão coronhadas e atiram em idoso de 68 anos, em São João da Aliança (GO). Mulher da vítima sofreu intensa coação psicológica




Na tarde do último sábado (14), o idoso João Teles Rodrigues, conhecido como João Mariano, de 68 anos, foi vítima de uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), em São João da Aliança (GO). 

O idoso estava em sua casa, uma propriedade rural, localizada no povoado do Bandeira, município de são João d'Aliança, quando, por volta das 17h, foi abordado por dois bandidos encapuzados, que chegaram num veículo de cor escura.

Os assaltantes exigiram do idoso dinheiro e outros bens pessoais. Não satisfeitos com o crime de roubo, iniciaram uma série de agressões à vítima, que diante da situação, entrou em luta corporal com os algozes. 

Com o revide, um dos bandidos sacou um arma e disparou um tiro contra o idoso, que o atingiu na região abdominal. 

O proprietário da fazenda também foi agredidos com várias coronhadas,  que provocaram enormes cortes na cabeça.
A mulher dele, conhecida como dona Maria, foi submetida intensa coação moral e psicológica,  permanecendo todo o tempo sob ameaça de morte, implorando por sua vida.

Os dois bandidos roubaram do casal R$ 3 mil reais em dinheiro e uma motosserra de cor vermelha.

Socorrido por vizinhos, a vítima teve que submeter-se a uma cirurgia de grande porte e segue internado em hospital do DF, em estado crítico.

A Polícia Militar de São João d'Aliança e Alto Paraíso de Goiás foram ao local e realizaram várias buscas e abordagens, mas até o momento ainda não se tem pistas dos assaltantes.

Os crimes já estão sendo investigados pela Polícia Civil de Goiás.

As informações são de Elias Alves

Solidariedade: Deputado Delegado Eduardo Prado, acompanha caso de criança que arranca os cabelos



O deputado estadual Delegado Eduardo Prado (PV), de Goiás, ajudará com o tratamento da criança que arranca os próprios cabelos. 

Ao tomar conhecimento do caso por meio do blog do jornalista Dinomar Miranda, Prado se dispôs ajudar a família.

A primeira consulta já está marcada para a próxima quinta-feira (19/09) com o psicanalista Miguel Nunes Valadão Neto, que irá realizar todo o tratamento gratuitamente, em Inhumas (GO).


Segundo Neto, o problema pode estar relacionado com um transtorno conhecido como tricotilomania, que requer tratamento por meio de terapias cognitivo-comportamentais. 

“É apenas uma suposição, pois o diagnóstico só poderá ser dado após consulta”, explica.

Prado já conseguiu o transporte da menina para a clínica em Inhumas (GO). E se colocou à disposição para o que for necessário. 

“A verdadeira felicidade e realização só é possível quando ajudamos o próximo. Aliás, essa é uma das missões mais importantes”, diz.

Com Assessoria de Imprensa do deputado estadual

Leia também 

São Domingos (GO): família procura tratamento para menina que arranca os próprios cabelos

Anjo da guarda: Policial Militar salva vítima entre ferragens do veiculo, na rodovia na GO-118, em São João da Aliança (GO)




Por Roberto Nabofarzan, 


O comandante do 2º Pelotão da PMGO em São João D’Aliança, subtenente Edson, enfrentou uma ocorrência diferente das usuais de seu cotidiano de serviços.

Na última segunda-feira (16), por volta das 9h da manhã, se dirigindo ao trabalho, de carona, pela GO-118, avistou a frente, nas proximidades da Fazenda São Paulo, entre São Gabriel e São João d’Aliança, um veículo For Ka fora da pista, bastante danificado.

Imediatamente, usando o instinto policial, pediu ao motorista que parasse, dispensando a carona, e foi averiguar a situação, quando notou que uma pessoa estava presa as ferragens, ferida e sangrando muito.

Acionou imediatamente, por telefone, o serviço 190, solicitando apoio médico e policial, informando detalhes do acidente e a localização. 

Conhecedor da região, sabendo que a cidade estava a pelo menos 50 km do local, deu inicio aos procedimentos de salvamento, temendo pela vida da vitima enquanto o auxílio não chegasse.

