quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Simolândia (GO) não faz mais parte do Mapa do Turismo porque não cumpriu os critérios exigidos pelo governo federal


O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, dia 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. 

Ao todo, 2.694 cidades de 333 regiões turísticas do país foram incluídas na atualização da plataforma. Em Goiás, agora são 79 municípios no Mapa do Turismo. 

O Estado continua com 10 Regiões Turísticas: Vale do Araguaia, Ouro e Cristais, Chapada dos Veadeiros, Negócios e Tradições, Pegadas no Cerrado, Estrada de Ferro, Lagos do Paranaíba, Águas e Cavernas do Cerrado, Vale da Serra da Mesa e Águas Quentes.

Este ano, 12 municípios goianos saíram e outros oito entraram para o Mapa do Turismo Brasileiro.

Os novos integrantes são: Aurilândia, Piracanjuba, Vila Propício, Caldazinha, Jandaia, Goianésia, Portelândia e Perolândia.

Já os municípios de Nova Veneza, Luziânia, Pilar de Goiás, Cocalzinho, Morrinhos, Mossâmedes, Córrego do Ouro, Cidade Ocidental, São Luís de Montes Belos, Itarumã, Ipameri e Simolândia não fazem mais parte do Mapa porque não cumpriram os critérios exigidos pelo governo federal.

Além da necessidade de o município ter um órgão de Turismo em atividade e Conselho Municipal de Turismo funcionando, o novo Mapa adotou outros critérios obrigatórios para a participação na plataforma: orçamento próprio destinado ao Turismo, possuir prestadores de serviços turísticos de cadastro obrigatório registrados no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo, e apresentar Termo de Compromisso assinado pelo prefeito.

Veja mais informações sobre o Mapa do Turismo clicando aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.