Notando que a vitima estava presa entre o teto e o volante, que o impedia de respirar com liberdade, o subtenente Edson acabou de quebrar a porta e o banco de passageiro, atrás do motorista, e passou a usar pedaços de madeiras, retirando a trava do volante e um pedaço do teto, por onde, mesmo sozinho, usou de cuidados em relação a coluna e pescoço da vitima, retirando-a de entre as ferragens, já que havia também o risco de incêndio, devido a grande quantidade de combustível espalhado.

Após preparar a vitima para espera de socorro, o Policial Militar se dirigiu a rodovia, onde fez sinalização de emergência, facilitando a localização para equipe de resgate, pois o local do acidente está em um trecho isolado e sem sinalização.

Com a chegada da ambulância e de uma viatura policial, a vitima foi removida para o Hospital de São João d’Aliança, onde recebeu os primeiros cuidados e, posteriormente, devido ao seu estado de saúde, levada para Brasília-DF.

A ação rápida do Subtenente Edson, que usou de sua experiência profissional para mais uma vez trabalhar pelo cidadão comum, possibilitou o salvamento de um ser humano e evitou que mais uma vida fosse ceifada na GO 118. 

O choque após o capotamento foi tão forte que o veículo teve perda total.

Teto do Vapt-Vupt de Campos Belos (GO) desaba, menos de um ano da inauguração; Felizmente não houve vítimas


Por sorte, nenhuma pessoa morreu ou ficou ferida num grave "acidente" ocorrido nesta segunda-feira (16), em Campos Belos, quando parte do telhado do prédio do vapt-vup desabou.

O prédio, que fica em frente ao Banco Bradesco, é muito antigo.

É conjugado com o da prefeitura do município, onde por muitos anos abrigou o Fórum da cidade e cartórios.

Também abrigou a Câmara de Vereadores e, posteriormente, uma biblioteca municipal.  

Segundo testemunhas, quando o telhado desabou, havia poucos funcionários no local e ninguém saiu ferido.

"Eles saíram às pressas e alguns deles até caíram, mas felizmente ninguém se machucou com gravidade, ficou mesmo no susto", disse a fonte. 

Funcionários da Prefeitura passaram o dia inteiro no local trabalhando no desmonte do que permaneceu de pé.

Informações preliminares dão conta de que o Detran vai ficar tempo indeterminado sem atendimento aguardando o fim das obras.

Durante todo o dia houve imensa procura pelos serviços, inclusive pessoas de outros municípios que lá estiveram por não saberem do ocorrido.

Uma das fontes informou que uma das causas aparentes e mais prováveis é a de que as paredes do centro do salão foram removidas e elas eram a escora das tesouras de madeiras.

Com a remoção da paredes, ficou um grande vão sustentado apenas pelas paredes laterais.

"Uma irresponsabilidade, diziam alguns curiosos. As paredes deveriam ter construído colunas de sustentações em seus lugares para sustentação da madeira. 

Qualquer leigo sabe que o vão tem de ser planejado, tem que se medir os riscos e não derrubar paredes sem nenhum projeto de engenharia", desabafou a fonte. 

Funcionários disseram que existem outros vãos na reforma e agora estão apreensivos com o local de trabalho.

Muitos recordaram o acidente do ABCD, um postinho de saúde, que também sofreu com o mesmo problema de desabamento do telhado. 

No ABCD, por pouco não ocorreu uma grande tragédia, vitimando de dezenas de usuários.  

Na oportunidade, as pessoas foram salvas por questão de horas, já que estava previsto a ocupação a partir às 8h da manhã e o desmoronamento ocorreu por volta das 6h.

Com esse novo desabamento, uma pergunta não quer calar: 

Como estão telhados de creches, escolas e de outras repartições públicas municipais? 

Há que se investigar as causas desse novo desabamento e é chegada a hora de a prefeitura também fazer uma inspeção geral, inclusive com a ajuda do corpo de Bombeiros de Goiás. 

Caiu menos de um ano da inauguração 

A unidade do Vapt Vupt de Campos Belos, que recebeu o nome de unidade Fernando Júlio Terra, ex-prefeito da cidade, morto neste ano, foi inaugurada na no dia 27 de dezembro de 2018.

Na oportunidade, diversas autoridades foram convidadas e participaram do evento, entre eles todos o secretariado e diretores municipais, autoridades locais, o Secretário de Estado de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, representando o Governo Estadual, Márcio Maia, Coordenador de Unidades Vapt Vupt, prefeito de Divinópolis de Goiás, Charley , o prefeito de Monte Alegre, Juvenal, e o deputado estadual eleito Tião Caroço.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Meninos de Taguatinga (TO) fazem bonito em competição estadual


Atletas de futsal masculino sub-14 do Colégio Estadual Justino de Almeida, cidade de Taguatinga, sudeste do Estado do Tocantins, representou muito bem o Estado na Etapa Verde dos Jogos Escolares da Juventude.

A jornada contou com a participação das regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil.

Depois de terem vencido as etapas Municipal, Regional e Estadual de forma invicta os garotos do Justino de Almeida ficaram em terceiro lugar após vencer a equipe de Rondônia.

Confira os nomes dos meninos que fizeram bonito na competição: 

Atletas: Witiney, Rafinha, Gabriel, Woshington, Juninho, Victor Manoel, Valdemir, Martinho, Patricksson.

Comissão técnica: Paulo Sérgio, Bude, Robson, Markinho, Edinho e Ana Luiza.

Fonte: AMC

Mais um assassinato em Formosa (GO). Um disparo na cabeça tirou a vida do rapaz


Um homem identificado como Wederson Ribeiro de Almeida, de 32 anos, foi assassinado na última sexta-feira (13/09), no Jardim Oliveira, em Formosa, região do Entorno do DF.

Segundo informações colhidas pela Polícia Militar, testemunhas disseram ter ouvido disparos e logo em seguida um veículo arrancando do local, ao que tudo indica ocupado pelos autores.

Wederson chegou a ser socorrido com vida, e encaminhado até o Hospital Municipal de Formosa, mas não resistiu.

Segundo à Polícia Militar, a vítima, que possuía vários antecedentes criminais, foi atingido com um disparo letal na cabeça. 


Os autores do homicídio ainda não foram identificados. O crime será investigado pelo GIH da Polícia Civil.

Fonte: PM e Portal Foca Lá

Caiado quer incluir 27 municípios do Nordeste Goiano em agenda do Projeto Rondon


O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou que trabalha para incluir 27 municípios do Nordeste Goiano em uma das agendas do Projeto Rondon previstas para o biênio 2020/2021. 

A iniciativa, coordenada pelo Ministério da Defesa, visa o desenvolvimento regional de comunidades carentes por meio de intervenções dos universitários brasileiros e das Forças Armadas, que promovem oficinas de capacitação nos locais onde as operações são desenvolvidas.

Dois coordenadores do projeto, o vice-almirante Barros Coutinho e o coronel Marcelo Martins, além do ministro da Cidadania, Osmar Terra, estiveram em Cavalcante neste final de semana para o lançamento do programa “Município Mais Cidadão”, que visa beneficiar as regiões mais carentes do País.

Em parceria com as prefeituras e Sistema S, a meta do “Município Mais Cidadão” é gerar impacto nessas comunidades, com a promoção de festivais de música, dança, olimpíadas municipais, inclusão das pessoas com deficiência, além de outras iniciativas que gerem renda. No entanto, Caiado quer ampliar os investimentos e proteção social na região, sendo o Projeto Rondon, uma das iniciativas buscadas pelo governo estadual.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon é coordenado pelo Ministério da Defesa e conduzido em estreita parceria com o Ministério da Educação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Ministério da Saúde, o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Governo da Presidência da República.

A ação interministerial, segundo o governo federal, é realizada em parceria com os governos estadual e municipal e busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Fonte: Opção 

A convite de Caiado, ministro da Cidadania lança em Cavalcante (GO) programa federal inédito no País





Por Roberto Nabofarzan, 


Ao lado do governador Ronaldo Caiado, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, lançou neste sábado (14/09), em Cavalcante (GO), o programa “Município Mais Cidadão”, que visa beneficiar as regiões mais carentes do País.

“São mais de dez ações que envolvem diversas áreas do ministério, como esporte, cultura e assistência social, e vamos direcionar para aqueles municípios que mais precisam. 

Em parceria com as prefeituras e Sistema S, nossa meta é gerar impacto nessas comunidades, com a promoção de festivais de música, dança, olimpíadas municipais, inclusão das pessoas com deficiência, além de outras iniciativas que gerem renda”, exemplificou o ministro durante reunião com o governador e com os prefeitos da região.

“O Nordeste Goiano é nossa prioridade número um. 

Estamos aqui a convite do governador, que tem forte influência e prestígio em Brasília”, emendou Terra, que foi colega de Caiado na época em que ambos exerceram mandato na Câmara dos Deputados.

Ao recepcionar Osmar Torres, Ronaldo Caiado fez questão de reforçar que o compromisso da sua gestão é acabar com as desigualdades regionais no Estado. 

“Vamos trazer para essa região tudo o que sempre foi prometido e nunca chegou: infraestrutura, energia de qualidade, rodovias, FCO [Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Centro-Oeste] e incentivos fiscais. 

Governamos para todos os goianos e, neste primeiro momento, vamos priorizar, em nossas ações, aquelas regiões mais carentes, que precisam do Estado.”

Presente na solenidade, a secretária nacional de Assistência Social do Ministério da Cidadania, Mariana Neris, adiantou que os técnicos da Pasta Federal estarão nos próximos dias em Cavalcante para fazer o levantamento das vulnerabilidades e demandas da população. 

“Neste mês de setembro já entramos com o planejamento. Acreditamos que, até o final deste ano, conseguimos liberar os recursos necessários para sanar os problemas detectados”, informou.

Prefeito do município, Josemar Saraiva disse que o orçamento do Executivo local é limitado para investir nas principais demandas da população. 

“Quase 70% das nossas receitas estão comprometidas com a folha de pessoal. 

Por isso, essas intervenções do Estado são tão importantes para nós”, frisou, elogiando o governador. “Quando recebemos a notícia de que Cavalcante era o município mais pobre, ficamos muito tristes. 

Mas hoje o governador vem aqui e traz o ministro [Osmar Terra] com essa notícia tão boa. Estamos saindo da miséria”, comemorou.

Acompanhado do vereador Serginho, o prefeito de Alto Paraíso de Goiás, Martinho Mendes, voltou a cobrar do governador Ronaldo Caiado demandas como a liberação do aeroporto, o calçamento das ruas do distrito de São Jorge, o levantamento do greid na GO 239, sentido Nova Roma (estrada do Sertão), além de se inteirar dos detalhes para inclusão do município nas ações do Projeto Rondon no biênio 2020/2021.

Vulnerabilidade

Logo após a primeira reunião com o ministro e prefeitos, o governador se dirigiu para a Câmara Municipal. 

Lá, o diretor-executivo do Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômico Mauro Borges (IMB), Cláudio André Gondim, apresentou dados do Índice Multidimensional de Carências das Famílias (IMCF), que utiliza metodologia do PNUD para averiguar quais cidades são as mais vulneráveis socialmente.

“Não trabalhamos mais com achismos e não usamos mais apenas um fator, que era a renda. É preciso avaliar itens como educação e também a estrutura das moradias, saber se têm o mínimo de condições de salubridade”, explicou o governador.

O primeiro diagnóstico do IMB apontou Cavalcante como a cidade mais carente do Estado. 

Também entraram nesse ranking outros nove municípios: 

Amaralina, Campinaçu, Colinas do Sul, Heitoraí, Matrinchã, Monte Alegre de Goiás, Montividiu do Norte, Santa Terezinha de Goiás e Teresina de Goiás.

“Eu estou hoje em um dos oito municípios onde perdi a eleição no ano passado. 

Mas a gente não faz política como nossos antecessores. Meu compromisso é com o cidadão goiano e nós teremos um Estado cada vez mais pujante quando eliminarmos as desigualdades regionais”, frisou Caiado. 

Ele contou que buscou inspiração na Coreia do Sul para promover o desenvolvimento de Goiás de forma consistente, contínua e igualitária.

O secretário de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral, aproveitou a oportunidade para comentar sobre o mutirão que a pasta realizou em Cavalcante na semana passada. 

“Em breve, entregaremos mais de 1600 documentos para a população, como a carteira do autista, carteira de trabalho, entre outros”. Durante a solenidade na Câmara, os documentos foram entregues de forma simbólica.

Projeto Rondon

Dois coordenadores do Projeto Rondon, o vice-almirante Barros Coutinho e o coronel Marcelo Martins, também estiveram em Cavalcante. 

O programa, coordenado pelo Ministério da Defesa, visa o desenvolvimento regional de comunidades carentes por meio de intervenções dos universitários brasileiros e das Forças Armadas, que promovem oficinas de capacitação nos locais onde as operações são desenvolvidas. 

O governador trabalha para incluir 21 municípios do Nordeste Goiano em uma das agendas do projeto previstas para o biênio 2020/2021.

Ao final do dia, o governador participou da aula inaugural do projeto de alfabetização de jovens e adultos de Cavalcante, iniciativa do Gabinete de Políticas Sociais, coordenado pela primeira-dama do Estado, Gracinha Caiado, e que tem como braço executor a Secretaria Estadual da Educação.

Caiado ainda se reuniu com empresários e comerciantes da cidade para ouvi-los e dar encaminhamento às principais demandas da população.

Acompanharam o governador na agenda em Cavalcante os secretários estaduais Edival Lourenço (Cultura), Marcos Cabral (Desenvolvimento Social), Valéria Torres (Comunicação), Fátima Gavioli (Educação) e Andréa Vulcanis (Meio Ambiente).

Participaram ainda dos compromissos os prefeitos de Teresina, Colinas do Sul, Monte Alegre, São João d’Aliança, Alto Paraíso e Posse, além do presidente da Associação dos Kalunga, Vilmar de Souza, lideranças religiosas, políticas e comunitárias.

Fonte: O Vetor

Em visita à Coordenação Regional de Campos Belos (GO), secretária de Educação ouve necessidades da comunidade escolar



Neste fim de semana, foi realizada mais uma edição da Seduc Itinerante. 

Desta vez na cidade de Campos Belos, onde foram debatidos temas relacionados à importância da educação no Estado de Goiás. 

Em uma fala franca, a secretária de Educação, Fátima Gavioli, explicou o que está sendo feito para melhorar os índices de aprovação e de proficiência dos alunos da Regional.

A reunião foi realizada no Centro de Ensino em Tempo Integral (Cepi) Polivalente e teve a participação de diretores, professores e alunos da escola, que receberam a secretária com música. 

Durante o encontro, os estudantes disseram que a disciplina que eles mais gostam de aprender é a Matemática.

A professora Fátima Gavioli explicou que a economia que tem sido feita em sua gestão tem como foco garantir avanços à educação. 

Ela afirmou ainda que a Seduc está fazendo um estudo de rede nas escolas em tempo integral para mapear as necessidades e definir as prioridades na atuação. 

Foi explicado também que a Secretaria de Educação está realizando ações de promoção da cultura de paz e de mediação de conflitos nas escolas da rede. 

A tônica da reunião foi a falta de infraestrutura de várias unidades educacionais da região, como, por exemplo, o Cepi Polivalente, onde ainda não tem refeitório nem quadra de esportes para os alunos.

Fonte: Seduc









Edital de Convocação de criação de Associação do Vila Esperança


EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO DE ASSOCIAÇÃO E APROVAÇÃO DE ESTATUTO A SER 

REALIZADA EM 22/09/2019 

Ficam convocados todos os interessados, nos termos do artigo 53, “caput”, da Lei Nº 10.406 de 10 de janeiro de 2002, (Código Civil Brasileiro), para a realização da Assembleia Geral de Constituição da Associação, aprovação de Estatuto e Eleição da Primeira Diretoria a realizar-se no próximo dia Vinte e Dois de setembro de dois mil e dezenove (22/09/2019), na rua Jovelino Serafim dos Reis, Quadra 02 Lote 38B Bairro Vila Esperança.

A primeira convocação dar-se-á ás 16:00 horas do dia mencionado e a segunda ás 16:30 horas, onde instalar-se-á a Assembleia para deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA.

1º Constituição Associação dos Moradores do Vila Esperança

2º Apreciação e aprovação do Estatuto Social

3º Eleição dos órgão e dirigentes da Associação

4º Definição da sede.


Campos Belos, 15 de setembro de 2019

Samantha Jesus dos Santos

Convocante

domingo, 15 de setembro de 2019

Dianópolis (TO): Mulher mata cunhado a facadas para defender irmã de suposta agressão do marido


Monalisa Lopes Carvalho, 30 anos, está presa desde a madrugada deste sábado, 14, em Dianópolis, suspeita de ter matado o cunhado Wanderson Fernandes Lustosa a facadas na noite de sexta-feira, 13.

Ao delegado Clezio Lima Neves, a mulher contou que dividia a casa com a irmã, o cunhado e um sobrinho, e acertou o cunhado porque ele estaria agredindo sua irmã. 

Disse ainda que ele a agredia também, por ser um suposto traficante de drogas, e teria lhe atacado primeiro com um golpe que lhe atingiu a perna. 

A prisão dela ocorreu no hospital da cidade, onde buscou tratamento após o episódio.

Sua irmã, porém, contou outra versão à polícia.

Morgana Carvalho, 29, conta que estava deitada com o esposo e que este gemia com dores quando a irmã lhe questionou se estava sendo agredida pelo homem na frente do filho e ela negou. 

 Mesmo assim, disse no depoimento, que o marido e a irmã iniciaram uma discussão que se agravou quando ele jogou objetos do quarto na parte da casa onde morava a cunhada.

Além disso, afirmou ao delegado, que a irmã estava bêbada na hora da briga, e já entrou no quarto com as facas quando acertou seu marido no peito, e depois que o homem correu para a rua e caiu ainda o atingiu com outros golpes, além de ter ameaçado matá-la quando tentou defender o marido que estava sem reação.

Na versão de Monalisa, entretanto, ela diz que após ser avisada por uma pessoa que a irmã sofria agressão, entrou na casa abriu a porta do quarto, viu a irmã e o cunhado em luta corporal, o sobrinho chorando, e criticou a irmã por permitir ser agredida na frente do filho. 

Após sua intervenção, Wanderson teria atirado objetos da casa sobre ela, que se protegeu com a cortina do quarto. 

Só então se armou com duas facas na cozinha para se defender do cunhado, que estaria armado com outra faca, e lhe acertou um golpe na perna primeiro.

No depoimento, assume que acertou uma facada no cunhado, que teria sido retirado da luta pela esposa para fora da casa, onde as duas discutiram e sua irmã também tentou acertá-la já no meio da rua, onde o cunhado caiu e morreu. 

Por fim, a suspeita negou que tenha golpeado o homem no chão.

O promotor de Arraias, João Neumann Marinho da Nóbrega, pediu a prisão preventiva da mulher na tarde deste sábado.

Fonte: Jornal do Tocantins

Governo do Tocantins diz que investe em obras que favorecem desenvolvimento do Estado


O governo do Tocantins tem investido em diversas obras em diferentes regiões do Estado. Infraestrutura, transportes e logística são áreas que recebem construções para alavancar o desenvolvimento econômico e social do Tocantins. 

Segundo a secretária estadual da Infraestrutura, Cidades e Habitação, Juliana Passarin, o governo está retomando os investimentos no Estado.

“Nosso objetivo é melhorar a vida das pessoas nos municípios e gerar empregos. Tudo que está em execução atualmente irá impactar diretamente na vida dos tocantinenses”, afirma a gestora.

Na área dos transportes, a pavimentação asfáltica dos 26,25 quilômetros da rodovia TO-141, que liga Palmeirópolis à divisa do Estado de Goiás, está bem adiantada, na Região Sul tocantinense. 

A rodovia terá pista simples de mão dupla com faixa de domínio de 80 metros. A obra foi orçada no valor de R$ 24,1 milhões, com prazo de entrega em 540 dias.

Também estão em execução as obras de reconstrução da pavimentação asfáltica em outros 411,38 quilômetros de extensão em um total de 14 trechos de rodovias estaduais, o que abrange 14 municípios nas regiões Sudeste e Central do Estado.

Os trechos foram escolhidos a partir de uma estratégia de fortalecimento da infraestrutura e logística de transporte e desenvolvimento por meio das rodovias tocantinenses. 

Os trechos são: de Dianópolis a Novo Jardim, de Novo Jardim à divisa Tocantins-Goiás, do entroncamento da TO-040 à Ponte Alta do Bom Jesus, de Ponte Alta do Bom Jesus ao entroncamento da BR-242, em Taguatinga, de Taguatinga a Aurora, de Aurora a Lavandeira, de Lavandeira a Combinado, de Combinado a Novo Alegre e de Novo Alegre à divisa TO-GO.

Além do entroncamento da TO-110, que dá acesso ao balneário turístico dos Azuis, em Aurora do Tocantins, da TO-080, entre Palmas e Paraíso, da TO-070, entre Porto Nacional e Brejinho de Nazaré, e da TO-255, entre Porto Nacional e Monte do Carmo. 

Estas obras foram orçadas em R$ 146,6 milhões. São investimentos que fazem parte do Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema) na segunda etapa do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).

Estradas Vicinais

O PDRIS-Vicinais tem por objetivo melhorar o escoamento da produção tocantinense e a trafegabilidade das vias promovendo a integração regional. O projeto prevê o envolvimento das três esferas governamentais. 

O governo do Estado executa as obras por meio do financiamento do Banco Mundial e a prefeitura realiza a manutenção após a conclusão dos serviços. No Tocantins, 61 municípios já foram beneficiados pelo projeto.

Estão em andamento quatro contratos do PDRIS-Vicinais. Ao todo estão em construção 112 pequenas e médias obras de drenagem nas estradas vicinais e patrolamento em 324,44 quilômetros que abrangem 11 municípios e duas reservas indígenas.

O investimento é de mais R$ 14 milhões. Desse montante, R$ 3,6 milhões estão sendo investidos em 34 obras de drenagem e patrolamento de vias em duas reservas indígenas, na Karajá Xambioá, em Santa Fé do Araguaia, e na Reserva Araguaia, que inclui os municípios de Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia e Pium.

Infraestrutura urbana

Em Paraíso do Tocantins, três bairros começaram a receber obras de infraestrutura. 

O projeto prevê a realização dos serviços de pavimentação asfáltica, drenagem pluvial, sinalização viária e passeios com acessibilidade no Jardim América, no Jardim Paulista e na Vila Milena. O investimento é de R$ 15.112.068,59.

O recurso foi obtido com financiamento da Caixa Econômica Federal. Na cidade, serão 36,2 quilômetros de pavimentação e urbanização completa.

Reestruturação e ampliação de Hospitais

Na área de infraestrutura para a saúde, o governo está com obras em andamento em dois hospitais. 

No Hospital Geral de Palmas (HGP), as edificações são de ampliação, reforma e adequação. Já no Hospital Geral de Gurupi (HGG), a obra é de construção da unidade de saúde.

Após a conclusão da reforma, o HGP contará com 598 leitos – 392 para internação, 86 para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 90 para Pronto Socorro. 

A unidade será reformada para permitir o atendimento de 150 pacientes por dia. O investimento na obra do HGP é de R$ 84,6 milhões.

O HGG será uma unidade de porte III de alta complexidade e atenderá toda a Região Sul do Tocantins. 

Já está com cerca de 50% da primeira etapa da obra construída. A estrutura será composta por 200 leitos, Unidades de Terapia Intensiva (UTI) adultas, pediátricas e salas de cirurgia que vão beneficiar 27 municípios das regiões Sul e Sudeste. 

O investimento é de cerca de R$ 29,2 milhões.

Fonte: Governo

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Passe ciclístico de Alto Paraíso (GO) ocorre no dia 22 de setembro


Para os amantes da natureza e do esporte a céu livre, a comunidade de Alto Paraíso de Goias vai receber mais um passeio ciclístico.

O evento vai ocorrer no dia 22 de setembro, no dia Mundial Sem Carro, com trajeto em 36 km e 70 km. 

As inscrições são baratinhas. Apenas R$ 10. 

Os cem primeiros inscritos ganharão uma camiseta comemorativa. 

Topa do desafio?  Agende Aí. 

Uma paixão de quase 40 anos faz casal casar-se pela segunda vez após 33 anos de separação



Uma história de vida que só o amor explica. 

Na década de 70, os jovens Dorival Marinho e Maria Alvina estavam na flor da idade, em Campos Belos (GO), e cheios de vida e de hormônios. 

Depois de se conhecerem na cidade, logo engataram um romance, que virou casamento, em 1979.

Nos seis anos de vida a dois, apaixonados e com muita troca e cumplicidade, os muitos de alto e baixos deram o tom na relação, devido, principalmente, às dificuldades financeiras.

Da união, ainda que instável, nasceram dois rebentos: Márcia Regina e Paulo Henrique. 

Mas Dorival Marinho, além ser um cara trabalhar e honesto, era tinhoso. Gostava muito de beber e de jogar apostado. Era um frequentador assíduo do Bar do Dino, pai deste blogueiro. 

As brigas eram constantes e o casamento foi se complicando, até que um dia, em meados da década de 80, Dorival tomou uma decisão que mudaria o rumo da história familiar. 

Mudou-se sozinho para outras cidades do país e rodou o mundo, em busca de trabalho e nunca mais apareceu para ver a família. 

Foram mais de 30 anos separados. 

Em Campos Belos, ficaram Maria Alvina e dois filhos pequenos. Sem emprego, sem casa para morar. As dificuldades, que já eram grandes, agora se tornaram desafios quase intransponíveis. 

Mas com muita luta, ela decidiu ser a mãe e o pai das crianças. 

Encontrou emprego na recém inaugurada Casa de Saúde Nossa Senhora da Conceição, hoje um dos principais hospitais da cidade e onde continua mesmo após se aposentar. No trabalho foi recebida como parte integrante da família; de lá, com seu laborioso e inestimado trabalho, conseguiu seu sustento e de sua pequena família. 

Chateada como nunca, Alvina foi ao juiz, pediu e conseguiu a separação e o divórcio. 

Na árdua e longa jornada da vida, cuidou, zelou, educou e alimentou os dois pequenos, que logo viraram adultos probos, honestos e cidadãos de bem. 

Ao longo desses 30 anos, vários "amores" passaram pela vida de Alvina, mas todos eles tinham um defeito insanável. 

Ela não sabia explicar o que era. Sempre falta algo, "alguma coisa" nos novos amores. 

A última cidade em que Dorival viveu, na sua longa jornada de ausência, foi Barra do Garça (MT). 

Ano passado, voltou como foi embora: de repente, já homem maduro. Talvez para morrer (até de amor) em sua terra natal. 

Nesta altura, Maria Alvina já estava nos braços de um outro amor, entre tantos.

Mas só bastou ela saber da notícia de que Dorival estava na cidade, que começou a descobrir que os defeitos encontrados nos outros tantos amores, na realidade, era a paixão desenfreada que ainda nutria pelo antigo amor, que, como uma chama de panteão, chamais se apagou. 

E não deu outra. 

Já no primeiro reencontro o "velho Doriva", sentiu nos olhos, na alma e no peito que o "algo era ele" e arriscou. Pediu sua mão em casamento, mais uma vez. 

A resposta era um óbvio e o tão esperado "sim". 

A família agora estava novamente próximo a se reunir em felicidade. 

Enfim, no último dia 7 de setembro, o sonho tornou-se realidade, em um casamento coletivo, quando Maria Alvina e Dorival Marinho voltaram a trocar o sim e alianças, desta vez, como testemunhas, os filhos Márcia Regina e Paulo Henrique, já adultos, mas tão emocionados feitos crianças.